Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Governo assina hoje edital com 1.200 vagas para o magistério

28 fevereiro 2013 - 07h49

O governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SED) e Secretaria de Estado de Administração (SAD), junto à Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), realiza nesta quinta-feira, dia 28 de fevereiro, ato de assinatura do edital do concurso para professores da Rede Estadual de Ensino, na sede da Fetems, em Campo Grande, às 19 horas.

Foram autorizadas pelo Executivo estadual 1.200 vagas. De acordo com a secretária de Estado de Administração, Thie Higuchi, após a assinatura, o governo publicará o edital com todas as informações. “O edital terá todas as informações sobre as vagas, disciplinas, datas e locais das provas. Neste concurso as provas serão realizadas nos municípios de Campo Grande, Três Lagoas, Naviraí e Dourados. Os candidatos devem observar os locais da prova e escolher os municípios com as vagas a que pretende concorrer”, afirmou a secretária estadual de Administração.

A realização do concurso público para professores da Rede Estadual de Ensino é o último ponto do Pacto de Valorização da Educação Pública, firmado entre a Fetems e o governo do Estado, no mês de outubro do ano passado (2012), de acordo com o presidente da Federação, Roberto Magno Botareli Cesar: “o acordo firmado possibilitou inúmeros avanços para a categoria. Avançamos nas conquistas e vamos continuar lutando para conseguirmos mais melhoras para a carreira dos trabalhadores em educação e para a qualidade do ensino público”, ressaltou o diretor da Fetems.

Conforme explicou o presidente da Federação, após a publicação do edital, a entidade já começará a debater com a Secretaria Estadual de Educação a realização do concurso dos funcionários administrativos em educação. “É necessário um tempo para a organização dos novos administrativos nas escolas, para que a Secretaria saiba quantas vagas ainda necessitam para realização de um novo concurso”, disse Roberto.

O governo tem convocado os funcionários que haviam passado no concurso realizado em dezembro de 2011. A última dessas convocações foi publicada no Diário Oficial do dia 15 de fevereiro e chamou 48 administrativos para a posse.

Roberto Botareli disse que este ano a prova do concurso será regionalizada, não somente em Campo Grande como nos concursos anteriores. “Essa é uma das principais solicitações da categoria, pois isso facilita muito o acesso ao concurso, portanto reivindicamos e conseguimos que a prova seja realizada além de Campo Grande, em Dourados, Naviraí e Três Lagoas”, disse em reunião realizada no dia 18 deste mês, com o governador André Puccinelli.

###Concurso
Para participar é necessário ter nível superior. Aqueles que possuem especialização, mestrado e doutorado obterão mais pontos.

Na prova, disciplinas específicas terão peso seis, português terá peso dois e o restante das questões, peso um. Para ser aprovado será necessário acertar pelo menos 50% da prova específica e não zerar nenhuma das demais disciplinas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Jovem é encontrado desacordado após ser espancado no meio da rua
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
REGIONAL
Em parto raro, gêmeos nascem na maternidade do Hospital de Ponta Porã
ARTIGO
Cenários para o Covid-19 e a capacidade do sistema de saúde em MS
CAPITAL
Motorista bêbado é preso em flagrante após capotar carro na BR-262
AVANÇO DO COVID-19
Brasil tem 3.904 casos confirmados e 114 mortes pelo novo coronavírus
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental captura capivara no centro da cidade de Coxim
PANDEMIA
Estudantes intercambistas poderão remarcar viagens sem custo
CAMPO GRANDE
Motorista de F-1000 faz “delivery” de cocaína e acaba preso na Capital
SÃO JOSÉ DO DIVINO
Prefeito de cidade do Piauí morre vítima do novo coronavírus

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados