Menu
Busca sábado, 31 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
CASA DE PRAIA

Casa na praia ganha elementos naturais e pontos de cor

26 dezembro 2017 - 07h58Por Casa Vogue

Buscando um lugar calmo e com uma vista incrível, um jogador de futebol que mora na Itália com a esposa e o pequeno filho Ian, encontrou uma cobertura de frente para o mar em Florianópolis, Santa Catarina, onde pudesse passar as férias no Brasil.

A família entregou o projeto nas mãos da arquiteta Juliana Pippi, que apesar da dificuldade com a distância e os encontros apenas virtuais com os moradores, percebeu todas as necessidades do casal: um apartamento com cores, integrado, com materiais naturais que remetessem a natureza e que realmente tivesse cara de praia.

Colocando os desejos em prática, Juliana integrou totalmente sala e cozinha, quando o edifício estava ainda em construção. “Como ficou um pilar estrutural entre os dois ambientes, eu resolvi tirar partido dele para criar uma imensa ilha no meio da cozinha. Eles usam muito a bancada para tomar café da manhã", conta a arquiteta.

A cozinha não teve armários aéreos, deixando o ambiente mais leve. No lugar, prateleiras e uma cristaleira camuflada com espelho. Todos os eletrodomésticos foram concentrados na lateral do ambiente, para que não chamassem atenção de quem está na sala.

Para trazer praticidade e facilidade na hora de limpar, toda a parte social recebeu piso vinílico que imita a madeira, trazendo o clima de natureza. Além disso, uma tora de madeira como mesa de centro, o tapete tie-dye com tingimento de pigmentos naturais, o painel da TV feito com mosaico de casca de coco, cortinas de linho puro e a palha natural das cadeiras garantiram o clima de praia do imóvel.

A decoração com base neutra, nos tons cinza e bege, prepara os ambientes para as cores vibrantes dos móveis, além de criar um clima despojado e alegre.

Para que o casal ganhasse um closet espaçoso, dois quartos e um banheiro foram desfeitos. A suíte ganhou a possibilidade de ser totalmente integrada ao banheiro, pois os dois ambientes são separados apenas por grandes portas deslizantes.

No quarto do filho, Juliana colocou grandes gavetas embaixo da cama que servem para guardar brinquedos e ficam ao alcance do pequeno. A base do ambiente foi feita em azul, cor preferida de Ian. Por ser um apartamento de praia, ele não precisa de bancada para estudar, no entanto, uma mesinha de apoio foi posicionada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Primeira Seção admite renúncia a valores para demandar em juizado especial federal e evitar fila de precatórios
REGIÃO
PM recupera bicicletas e motos furtadas em aldeia
ESTADO
Interior de MS volta a receber carreta da Justiça no próximo dia 5
STF
Ministro suspende penhora de verbas públicas para satisfação de crédito de terceiro
ESTADO
Pescadores são flagrados e presos com 30 redes, petrechos e 20 kg de pescado
TRANSTORNOS
Pesquisa revela aumento da ansiedade entre brasileiros na pandemia
DOURADOS
Antevéspera de Dia de Finados já tem movimento nos cemitérios municipais
BRASIL
Com covid-19, ministro da Saúde segue internado em Brasília
DOURADOS
Outubro teve calorão recorde na primeira quinzena e terminou com tempestade
PANDEMIA
MS tem mais 346 confirmações e quatro mortes por Covid-19

Mais Lidas

JÚRI
Assassinos de jovem após "tribunal do crime" em Dourados são condenados
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Homem suspeito de estuprar criança que saiu para comprar doce é colocado em liberdade
AVENIDA PRESIDENTE VARGAS
Titan com quase R$ 400 mil em multas é apreendida em Dourados