Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
EDUCAÇÃO

Dúvida: Qualificação ou Técnico

11 setembro 2020 - 08h47Por Angélica Fraga – IEGRAN Dourados

Muitas são as dúvidas quando se fala em formação profissional, a começar pelo que estudar. Quando somos crianças temos aquela dúvida: O QUE EU QUERO SER QUANDO EU CRESCER? Às vezes por gostarmos de alguma brincadeira, ou admirar um personagem de TV pelo que ele faz, ou até mesmo em casa por nossos pais, tios, irmãos mais velhos, amigos de nossos pais enfim, pessoas que fazem parte do nosso convívio, chegamos a conclusão de que queremos ser como aquela pessoa, realizar nosso sonho de gente grande espelhado em algo ou alguém que nos faz querer ser como ela é.

Infelizmente quando chegamos a idade adulta e temos que decidir sobre essa questão de formação profissional muitas dúvidas veem a nossa mente, uma delas é sobre o ingresso no mercado de trabalho e o retorno financeiro a curto prazo. Daí surge a pergunta: 

Faço um curso de qualificação ou um curso técnico?

Respondendo à dúvida e explicando os prós e contras:

Os cursos de qualificação ofertados nas instituições, geralmente são cursos rápidos, com duração de alguns meses, carga horária que atende ao eixo profissional escolhido e ingresso no mercado de trabalho com o diferencial de ser qualificado para aquela profissão. Esses cursos são chamados de FIC – Formação Inicial e Continuada ou apenas Qualificação Profissional.

A formação inicial e continuada (FIC) ou qualificação profissional são organizadas para preparar para a vida produtiva e social, promovendo a inserção e reinserção de jovens e trabalhadores no mundo do trabalho. Isso inclui cursos de capacitação profissional, aperfeiçoamento e atualização profissional de trabalhadores em todos os níveis de escolaridade. Abrangem cursos especiais, de livre oferta, abertos à comunidade, além de cursos de qualificação profissionais integrados aos itinerários formativos do sistema educacional.

Os cursos de livre oferta, conforme previsto no Art. 42 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), FIC ou qualificação profissional podem ser ofertados como cursos abertos, com suas matrículas condicionadas à capacidade de aproveitamento da formação, e não necessariamente ao nível de escolaridade. Tais cursos não possuem carga horária preestabelecida e podem apresentar características diversificadas em termos de preparação para o exercício profissional de algumas ocupações básicas do mundo do trabalho ou relacionadas ao exercício pessoal de atividades geradoras de trabalho e renda.

Os cursos regulamentados, quando organizados pelo sistema educacional dentro de um itinerário formativo com o intuito de possibilitar continuidade de estudos, os cursos de formação inicial e continuada (FIC) ou qualificação profissional possuem regulamentação quanto a carga horária. Está estabelecida a duração mínima de 160 horas, no § 1º do Art. 3º do Decreto nº 5.154/2004, alterado pelo Decreto nº 8.268/2014. O perfil profissional de conclusão dos cursos de FIC ou qualificação profissional deve corresponder a perfis necessários ao exercício de uma, ou mais ocupações com identidade reconhecida pelo mercado de trabalho. Eles devem garantir a profissionalização em determinada área e, ao mesmo tempo, o contínuo e articulado aproveitamento de estudos nos diferentes níveis da educação nacional.

Já os cursos e programas de educação profissional técnica de nível médio são organizados por eixos tecnológicos, possibilitando itinerários formativos flexíveis, diversificados e atualizados, segundo interesses dos sujeitos e possibilidades das instituições educacionais, observadas as normas do respectivo sistema e nível de ensino para a modalidade de educação profissional técnica de nível médio.

Os diferentes tipos de cursos na educação profissional técnica de nível médio são: 

Qualificação Profissional Técnica de Nível Médio:

São cursos que se integram à organização curricular de uma Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio (curso técnico), compondo o respectivo itinerário formativo aprovado pelo sistema de ensino. Também chamados de unidades ou módulos, correspondem a saídas intermediárias do plano curricular com carga horaria mínima de 20% do previsto para a respectiva habilitação. São destinados a propiciar o desenvolvimento de competências básicas ao exercício de uma ou mais ocupações reconhecidas no mercado de trabalho. 

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio

São cursos que habilitam para o exercício profissional em função reconhecida pelo mercado de trabalho (Classificação Brasileira de Ocupações – CBO), a partir do desenvolvimento de saberes e competências profissionais fundamentados em bases científicas e tecnológicas Promovem o desenvolvimento da capacidade de aprender e empregar novas técnicas e tecnologias no trabalho e compreender os processos de melhoria contínua nos setores de produção e serviços. Denominados de cursos técnicos, destinam-se a, pessoas que tenham concluído o Ensino Fundamental, estejam cursando ou tenham concluído o ensino médio. É importante ressaltar que para a obtenção do diploma de técnico é necessário a conclusão do ensino médio. Com carga horária variando entre 800 e 1800 horas, dependendo da respectiva habilitação profissional técnica, podem ser estruturados com diferentes arranjos curriculares, possibilitando a organização de itinerários formativos com saídas intermediárias de qualificação profissional técnica.

A IEGRAN oferta vários cursos na área da saúde e segurança do trabalho, onde formamos profissionais qualificados de nível fundamental e técnico.

Fale com a gente através de nossos canais, será um prazer ter você conosco!

Telefones de contato:

(67) 3423-7504

(67) 99295-0395 whatsapp

Facebook: https://www.facebook.com/IEGRAN

Instagram: @iegrandourados

 

Leia Também

Estudo italiano: só muito idosos ou doentes vacinados morrem de covid
Estudo italiano: só muito idosos ou doentes vacinados morrem de covid
Casos ilustrativos da Medicina da Alma serão abordados nesta quarta na 7ª Semana Espírita
DOURADOS
Casos ilustrativos da Medicina da Alma serão abordados nesta quarta na 7ª Semana Espírita
Homem é autuado em R$ 9 mil por incêndio em vegetação
MIRANDA
Homem é autuado em R$ 9 mil por incêndio em vegetação
Motorista de ônibus escolar é preso por estuprar menina de 12 anos
ANAURILÂNDIA
Motorista de ônibus escolar é preso por estuprar menina de 12 anos
No improviso, skatistas usam árvore derrubada por vendaval como rampa; veja o vídeo
DOURADOS
No improviso, skatistas usam árvore derrubada por vendaval como rampa; veja o vídeo
DOURADOS
Em sessão solene, Câmara homenageia a Guarda Municipal pelos 25 anos
PANDEMIA
Após mais de 1 ano e meio, MS tem boletim "zerado" de mortes por covid
AGRONEGÓCIO
Plantio da soja já beira 1 milhão de hectares em Mato Grosso do Sul
PONTA PORÃ
Agepen investiga fuga e polícia reforça buscas a interno que escapou de presídio
BRASIL
Intenção de consumo das famílias fica estável em outubro

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada