Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CHAPADA DOS VEADEIROS

Conheça Alto do Paraíso de Goiás e encante-se

16 novembro 2017 - 08h50Por Férias Brasil

O astral místico da Chapada dos Veadeiros fazem de Alto Paraíso de Goiás, a 230 km de Brasília, e a 440 km de Goiânia, o local é um ponto de encontro de diversas tribos. Por lá, reúnem-se esotéricos, ecoturistas e aventureiros em perfeita harmonia. Em um cenário contornado por cânions gigantescos, paredões rochosos, rios cristalinos, cachoeiras, piscinas naturais e minas de quartzo, somente a paz pode reinar. 

Com o objetivo de proteger as inúmeras belezas naturais, o governo criou em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, acessível pelo vilarejo de São Jorge, a 36 quilômetros de Alto Paraíso. 

Em 2001, a reserva conquistou o título de Patrimônio Natural da Humanidade, concedido pela Unesco. Numa área de 65 mil hectares, há poucas trilhas abertas à visitação, no entanto, elas dão acesso aos clássicos cartões-postais da região. 

Entre eles estão os Saltos do Rio Preto, que formam cascatas de até 120 metros de altura e a maior piscina natural da área, que chega a 300 metros de diâmetro. Para conhecer as quedas é preciso ficar atento: a reserva tem lotação limitada diária e para fazer os passeios é obrigatório o acompanhamento de guias.
 
O rio corre entre os buracos formando poços liberados para relaxantes banhos. Lá perto fica o Jardim de Maytrea, um verdadeiro oásis tomado por veredas de buritis e campos floridos.

Porém passear pela chapada não é tarefa das mais fáceis, é necessário um mínimo de preparo para encarar as trilhas, algumas íngremes e cansativas, o que vale a pena só de imaginar as belezas escondidas no final do caminho. Entre uma parada e outra, aprecie a vegetação típica do cerrado, colorida por ipês, bromélias e aroeiras; ou acompanhe os voos dos periquitos e das araras, que cortam os céus sempre em bandos. 

Quem tem espírito aventureiro pode curtir as paisagens de ângulos inusitados através da prática de atividades radicais como canyoning, cascading, tirolesa e rapel. Depois de tanto desgaste físico, nada como recuperar as energias nos centros de massagens e meditação que ocupam insólitas construções em forma de pirâmide. 

De acordo com os místicos, a região é o coração magnético do país por estar sobre uma das maiores concentrações de cristal de quartzo do mundo. Se o esoterismo não é sua praia, relaxe nas pousadas charmosas, nos bons restaurantes ou nas lojinhas - especializadas em cristais e incensos!

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Dono de auto elétrica é encontrado morto no interior de oficina
ECONOMIA
Bolsonaro sanciona projeto de lei que cria poupança social digital
NAVIRAÍ
Mãe faz vaquinha para custear tratamento da filha com síndrome de West
PROVA DE VIDA
Recadastramento de aposentados está suspenso até 30 de novembro
MEIO AMBIENTE
Homem é preso e multado por capturar e manter aves silvestres em cativeiro
SOLIDARIEDADE
TJ/MS lança Campanha de Natal e atenderá crianças, adolescentes e idosos
MIRANDA
Trio é preso com cocaína avaliada em R$ 1,7 milhão na BR-262
BRASIL
Governo anuncia eSocial simplificado e revisão de normas trabalhistas
JUSTIÇA
Sobrinho acusado de matar tio pelas costas será julgado nesta sexta
JUDICIÁRIO
Posse de Kassio Nunes Marques no STF será no dia 5 de novembro

Mais Lidas

DOURADOS
Carona de motociclista que morreu em acidente com carreta corre risco de ter perna amputada
DOURADOS
Vítima de acidente na Marcelino Pires morre na mesa de cirurgia
FEMINICÍDIO
Agredida a tijoladas, mulher morre em Dourados após nove dias de internação
POLÍCIA
Carona de motociclista que morreu em acidente é transferida para o Hospital Universitário