Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
NEGÓCIOS & CIA

Ferramentas para evitar o assédio dentro da sua empresa

15 outubro 2020 - 06h00Por Renato Santos

Assédio no ambiente de trabalho é um tema sensível. Mas, precisamos falar sobre isso, primeiro, porque é crime e uma organização que aceita esse comportamento fere pontos importantes da legislação e respeito ao outro. 

Segundo, porque é melhor criar um ambiente positivo e confiável e uma cultura transparente. Um ambiente “não-tóxico” gera mais engajamento e atrai os melhores talentos para aderir ao projeto organizacional.

O primeiro passo é criar um ambiente positivo e de confiança. Depois, criar ferramentas para garantir um espaço de trabalho seguro para todos os funcionários.

Crie um canal de denúncia 
O canal de denúncias é uma das ações mais rápidas de implementar. No entanto, é preciso que a empresa tenha esse processo bem-planejado. Afinal, sempre que houver uma denúncia, é necessário ter as habilidades necessárias para investigar o caso e seguir os procedimentos de forma sigilosa.

Ao mesmo tempo, o colaborador precisa ter a segurança de que a denúncia será apurada, caso contrário, pode se sentir menosprezado e sair da empresa — inclusive, dando início a uma reclamatória trabalhista.

Promova treinamentos constantes para a equipe
Não basta apenas inserir um cartaz informativo sobre o canal de denúncias ou sobre as boas práticas para evitar o assédio dentro da empresa. É preciso criar uma cultura ética e deixar esse tipo de assunto sempre em evidência.

Uma ideia interessante é promover treinamentos constantes para a equipe, afinal, é uma ótima oportunidade para falar sobre os impactos do assédio sexual e moral dentro da organização. Além disso, é possível tirar as dúvidas, conscientizar os colaboradores sobre os valores da empresa e muito mais.

Aplicar e acompanhar código de ética
Ter um bom código de ética é essencial para que os colaboradores tenham, por escrito, todas as informações que precisam sobre a melhor conduta dentro da empresa. No entanto, é preciso que essas regras não fiquem apenas no papel.

A empresa precisa sempre ficar atenta para mostrar a todos que o assédio não é uma ação tolerada. Da mesma maneira, precisa educar os colaboradores e conscientizá-los de que haverá consequências para quem não cumprir as regras impostas pela organização.

Tenha um ótimo processo de recrutamento
O processo de recrutamento e seleção é muito importante para identificar se os valores dos candidatos são condizentes com o que a empresa precisa. Afinal, sabemos que diversos funcionários são demitidos porque o seu comportamento não foi avaliado antes da sua contratação.

Por isso, é fundamental ter um excelente processo para ter a certeza de que o colaborador realmente vai se encaixar dentro da empresa. Além de melhorar o fluxo organizacional, isso evita situações embaraçosas, constrangedoras e graves — como é o caso do assédio.

Entender mais sobre essa temática e buscar cursos e treinamentos na área é uma ideia interessante para se destacar no mercado de trabalho e evitar esse problema dentro da sua empresa.

Leia Também

TINDER ELEITORAL
Plataforma ajuda a escolher e acompanhar vereadores para eleições
PANDEMIA
China reabilita frigoríficos de MT e MS suspensos por Covid-19; um é em Dourados
CONDENADO
Médium João de Deus foi internado no Sírio Libanês, em Brasília
CULTURA
Municípios têm até segunda para assinar adesão à lei Aldir Blanc
CULTURA
Livro sul-mato-grossense é um dos finalistas do Prêmio Jabuti
PESQUISA
Fóssil achado em MG pode revelar novidades sobre dinossauros
QUEIMADAS
Corpo de Bombeiros começa a desmobilizar equipes da "Operação Pantanal II"
CAMAPUÃ
Após perseguição, veículo é apreendido com mais de 1t de maconha
SESSÃO REMOTA
Senado vai fazer sessão especial em homenagem aos médicos nesta segunda
POLÍTICA
Senadora Soraya Thronicke é condecorada com Ordem do Mérito Aeronáutico

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
PONTA PORÃ
PF faz segunda maior apreensão de cocaína do ano em MS