sexta, 19 de julho de 2024
Dourados
28ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
ROTEIRO&VIAGENS

Espírito Santo reúne piscina naturais, montanhas, trilhas e ainda o Parque da Pedra Azul

19 outubro 2017 - 07h42Por Da redação

Aventura, tranquilidade e contato com a natureza, se você está precisando ou buscando um lugar assim, o lugar ideal é o Parque da Pedra Azul, no Espírito Santo. Com 1.822 metros de altura, uma formação de granito e gnaisse que dá nome a uma das principais atrações do Estado, rodeada pela segunda maior reserva de Mata Atlântica do País, além de belas piscinas naturais e flores.

A reserva natural foi criada em 1991, em Domingos Martins, região serrana colonizada por alemães a 50 km da capital, que atrai turistas durante as baixas temperaturas. A médica de visitantes no parque chega a 1.200 por mês, que encaram trilhas, a rica fauna local e depois repousam em pousadas charmosas que se espalham até a vizinha Venda Nova do Imigrante, a Capital Nacional do Agroturismo, e o vilarejo de Aracê.

O que fazer

O entorno da Pedra Azul tem coisas interessantes para fazer e conhecer. O parque costuma atrair pessoas ativas e com energia suficiente para encarar atividades como rapel, parapente, alpinismo, cavalgadas, canoagem e trilhas com mirantes, sendo uma com 1,5 km e a outra com aproximadamente 3 km. Há limite de visitantes, sendo 100 e 50, respectivamente.

A trilha mais longa tem como destaque as belas piscinas naturais escavadas sobre uma rocha, acessada por corda em uma escalada de 97 metros. São várias circunferências, como se fossem bacias de água doce, com vista privilegiada para o horizonte.

Pelo caminho, reserve um tempo para observar a flora, composta por orquídeas, bromélias, ingás, cedros, ipês, e inúmeras variedades de canela. Há ainda a fauna local, incluindo macaco-prego, tatu, jaguatirica, tucano, veado catingueiro e até a ameaçada onça pintada.

Onde comer

Dentro do parque não há lanchonetes, apenas locais específicos para refeição, então é importante levar um lanchinho. Fora da reserva natural, porém, a gastronomia é um prato cheio. Os hotéis estão entre as opções, já que os restaurantes recebem quem não é hóspede.

O Ninho do Jacu é uma opção simples, agradável e rodeada pelo verde. Na mesa, culinária típica da roça em buffet variado ou à la carte (nos meses de julho e agosto). Já o Travoletta é a junção entre arquitetura italiana e decoração contemporânea, com cardápio focado em risotos e massas.

Para ter um gostinho mais internacional na hora da refeição recorra ao Argento, dentro do hotel Bristol Vista Azul, que serve os tradicionais cortes de carnes argentinos, acompanhados de uma variada carta de vinhos. Em clima mais descontraído, o Blue Rock Pub serve hambúrgueres gourmet, finger foods e chopes.

A novidade para o paladar é a tradicional pizza de polenta, uma das especialidades do Café da Roça Altoé da Montanha. Prove também o farto café colonial, feito com produtos caseiros e regionais.

Onde dormir

É fácil encontrar refúgios e cantinhos charmosos na região, em sua maioria com vista para a Pedra Azul, é rodeado também por uma bela paisagem em Domingos Martins, o Sítio dos Lagos; a média de preço é R$ 475 por dia.  A propriedade é familiar tradicional, que há 50 anos se mantém preservada. Conta com sete chalés independentes, além de salão de jogos, pescaria, tirolesa, piscinas adulto e infantil, bicicletas triciclos, sauna a seco, entre outros.

Cenário semelhante se faz presente na pousada Bela Aurora, com custo um pouco menor, R$ 260 por dia, em Venda Nova do Imigrante. As vivendas se espalham pelo terreno verdinho, todas com vista para o lago, que proporciona passeios de pedalinho e caiaque. Há ainda um salão de jogos e playground.

O eco-resort Pedra Azul, com o preço de R$ 330 por dia, fica ao lado do parque, às margens de um lago e de uma cachoeira com queda livre de 90 metros. Há restaurante, piscina, spa, sauna, academia, quadras de tênis, trilhas para caminhadas, salas de jogos, de chá e de leitura, mini-cinema, adega subterrânea e um heliponto.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Inaugurada em Dourados, Central terá equipe para atender quem cumpre pena alternativa
SERVIÇO

Inaugurada em Dourados, Central terá equipe para atender quem cumpre pena alternativa

Curta-metragem é gravado em aldeia urbana de MS
CAMPO GRANDE

Curta-metragem é gravado em aldeia urbana de MS

Apagão cibernético afetou voos da Azul e aplicativo do Bradesco
BRASIL

Apagão cibernético afetou voos da Azul e aplicativo do Bradesco

BRASIL

Fies vagas remanescentes: Lista de espera termina sexta-feira

Em menos de sete meses, Influenza já mata mais em MS do que todo o ano passado
SAÚDE

Em menos de sete meses, Influenza já mata mais em MS do que todo o ano passado

REGIÃO 

Três irmãos são resgatados em situação de abandono em Ponta Porã

EDITAL

Edital de Convocação

TECNOVA

Empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores

BRASIL

Projeto da Câmara criminaliza comércio de cigarro eletrônico

CRÉDITO

Cresol Centro-Sul RS/MS já liberou mais de R$ 40 milhões de recursos oficiais do Plano Safra 24/25

Mais Lidas

VIOLÊNCIA

Para não divulgar fotos, padrasto obriga jovem a fazer sexo com ele

MS-379

Comboio é interceptado e mais de R$ 1 milhão em mercadorias apreendidos

CAPITAL

Grupo de funcionários responsável por furtar empresa de transporte é desarticulado

ATRAÇÕES

Dourados Show Pets acontece em setembro no Jorjão