Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
ARACAJU

Conheça a capital sergipana e programe-se para as próximas férias

13 novembro 2017 - 10h24Por Férias Brasil

A capital sergipana pode não ter as praias mais badaladas do Nordeste, mas em compensação, quando o assunto é infraestrutura, hospitalidade, variedade de passeios, elas não deixam a desejar, um exemplo são os de barco pelos rios levam a belos cenários como a Croa do Goré e à Ilha dos Namorados. Quanto aos preços, mesmo na alta temporada os programas saem em conta. 

Com ruas limpas e arborizadas, Aracaju tem como principal cartão-postal a orla de Atalaia, repleta de atrativos. Ao longo de seis quilômetros reúnem-se quiosques, calçadão, ciclovia, quadras poliesportivas, fontes luminosas e um oceanário que encanta crianças e adultos. 

Por lá fica ainda a Passarela do Caranguejo, um trecho tomado por bares e restaurantes que servem o melhor da cozinha regional como frutos do mar, carne-de-sol, pirão-de-leite e, claro, caranguejo. 

Balada

A palavra festa, que tão bem rima com Nordeste, encontra sinônimo na capital de Sergipe. Realizado na segunda quinzena do mês de junho, o Forró Caju reúne milhares de turistas que chegam atraídos pelo maior evento da região. 

Na cidade cenográfica montada na Praça dos Eventos, as animadas quadrilhas têm a atenção dividida com o som das sanfonas, zabumbas e triângulos. Com os cheiros de milho cozido e amendoim torrado que se espalham pelo ar, a Orla de Atalaia também tem animação, com o Forró do Povo.

As tradições típicas são mantidas também nas cidades históricas de São Cristóvão e Laranjeiras, a menos de 30 quilômetros de Aracaju e que guardam joias arquitetônicas coloniais, além de festivais folclóricos. Nos arredores da capital fica um dos cenários mais bonitos do Estado - o cânion de Xingó, desbravado a bordo de escunas e catamarãs que cortam as águas verdes do rio São Francisco. 

Um pouco de história

Para conhecer mais a rica história do Estado, siga para o Museu da Gente Sergipana, inaugurado em 2012 e que ocupa um prédio restaurado de 1926. O espaço celebra a identidade do povo de forma interativa. 
Festas, praças, personagens ilustres, culinária, ecossistemas: tudo é mostrado com muita tecnologia e criatividade. 

Diante de um espelho, trajes típicos se moldam perfeitamente ao corpo observador. No espaço dedicado aos repentistas, basta esperar a deixa e cantar a resposta sobre o tema proposto – e a gravação pode ser publicada na internet!

Deixe seu Comentário

Leia Também

TINDER ELEITORAL
Plataforma ajuda a escolher e acompanhar vereadores para eleições
PANDEMIA
China reabilita frigoríficos de MT e MS suspensos por Covid-19; um é em Dourados
CONDENADO
Médium João de Deus foi internado no Sírio Libanês, em Brasília
CULTURA
Municípios têm até segunda para assinar adesão à lei Aldir Blanc
CULTURA
Livro sul-mato-grossense é um dos finalistas do Prêmio Jabuti
PESQUISA
Fóssil achado em MG pode revelar novidades sobre dinossauros
QUEIMADAS
Corpo de Bombeiros começa a desmobilizar equipes da "Operação Pantanal II"
CAMAPUÃ
Após perseguição, veículo é apreendido com mais de 1t de maconha
SESSÃO REMOTA
Senado vai fazer sessão especial em homenagem aos médicos nesta segunda
POLÍTICA
Senadora Soraya Thronicke é condecorada com Ordem do Mérito Aeronáutico

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
PONTA PORÃ
PF faz segunda maior apreensão de cocaína do ano em MS