Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Leia o artigo "O Fonoaudiólogo", por Ademir Garcia Baena

30 novembro 2012 - 14h01

No dia 09 de dezembro, quando se comemora o dia do Fonoaudiólogo, ainda ouvimos muitas perguntas, como: o que é Fonoaudiólogo?, o que faz a Fonoaudiologia? Uma grande parcela da comunidade, ainda desconhece o trabalho exercido por este profissional, este artigo visa esclarecer e definir nosso campo de atuação.

O Fonoaudiólogo é o profissional com graduação em Fonoaudiologia, que atua em pesquisa, prevenção, avaliação e terapia fonoaudiológica na área da comunicação oral e escrita, voz e audição, bem como em aperfeiçoamento dos padrões da fala e da voz.

Ainda que com uma formação diferenciada, em que as características de cada curso estão intimamente relacionadas à filosofia da universidade/faculdade onde ele está inserido (médica, psicológica, etc.), o Fonoaudiólogo é um profissional habilitado a atuar, basicamente, em duas grandes áreas: a de distúrbios da comunicação e a da audiologia. Embora estas duas áreas recebam a mesma atenção dentro da graduação, no que concerne à carga horária das disciplinas, na prática, o que se observa é que um número consideravelmente grande de Fonoaudiólogos atua na área de terapia fonoaudiológica, preferencialmente em clínicas particulares, individuais ou multiprofissionais, em geral associadas a otorrinolaringologistas, psicólogos e dentistas (dados extraídos de pesquisa realizada durante o II Congresso Internacional de Fonoaudiologia - 1995).

Excetuando-se os profissionais que trabalham essencialmente na área de audiologia, os demais se distribuem em um campo de atuação bastante diversificado, que compreende os seguintes segmentos:

Serviços públicos de saúde: encontramos os Fonoaudiólogos inseridos em equipes interprofissionais, atuando de forma eminentemente preventiva em hospitais, postos de saúde, unidades básicas, ambulatórias de especialidades e hospitais-dia:

Educação: quer em instituições públicas ou privadas, o Fonoaudiólogo atua em creches, Engs, escolas de 1º e 2º graus, orientando os professores e auxiliando na elaboração de programas de alfabetização. Atua, ainda, como docente em cursos de graduação, pós-graduação e especialização em Fonoaudiologia.

Serviços de saúde ocupacional/indústrias: a atuação do fonoaudiólogo, na área de saúde do trabalhador, encontra-se em franca ascensão, em virtude da legislação vigente, que obriga as indústrias a realizarem exames audiológicos em seus funcionários, com programas de conservação auditiva e controle de ruído;

Centros auditivos: onde o fonoaudiólogo realiza avaliações audiológicas, bem como a seleção e adaptação dos aparelhos auditivos comercializados pelas empresas.

Meios de comunicação, artes e telemarketing: junto aos profissionais que tem a fala e a voz como instrumento de trabalho, a atuação do Fonoaudiólogo visa aprimorar os padrões de articulação, respiração, entonação entre outros;

Entidades e associações de assistência a deficientes: novamente inserido em equipes interprofissionais, o fonoaudiólogo atua junto a pacientes portadores de deficiências auditivas, mental, física, bem como distúrbios emocionais e neurológicos;

Clínicas geriátricas/asilos: atendimento a pacientes acometidos de patologias decorrentes da idade (afasias, disartrias, etc.);

Sancionada em 09 de dezembro de 1981, pelo então presidente João Figueiredo, a Lei nº 6965, que regulamenta a profissão de Fonoaudiólogo, veio ao encontro dos sonhos de uma categoria profissional, que ansiava ser reconhecida. Além de determinar a competência do Fonoaudiólogo, com a Lei, foram criados os Conselhos Federal e Regional de Fonoaudiologia, tendo como principal finalidade a fiscalização do exercício profissional.

O crescimento da profissão tem sido uma constante, a ampliação do mercado de trabalho do Fonoaudiólogo e uma maior conscientização da categoria tem levado os Conselhos de Fonoaudiologia à revisão de toda a sua Legislação. O primeiro fruto deste esforço conjunto foi a elaboração de um Código de Ética novo. Aprovados em 17/12/95. O próximo passo será a revisão da Lei nº 6965, de 09 de dezembro, considerado, portanto o dia do FONOAUDIÓLOGO.

Vale ressaltar que Dourados possui uma atuação Fonoaudiológica de vanguarda, propiciando desta forma atendimentos dos mais exemplares. Nossa cidade foi uma das primeiras do interior de Brasil e a primeira de toda a região Centro-Oeste a ter fonoaudiologia pelo município (1º de fevereiro de 1988) visando atender a população mais carente de nossa cidade, foi uma das primeiras a oferecer avaliação auditiva precoce( o teste da “orelhinha)”, uma das primeiras a ter um programa de Saúde Vocal para os professores (1994), tivemos o Projeto de Extensão nº 548/2006 DEX PROEC, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, projeto este denominado VOZ: INSTRUMENTO DE TRABALHO, revelando a importância de programas preventivos, Mato Grosso do Sul foi o primeiro estado Brasileiro a aprovar um Projeto de Saúde Vocal do Professor (Lei nº 2198, de 20 de dezembro de 2000) e, recentemente a Câmara Municipal de Dourados, aprovou um Projeto de Saúde Vocal dos professores da rede municipal de ensino, um grande avanço, outros projetos estão sendo avaliados, demonstrando a força e a importância da FONOAUDIOLOGIA, ressaltando desta forma a atuação dos fonoaudiólogos deste nosso querido município.

Oportuno, parabenizar à todos os Fonoaudiólogos, especialmente aos profissionais de nosso Estado e de Dourados, PARABÉNS!!!.







Ademir G. Baena

Fonoaudiólogo

CRFa. 0176MS

Especialista em Voz

Aperfeiçoamento em Distúrbios de Aprendizagem e Dislexia

Aperfeiçoando em Eletroestimulação Aplicada em Motricidade Oral e Disfonias


Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO
Direção Viva alerta sobre importância de higienizar veículos automotores como prevenção contra o Coronavírus
STF
Ministro julga inviável ação do PDT contra suspensão de prazos do Enem 2020
CULTURA
CCBB Educativo disponibiliza acervo digital de arte-educação
BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS
MUNDO
Papa inicia Semana Santa com celebração sem presença de fiéis
COVID-19
Gerente técnico de medicamentos da Vigilância Sanitária alerta sobre riscos da automedicação
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Mais de mil servidores com salários acima de R$ 4,5 mil receberão na segunda
MS
Procuradoria-Geral do Estado mantém seção especial sobre o Covid-19 no site

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira