Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
EDUCAÇÃO

Universidades federais retomam atividades

Maioria das instituições utilizou plataformas virtuais para possibilitar aulas remotas

04 novembro 2020 - 06h00Por Gov.br

Nesta terça-feira (3), o painel de monitoramento do Ministério da Educação (MEC) registrou que as 69 universidades federais brasileiras já retomaram suas atividades após o início da pandemia de Covid-19. A maioria das universidades adotou aulas remotas e utilizou plataformas virtuais para oferecer as atividades aos estudantes.

Outra ação importante foi disponibilizar materiais em hipermídia, que conectam textos a mídias diversas, como imagens e vídeos. Foram oferecidas ainda atividades de aprendizagem dinâmica, com o apoio e a interação virtual entre alunos e professores.

Para o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Souza, a retomada das atividades pelas universidades federais demonstra o empenho e a capacidade dessas instituições. “Foi possível verificar como cada universidade procurou responder ao desafio da pandemia, com dedicação e esforço. Acredito que, nesse processo, houve muito aprendizado e foram implementadas inovações que deverão permanecer”, comentou.   

Experiências

Na Universidade Federal de Lavras (Ufla), a comunidade universitária esteve envolvida com atividades remotas que abrangeram o ensino, a pesquisa e a extensão. Ao todo, 1.683 salas virtuais foram criadas no campus virtual sendo que, 10 mil estudantes já acessaram as plataformas, além de 787 professores.

Da mesma forma, a Universidade Federal de Itajubá (Unifei) adotou, em abril deste ano, medidas para permitir que estudantes de graduação e de pós-graduação pudessem realizar as atividades pedagógicas domiciliares. A universidade já tinha experiência com aulas remotas e vários cursos já dispunham de planos para oferecer educação a distância. As atividades remotas na Unifei já alcançaram, aproximadamente, 8.500 estudantes e 500 docentes.

Na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), ao longo de três anos, foram desenvolvidas ações para ampliar o uso de plataformas virtuais. Na UFMS mais de 24 mil estudantes e 3,5 mil servidores se beneficiaram com o modelo remoto. No primeiro semestre, 504 estudantes já colaram grau e mais de 2 mil formandos colarão grau em dezembro.

Em relação à retomada das aulas presenciais, muitas universidades planejam um retorno gradual, podendo adotar um sistema híbrido de ensino, com atividades remotas.

Leia Também

Carro batido é abandonado no Jardim América
DOURADOS
Carro batido é abandonado no Jardim América
UTI Covid segue com seis internações em Dourados
PANDEMIA
UTI Covid segue com seis internações em Dourados
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
BRASIL
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
LAVA JATO
Justiça Eleitoral vai julgar ação sobre empréstimo de R$ 12 milhões ao banco Schahin
MUNDO
Biden e Macron discutem defesa europeia e se reunirão em Roma
MS
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
STF
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
RIO MIRANDA
Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito
JUDICIÁRIO
STJ define retorno de sessões presenciais para fevereiro de 2022 e dia de eleição para ministros

Mais Lidas

PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia