Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Campanha da Fraternidade 2013: Tempo de conversão, por Madson Valente

25 fevereiro 2013 - 14h04

Conforme desde 1964 a comunidade católica, através da CNBB- Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, se propõe colaborar com as grandes discussões sociais , buscando alternativas e apontando soluções para os grandes problemas que afligem a sociedade mundial.

O tema desta vez proposto é “Fraternidade e a Juventude”, cujo objetivo é despertar em cada jovem a motivação para que manifestem interesse em atuar nas causas nobres que a sociedade oferece, tais como, maior engajamento nos movimentos sociais, maior interesse pelas questões políticas, maior comprometimento com suas igrejas, maiores preocupações e manifestações no combate às drogas lícitas e ilícitas.

Devemos enquanto agentes políticos nos dotarmos da coragem e tomar atitudes e nos propormos a discutir com a sociedade as questões que atingem tantos jovens. Para isso devemos nos perguntar: como estão as questões do consumo exagerado de bebidas em nossa cidade? Qual o impacto de sermos cidade universitária? como estão sendo tratadas as questões das drogas pelas forças de segurança ?

Percebe-se que, Dourados e região, infelizmente está dentro de uma média nacional em que os altos índices de acidentes automobilísticos violentos, assassinatos envolvendo jovens de forma prematura no mundo do crime está contribuindo para um grande flagelo social.

E isso provoca uma grande reflexão para tal problemática. Dessa forma imaginamos que as oportunidades do mundo contemporâneo são enormes para nossos jovens comparadas as vidas dos jovens de décadas passadas, pois os relatos de nossos pais, por exemplo, demonstram quantas dificuldades tiveram na vida, muitos deles nunca tiveram sequer uma oportunidade para que pudessem sonhar em construir uma nova perspectiva. Havia imposições cruéis da cultura de educação da época, da omissão dos governantes e da sociedade.

Sabemos muito bem que as universidades absorvem com maior volume os jovens das periferias do que nas décadas passadas. Hoje a comunidade conta com algumas facilidades como transporte gratuito, sistema de cotas, programas de financiamentos para instituições particulares, ensino técnico profissionalizante, merenda escolar, entrega de uniformes completos, programas de qualificação realizados em nossa cidade tal como o QUALIFICA DOURADOS, e ainda há Sesi, Senai e outras instituições cujo foco são os jovens.

No entanto, ficam as indagações: Será que não são os jovens que estão se omitindo para responsabilidade de suas vidas? O estado e a sociedade estão se omitindo?

São questões complexas que merecem ser debatidas. É preciso que todos assumam esta responsabilidade e que se estabeleçam alternativas para evitar que tantos jovens, de forma tão prematura, comprometam seu futuro fazendo tantas famílias padecerem.

Refletir e se converter são ações necessárias para evitarmos que os nossos jovens continuem sendo vítimas do modelo cultural imposto pelo homem e assim experimentarmos um dos grandes dons que Deus nos concedeu que é a capacidade de fazermos diferença em prol do seu reino.

Que nos sintamos motivados para estes desafios.


Madson Valente é Vereador-DEM, geógrafo, professor, funcionário da Sanesul e membro da comunidade Senhor Bom Jesus de V.Vargas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Homem é preso ao tentar furtar 1,4 quilo de picanha de mercado
SAÚDE
Mariano, da dupla com Munhoz, é diagnosticado com o novo coronavírus
CORONAVÍRUS
OAB nacional adia publicação dos próximos editais de exame de ordem
POLÍTICA
Governo vai cruzar dados para o pagamento do auxílio de R$ 600
UEMS
Universidade da Melhor Idade suspende aulas por tempo indeterminado
LIVE
Governo de MS amplia benefício a carentes e orienta sobre cuidados em casa
VIOLAÇÃO DE REGRAS
Facebook e Instagram apagam vídeo que mostra passeio de Bolsonaro
CARACOL
Homem tenta matar esposa e esfaqueia homem que a protegia
PROTESTO
Cidades brasileiras registram panelaço contra Bolsonaro pelo 14º dia seguido
REGIÃO
Judiciário de MS destina mais de R$ 570 mil no combate à COVID-19

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta