Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Prova de concurso para delegado está confirmada para domingo

14 março 2013 - 08h43

Após mudar a lei para garantir a realização do concurso público para delegado da Polícia Civil, o Governo de Mato Grosso do Sul divulgou nota para confirmar a realização das provas no próximo domingo, dia 17 de março. Em nota divulgada na tarde de ontem, a Polícia Civil diz que “os candidatos devem ficar atentos ao horário, à documentação que é preciso apresentar e demais orientações da comissão organizadora”.

A prova será realizada nos seguintes locais: Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), localizada na Avenida Tamandaré, 6.000, bairro Jardim Seminário, em Campo Grande, e na Escola Estadual Joaquim Murtinho, que fica na Avenida Afonso Pena, 2.445, também na Capital. No edital disponível no Portal Estadual de Concursos(www.concurso.ms.gov.br) os inscritos podem conferir o ensalamento. No mesmo endereço estão disponíveis todos os demais editais referentes a este processo de seleção.

A prova terá início às 8 horas (horário de MS), não sendo permitida a entrada de candidato que chegar após esse horário. A Organização orienta os inscritos a programarem o deslocamento e chegarem com antedecência, para evitar problemas com o trânsito que costuma ser intenso nos arredores em dias de prova.

Não será permitida a utilização de calculadora, celulares, livros, códigos, manuais, impressos, apostilas, anotações, aparelhos eletrônicos ou outros meios ilícitos durante a realização das provas.

###Fim do embargo
O Governo do Estado mudou a Lei Orgânica da Polícia Civil para manter o concurso para delegado, que havia sido suspenso pela Justiça, a pedido do MPE (Ministério Público Estadual) por não reservar vagas para deficientes físicos.

Diante da determinação judicial, o Executivo encaminhou nesta quarta-feira à Assembleia Legislativa Projeto de Lei que normatiza as exigências para o exercício das funções dos cargos das carreiras, modificando o artigo 1º da Lei Complementar de 2005.

Agora, para o ingresso na Polícia Civil passa a ser exigida “plena aptidão física e mental, comprovada mediante parecer médico emitido por junta médica oficial específica a ser designada”. Em função dessa alteração, dispõe a nova Lei que “não haverá reserva de vagas para pessoas com deficiência em razão da exigência de plena aptidão física e mental para o exercício da função policial civil”.

Com a nova lei, tornam-se obrigatórias avaliações de natureza médica-odontológica (de caráter eliminatório), de aptidão física, investigação social e curso de formação policial, comprovando a habilitação dos candidatos.

O concurso foi suspenso pelo desembargador Fernando Mauro Moreira Marinho. Conforme decisão dele, nenhuma etapa pode ser realizada, sob pena de multa diária de R$ 3 mil.

O salário inicial é de R$ 9.035,55.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BENEFÍCIO
UFGD mantém assistência a estudantes durante suspensão do calendário
CORONAVÍRUS
Câmara aprova projeto de lei que libera remédios sem aval da Anvisa
DOURADINA
Polícia apreende meia tonelada de agrotóxicos na região da Grande Dourados
POLÍTICA
Senado aprova extensão de auxílio de R$ 600 a mais de 30 categorias
JUSTIÇA
Dono de apartamento deve indenizar vizinhos em R$ 20 mil por infiltrações
BRASILÂNDIA
Bêbado, homem bate no enteado de seis anos, agride esposa e vai preso
CONCURSO
Ebserh publica edital para contratação de até 6 mil profissionais
SELVÍRIA
Polícia descobre falso site de leilões e recupera R$ 22 mil de golpe
AUXÍLIO
Bolsonaro assina lei que cria ajuda de R$ 600 a informais, mas veta 3 trechos
DISSEMINAÇÃO
Paraguai proíbe viagens de carro pelo país em prevenção ao coronavírus

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
COVID-19
MS tem oito confirmações de coronavírus em 24h e suspeitos chegam a 51