Menu
Busca sexta, 03 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Comitê Nacional de Diversidade Religiosa, por Paiva Netto

07 fevereiro 2013 - 12h54

#####.


Estamos na Semana Mundial da Harmonia Inter-religiosa (1º a 7 de fevereiro), que as Nações Unidas (ONU) promovem desde 2010. Oportunamente, a Nave do Templo da Boa Vontade, o Templo da Paz, em Brasília/DF, abrigou, no dia 22 de janeiro, um Ato Ecumênico promovido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH). A cerimônia celebrou o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa e o Dia Mundial da Religião.

A solenidade também marcou oficialmente a instalação do Comitê Nacional de Diversidade Religiosa, com a assinatura da portaria governamental pelos ilustres ministros de Estado presentes: dr. Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, e dra. Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos (SDH). A convite da SDH, assinaram o documento todos os religiosos que ali compareceram. Pela Religião de Deus, estavam o ministro-pregador Émerson Damásio e meu filho Alziro de Paiva, que me representaram na ocasião solene.

A ministra Maria do Rosário declarou: “O que desejamos para o Brasil, neste ano de 2013, é a coerência, um encontro que há entre o sentimento da presidenta Dilma Rousseff e o sentimento de vocês; o sentimento de um Brasil unido, onde sejamos capazes, sempre, cada vez mais, de assumirmos os desafios de construção da Paz, todos os dias — que significa justiça social (não naturalização da violência) —, de respeito à diversidade e de entendimento amplo do que significam, enfim, direitos humanos”.

Em seu discurso, comentou o ministro Gilberto Carvalho: “Nem preciso dizer da conveniência de estarmos reunidos com esse objetivo, de estimular o diálogo, a Cultura de Paz, justamente num Templo que é destinado para o cultivo da Paz, lugar de acolhida de tantos milhões de pessoas, que vêm em busca da Paz espiritual e da paz do mundo. (...) Em nome da presidenta Dilma, tanto a ministra Maria do Rosário quanto eu estamos aqui exatamente para lhes dizer, para firmar a vontade clara do governo brasileiro de nos incluirmos nessa perspectiva da Cultura de Paz. (...) A nossa palavra, portanto, de gratidão às lideranças religiosas, às lideranças espirituais que estão aqui, representando os seus grupos, é de um convite para que continuemos nessa perspectiva. Como diz muito bem o Irmão Paiva Netto: ‘Religião não rima com intolerância’. (...) Essa iniciativa [o Comitê Nacional de Diversidade Religiosa] contribui para esse diálogo, para a construção dessa verdade múltipla que vai chegar a Deus e chegar à Paz”.

Na mesma data, extraímos uma lição do depoimento de dona Zulmira Inês Lourena Gomes da Costa, representante do Conselho Nacional das Igrejas Cristãs do Brasil (Conic): a pessoa pode na escola, no ônibus, em qualquer lugar, sentar-se ao lado de outra e conversar. Mas por que, quando falam de suas confissões religiosas, isso serve para separá-las?

Fortaleçamos, portanto, a partir da Religião, o aprendizado do respeito, que deve reger a convivência humana.



José de Paiva Netto — Jornalista, radialista e escritor. paivanetto@lbv.org.br — www.boavontade.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Temperatura despenca quase 15ºC em manhã de tempo fechado
ELEIÇÕES 2020
Fim da janela partidária e mudança de partido
IVINHEMA
Traficante é preso com 267 quilos de maconha após perseguição
REGIÃO
Detran/MS prorroga prazo de licenciamento que venceria em abril
CORONAVÍRUS
Brasil tem agora 327 mortes e mais de 8 mil casos confirmados da Covid-19
Educação
A internet sem “vírus”
CHAPADÃO DO SUL
Jovem é resgatado inconsciente após ser arremessado de veículo em capotamento
SAÚDE
Especialistas enfatizam a importância da limpar superfícies
CAPITAL
Adolescente de 14 anos dá à luz em banheiro de UPA
HUMILDADE
'A gente está se bicando há algum tempo', diz Bolsonaro sobre Mandetta

Mais Lidas

NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
CRIME AMBIENTAL
Pescador é flagrado com barco, motor de popa e petrecho de pesca
COVID-19
Familiares de casal que testou positivo para coronavírus em Dourados são monitorados
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações