Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
Negócios & Cia

Como as corporações estão se posicionando durante a crise

16 setembro 2020 - 14h00Por Endeavor.org

Nesse momento da história, as corporações podem ser decisivas para o futuro de muitos empreendedores, da economia e do país. Nesse material, reunimos as melhores ações da nossa rede relacionadas ao posicionamento das empresas nesse momento de incerteza.

Diante das maiores crises do mundo, as corporações podem assumir um papel protagonista. Hoje, consumidores, ecossistema e sociedade pedem não só um posicionamento efetivo, mas também ações de impacto. Exemplos como Amazon, iFood e Microsoft mostram muito do que pode ser feito por meio de recursos, capilaridade, potencial humano e capital para contribuir com a superação dessa crise.

Mas, para além desse recursos, a colaboração entre corporações e scale-ups tem se mostrado um caminho eficiente para a reação ser mais ágil, eficiente e com grande potencial de impacto. Na última semana, por exemplo, foi anunciada uma parceria inédita entre Ambev, Tecverde, Brasil ao Cubo, Gerdau e Einstein para construção de um centro de tratamento para o coronavírus em apenas 40 dias.

Essa velocidade só é possível de acontecer por meio da Inovação Aberta.

Open Innovation, portanto, pode ser a resposta mais ágil para conseguirmos superar a recessão econômica causada pelo impacto do vírus. Por meio dessa relação com scale-ups, a corporação é capaz de realizar projetos de impacto sistêmico, em um espaço de tempo mais curto, usando a inteligência coletiva e a colaboração para ganhar agilidade e eficiência na realização de projetos de inovação.

No ecossistema, o papel das corporações é ainda mais amplo. Sua responsabilidade passa por apoiar, mais do que nunca, scale-ups e startups por meio de programas de aceleração, fundos de ajuda ou contratações para os desafios provenientes da crise.

O impacto econômico de uma crise como essa pode significar o fim de milhares de empresas no Brasil. Sem elas, todos do ecossistema perdem, inclusive as corporações que perdem fornecedores, parceiros e viabilizadores da própria inovação.

Essa é a primeira vez na história que as corporações podem ser tão decisivas para o futuro do ecossistema.

Esse apoio também envolve o cumprimento de compromissos e prazos com empreendedores que foram anteriormente definidos como, por exemplo, POCs, negócios e contratos, e também a agilidade nas respostas e processos internos para tomada de decisão de contratações, projetos de inovação ou relacionamento com os fornecedores, ajudando os empreendedores a destravarem essas relações.

Em momentos assim, as corporações têm espaço para se reinventar. Tanto da porta para dentro, com mudanças em processos, agilidade na tomada de decisão e oferta de produtos e serviços que atendam às urgências da sociedade, mas também da porta para fora, se relacionando com o ecossistema de forma mais aberta, transparente e colaborativa.

Que a capacidade de adaptação das scale-ups sirva de exemplo para as corporações se reinventarem e o exemplo dos empreendedores seja exemplo do que podem fazer para serem decisivas para o país.

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Com apoio do governo federal, MS tenta controlar focos de calor no Pantanal
NOVA ANDRADINA
Condutor com mais de 180 kg de maconha tenta fugir mas é capturado pela PRF
ECONOMIA
Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%
REGIÃO
Carro com placas de São Paulo é flagrado com mais de 300 quilos de maconha em MS
COVID-19
Saúde atualiza números da pandemia do coronavírus e Brasil tem 363 novos óbitos
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 200 kg de maconha dividida em fardos em Bataguassu
POLÍTICA
Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decide que Cristiane Brasil continuará presa
ÁGUA CLARA
Após perseguição, traficante abandona acompanhante e carro com 64 kg de maconha
R$ 381 MIL
Idosa leva multa por incêndio em área de 95 hectares de vegetação nativa
BRASIL
Marco Aurélio, do STF, recebe alta após passar por cirurgia no joelho

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
DOURADOS
GM flagra aglomeração no centro e três são presos
POLÍCIA
Braço direito de "Marcelo Piloto" é preso no Paraguai