Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
INTERNACIONAL

Copa do Mundo 2018: Rússia; saiba quanto custa e o que fazer no país

06 novembro 2017 - 08h11Por Da redação

Muitos brasileiros já começaram a buscar informações sobre a Rússia, desde que o Brasil foi classificado para a Copa do Mundo 2018. “A demanda cresceu muito. Recebemos centenas de ligações”, afirma Sérgio Delduque, agente de viagens da Tchayka, operadora de São Paulo especialista no destino Rússia há mais de 20 anos.

Conforme o site do G1 Turismo, outra operadora especializada no destino, a Slavian, do Rio de Janeiro, também relata um grande aumento na procura, apesar de ainda não ter sido realizado o sorteio das chaves, que irá determinar os adversários e em que cidades o Brasil irá jogar.

Para Sérgio Palamarczuk, da Slavian, após o sorteio, em 1º de dezembro, será possível programar pacotes mais específicos, com as datas e cidades exatas para quem quiser acompanhar a seleção.

As dúvidas a respeito do País e como viajar para lá, são diversas. Confira algumas!

Brasileiro precisa de visto?

Desde 2010, brasileiros não precisam mais de visto para ir para a Rússia, a não ser que a permanência no país seja de mais de 90 dias. É preciso apenas ter o passaporte com validade mínima de 6 meses, a contar da data de saída da Rússia. 

O visto é obrigatório para a maioria dos cidadãos europeus, por exemplo, mas durante a Copa do Mundo, essa exigência deve ser derrubada. O presidente Vladimir Putin assinou uma lei no ano passado que isenta da necessidade do documento todos os turistas com ingressos para os jogos.

Ao entrar no país, as companhias aéreas entregam aos passageiros um Cartão Migratório, que deve ser preenchido e guardado por toda a viagem e apresentado na saída do território russo. Além disso, se o turista permanecer mais de sete dias em uma mesma cidade russa, deve fazer um Registro Migratório, que é providenciado pelo hotel ou pelo anfitrião que recebe o estrangeiro. Para cada cidade em que a estadia for maior que sete dias, é preciso se registrar novamente.

Quanto tempo é bom ficar?

O mínimo recomendado é uma semana, mas por ser um país distante do Brasil e com um grande território, quem puder ficar ao menos dez dias, terá mais tranquilidade para se deslocar entre as cidades, ver os jogos e passear.

O país é seguro?

A Rússia é considerada um País seguro, com poucos problemas de violência urbana, assaltos à mão armada e outros roubos do tipo. Turistas só devem ficar atentos aos batedores de carteira, que agem principalmente em lugares de grande circulação de pessoas.

Quanto custa uma viagem para a Rússia?

Estima-se que o preço do voo de ida e volta na época da Copa não vá variar muito em relação aos valores atuais, que ficam em torno de US$ 1.500 (cerca de R$ 4.900). Já as tarifas de hotéis e outros serviços devem aumentar consideravelmente durante o megaevento, o que dificulta fazer uma estimativa de gastos neste momento.

Atualmente, a diária de um hotel quatro estrelas, fica em média R$ 200 por pessoa em quarto duplo. Buscas feitas em sites de hospedagem mostram que é possível gastar entre R$ 75 e R$ 250 por pessoa/dia em quarto duplo de hotel 3 estrelas de Moscou durante o período da Copa. Também há opção de alugar apartamentos ou quartos em sites como o Airbnb.

Pacotes com ingressos

A compra de ingressos para os jogos é pessoal e deve ser feita diretamente através do site da Fifa. Os interessados tinham até 12 de outubro para se inscrever para o primeiro sorteio eletrônico, de ingressos vendidos por estádio ou seleção, ainda sem definição de adversários. Nessa fase já foram solicitados 3.496.204 ingressos.

A segunda fase de inscrições começa em 5 de dezembro, após o sorteio das chaves, quando já serão conhecidos os adversários e os locais de cada jogo da primeira fase do torneio. Existirá ainda uma terceira fase, de vendas de "último minuto", aberta em 18 de abril.

Um ingresso para o jogo de abertura tem valores entre 13.200 e 33 mil rublos (R$ 735 a R$ 1840, aproximadamente) e a final custará o dobro. As opções mais baratas, para as partidas de primeira fase, variam de 6.300 a 12.600 rublos (cerca de R$ 350 a R$ 700). Russos irão pagar menos em todos os jogos.

Que companhias aéreas levam até lá?

Não há voos diretos do Brasil até a Rússia, mas diversas empresas aéreas levam até lá, a maioria com escala em países europeus ou nos Emirados Árabes Unidos. O tempo total de viagem, contando a espera na conexão, costuma variar entre 17 e 35 horas.

Como se deslocar entre as cidades-sede?

O trem é a principal recomendação de quem conhece bem o país. “Os trens na Rússia têm muita estrutura. Tem para todos os orçamentos, desde os econômicos até os mais confortáveis. São viagens relativamente rápidas e com muitas opções de horários e destinos”, descreve Lorena Santana.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

APARECIDA DO TABOADO
'Vendedor de pó' é preso e dinheiro do tráfico apreendido
COSTA RICA
Homem que matou mulher a golpes de machadinha é condenado a 29 anos
FUTEBOL
Três jogos movimentam a penúltima rodada do 1º turno do Brasileirão hoje
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é multado em R$ 10 mil por desmatar área ambiental
HARRISON DE FIGUEIREDO
Moto com numeração raspada é apreendida e homem preso por receptação
MATO GROSSO DO SUL
Sanesul amplia capacidade de tratamento de esgoto em Juti
CAMPO GRANDE
Traficante de cocaína tenta subornar policiais para não ser preso
DOURADOS
Mulher é presa ao tentar entrar na PED com maconha dentro de produtos de limpeza
LOTERIA
Mega pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado
ITAPORÃ
Polícia monitora ‘boca’, prende três e acaba com delivery de droga

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
PONTA PORÃ
PF faz segunda maior apreensão de cocaína do ano em MS