Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Concurso para professores em MS: dica é priorizar 'atualidade'

05 março 2013 - 14h21

A disciplina “atualidade brasileira” pode ser o diferencial na aprovação de candidatos no concurso público, aberto pelo governo de Mato Grosso do Sul, que oferece 1,2 mil vagas de professor de educação básica no ensino fundamental e médio. A opinião é do professor e diretor de um curso preparatório para concursos, que fica na avenida Mato Grosso, em Campo Grande, Onei Fernando Savioli.

O salário é de R$ 1.355,50, com acréscimo de incentivo de R$ 271,10, para jornada de trabalho de 20 horas semanais. As vagas estão distribuídas nas disciplinas de artes, biologia/ciências, educação física, filosofia, física, geografia, história, língua estrangeira – espanhol, língua estrangeira – inglês, língua portuguesa/literatura, matemática, química e sociologia. Há previsão de reserva de vagas para candidatos com deficiência, negros e índios. As inscrições poderão ser feitas até às 17h (horário de MS) de 20 de março no site www.concurso.ms.gov.br .

“No último concurso muitos professores foram bem em diversas questões, mas foram mal em atualidades. Dez questões da disciplina na última prova trouxeram informações de seis veículos de comunicação diferentes”, afirma Onei, acrescentando que as perguntas foram relativas a três meses anteriores do último concurso, realizado em novembro de 2011.

A prova terá 80 questões. São 20 de língua portuguesa, dez de “atualidade brasileira”, 20 de legislação e concepções pedagógicas e 30 de conhecimentos específicos, além da prova escrita que antecede a objetiva, a ser realizada no dia 5 de maio. Para o professor, o ideal é que o candidato tenha domínio nas três disciplinas e priorize nos próximos meses a leitura dos principais veículos de comunicação do país, principalmente, em questões relacionadas à educação.

O professor de língua portuguesa, Vander de Moura, 36 anos, diz que aguarda o concurso desde o ano passado. Para ele, “atualidade” será um dos principais desafios. “Derrubou muitos candidatos na prova passada. Teve gente que fez 80% de específicas e não conseguiu média de atualidades”.

Mesmo com a esperada dificuldade diante da matéria, ele diz que vai priorizar o conteúdo específico do concurso que vai prestar, que é “língua portuguesa/literatura”. Professor convocado na rede estadual, conta que prepara sua volta ao cursinho para dar prioridade aos estudos na reta final. Mas só aos finais de semana.

“Durante a semana é sala de aula, atividade para corrigir, o que sobrecarrega o professor”, disse, confiante num bom resultado. Segundo o candidato, o edital aberto pelo Governo do Estado está “mais maleável” na eliminação dos concorrentes, o que, na opinião dele, aumenta as chances de aprovação.

A professora de matemática, Aline Moreira, 31 anos, seguiu a mesma linha. Diz que vai priorizar o estudo da área específica, mas tentar dar atenção especial à “atualidades”. Ela considera a prova difícil, mas diz que vem se preparando “há muito tempo”. “A dificuldade da área de específicas é de nível superior”, afirma.

Além do desafio que será encontrado nas questões, Moreira comenta que a concorrência deve ser outro obstáculo. “É muito concorrido porque vêm professores do interior e de outros estados”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIMENTO
No valor de R$ 1,3 milhão, edital auxilia artistas prejudicados com a pandemia do coronavírus
CORONAVÍRUS
Assembleia mantém atividades suspensas e prorroga prazo até 17 de abril
CORONAVÍRUS
Após primeira morte em MS, secretário reforça: "Fique em casa"
POLÍTICA
Após ganhar na Justiça e deixar PSL, DEM pode ser destino de Coronel David
COVID-19
Primeira vítima do coronavírus no Estado era fumante e fazia tratamento de saúde há quatro anos
ABASTECIMENTO
Na quarentena, Sanesul alerta para economia de água em MS
CORONAVÍRUS
Para evitar aglomeração, prazo de validade dos medicamentos é ampliado
BRASIL
Informalidade cai, mas atinge 38 milhões de trabalhadores
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
COMER BEM
Casa de Vó: delivery ou pegue e leve

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta