Menu
Busca sábado, 18 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
EDUCAÇÃO

MEC lança Programa Educação Financeira nas Escolas

18 agosto 2021 - 10h25Por Portal MEC

O Governo Federal lançou, por meio do Ministério da Educação (MEC) em parceria com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Programa Educação Financeira nas Escolas, na tarde desta terça-feira (17). O Programa tem o objetivo de oferecer aos professores cursos gratuitos de formação em educação financeira, para que o tema esteja presente nas salas de aula. A expectativa inicial é a de capacitar, em três anos, 500 mil professores, que poderão levar o tema a mais de 25 milhões de estudantes brasileiros.

Compuseram a mesa de abertura do evento o Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro; o secretário de Educação Básica, Mauro Rabelo; o diretor de Formação Docente e Valorização dos Profissionais da Educação, Renato Brito; o ministro de Estado da Cidadania, João Roma; o presidente da CVM, Marcelo Barbosa; o presidente do Banco do Brasil, Fausto de Andrade Ribeiro; e o especialista financeiro, Tiago Reis.

A formação oferecerá conhecimentos básicos sobre finanças pessoais de forma interligada às disciplinas da grade curricular, como explica o secretário de educação básica, Mauro Rabelo. "O ineditismo dessa iniciativa está em formar os professores para que sejam entusiastas da educação financeira nas escolas de nosso país. Esse é um tema transversal previsto na Base Nacional Comum Curricular (...)", explanou Mauro.

O diretor de Formação Docente e Valorização dos Profissionais da Educação, Renato Brito, falou sobre a importância de centralizar o foco dessa formação nos professores. "Muitas vezes nós queremos colocar a educação financeira em pauta dentro das escolas, mas nos esquecemos de possibilitar a segurança do professor sobre o tema. Um professor seguro do que será desenvolvido potencializa o reflexo nos estudantes (...), afirmou Renato.

Já Marcelo Barbosa afirmou que a educação financeira é estratégica para o mercado de capitais nacional, com reflexo no bem-estar das famílias. “Os programas de educação financeira podem influir decisivamente na formação de comportamentos poupadores”, afirmou o presidente da CVM.

Segundo o Ministro da Educação, esse Programa é um legado para as próximas gerações. “Meu sonho é que a população brasileira não compre coisas pelo número de parcelas que cabe no bolso, mas que tenha um mínimo de condições de fazer um exame direto e rápido se o juro embutido não está muito caro”, exemplificou.

A formação de professores em educação financeira, para atingir os estudantes brasileiros, está alinhada a diretrizes globais e recomendações da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O evento na íntegra está disponível no canal do MEC no YouTube. Acesse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Durante confraternização, homem espanca ex-namorada com socos
CAMPO GRANDE
Prova objetiva do concurso da guarda civil será neste domingo
Autoridades apreendem 800 kg de alimentos impróprios para consumo
Autoridades apreendem 800 kg de alimentos impróprios para consumo
DADOS FINANCEIROS
Terceira fase do open banking será integrada ao PIX
JUSTIÇA
Casal que vendeu L-200 alugada por R$ 40 mil ganha liberdade
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende mais de 150 pessoas em Novo Horizonte do Sul
Homem vai visitar o pai e o encontra morto no interior de residência
MÚSICA
'Dos bares para internet': cantor de Dourados lança single com 'vibe positiva'
MATO GROSSO DO SUL
No Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, professor finaliza desafio para incentivar novas doações
CAMPO GRANDE
Em formato híbrido, 'General R3' e 'Dovalle' se apresentam hoje no Som da Concha

Mais Lidas

DOURADOS
Morto durante o trabalho em fazenda tinha 26 anos
ACIDENTE DE TRABALHO
Maquinário cai e mata trabalhador em fazenda entre Dourados e Itahum
24 HORAS DE VACINA
Dourados terá 'viradão' da vacina para aplicar doses em cinco grupos
REGIÃO
Casal precisa ser socorrido após carro quase ser "engolido" pela chuva