Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
NEGÓCIOS E CIA

Cartão de crédito é opção de 62% da população para pagar contas

02 agosto 2021 - 10h07Por Portal R7

A procura por crédito aumentou durante a pandemia da covid-19 e o cartão de crédito foi a modalidade mais utilizada no período.

Pesquisa divulgada pela Serasa na última semana apontou que 79% da população utilizou alguma fonte de crédito no período. E o cartão foi a opção encontrada por 62% da população.

Na sequência aparecem:

• 14% pediram empréstimo para amigos e familiares;
• 12% utilizaram o cheque especial ou limite da conta; e
• 10% solicitaram empréstimo pessoal sem garantia.

O acesso ao cartão de crédito é praticamente o mesmo para homens e mulheres. O que muda, porém, é o limite concedido para eles.

Enquanto 48% dos homens tem mais de R$ 3,6 mil de limite do cartão de crédito, apenas 41% das mulheres conseguem o mesmo limite:

Homens

• 85% possui cartão de crédito
• 68% mais de dois
• 48% tem limite de R$ 3,6 mil ou mais;
• 52% tem limite de até R$ 3,5 mil

Mulheres

• 80% possui cartão de crédito
• 65% tem mais de dois
• 41% tem limite de R$ 3,6 mil ou mais; e
• 59% tem limite de até R$ 3,5 mil.

Quando o assunto é classe social, apesar de a "A" e "B" buscarem menos informações, elas têm mais facilidade de aceitação ao crédito.

Classes A e B

• 95% tem cartão de crédito;
• 74% mais de um;
• 54% buscou informações sobre crédito;
• 83% utilizou crédito durante a pandemia;
• 41% teve dificuldade para conseguir crédito; e
• 18% teve o crédito negado.

Classes C, D e E

• 79% tem cartão de crédito;
• 64% mais de um;
• 59% buscou informações sobre crédito;
• 7% utilizou crédito durante a pandemia;
• 55% teve dificuldade para conseguir crédito; e
• 41% teve crédito negado.

Já entre quem tem e não tem cartão de crédito, as diferenças foram significativas. Quem tem cartão de crédito é um público mais velho, com maior renda e que acessou mais crédito durante a pandemia.

Tem cartão de crédito

• 74% tem mais de 24 anos;
• 61% é da classe ABC;
• 99% tem conta em banco;
• 88% utilizou alguma fonte de crédito durante a pandemia;
• 51% teve dificuldade para conseguir crédito; e
• 35% teve crédito negado.

Não tem cartão de crédito

• 66% tem mais de 24 anos;
• 34% é da classe ABC;
• 89% tem conta em banco;
• 37% utilizou alguma fonte de crédito durante a pandemia; e
• 67% teve dificuldade para conseguir crédito.
• 46% teve crédito negado

Especialista alerta sobre as taxas do cartão de crédito

Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivo da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade), acredita que a pandemia vem criando um efeito cascata em outras coisas, como a queda da renda, o desemprego em massa e a alta da inflação.

Com isso, o índice de endividamento aumentou 1,7 ponto percentual em relação a maio de 2021 tendo a maior alta mensal desde março de 2017.

Duas linhas de crédito se destacam negativamente na pandemia, segundo Oliveira: cartão de crédito e cheque especial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Presidente Jair Bolsonaro viaja aos Estados Unidos para assembleia da ONU
Jardim e Nioaque são campeões da região Oeste da Liga MS de vôlei
ESPORTE
Jardim e Nioaque são campeões da região Oeste da Liga MS de vôlei
Instabilidade no E-SUS impede atualização de dados da Covid-19 do município
DOURADOS
Instabilidade no E-SUS impede atualização de dados da Covid-19 do município
EMPREGO
Concurso da Caixa Econômica tem vagas para MS e salário de R$3 mil
Morre aos 87 anos o ator Luis Gustavo
BRASIL
Morre aos 87 anos o ator Luis Gustavo
BRASIL
Falha em subestação de Rio das Ostras causou apagão no RJ e MG
PANDEMIA
Pesquisa aponta que 90% consideram importante exigir vacina contra Covid-19 na volta aos escritórios
POLÍCIA
Foragido no Brasil e Paraguai é preso pela Polícia Civil do MS
BLITZ EDUCATIVA
Agepan orienta e auxilia empresas para o fortalecimento do transporte intermunicipal em MS
COVID-19
Idosos de 89 a 84 anos recebem dose de reforço nesta semana no Rio

Mais Lidas

DOURADOS
Morto durante o trabalho em fazenda tinha 26 anos
ACIDENTE DE TRABALHO
Maquinário cai e mata trabalhador em fazenda entre Dourados e Itahum
'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
REGIÃO
Casal precisa ser socorrido após carro quase ser "engolido" pela chuva