Menu
Busca segunda, 25 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
DECORAÇÃO

Veja como escolher o melhor tipo de pedra na decoração

10 novembro 2015 - 15h34

Quem está passando por uma reforma ou construção sabe que no meio do caminho começa a surgir uma série de dúvidas. Qual material escolher para o revestimento do piso e para as bancadas da cozinha e do banheiro? O que é melhor: seguir a tradição no uso de pedras naturais ou investir na tecnologia dos compostos (superfícies sólidas fabricadas a partir de partículas de pedras e aditivos sintéticos)? “As rochas naturais mais conhecidas são o mármore e o granito. Mas as duas têm restrições, seja pelo alto nível de porosidade do mármore, seja pela superfície pouco homogênea do granito. Essas questões abriram espaço para as “pedras artificiais”, também conhecidas como compostos”, afirma Gabriel Diament, diretor de marketing da Amazonas Jaguaré, distribuidora de Caesarstone em São Paulo. Entram nesse time o Corian®, o Silestone®, o Nanoglass e o Dekton®. “Os compostos são ótimas opções, porque possibilitam fugir do lugar-comum. Além de serem duráveis e superresistentes, eles são vendidos em diversas opções de cores e texturas”, acrescenta a arquiteta Fabiana Avanzi.

Qualidades e defeitos das pedras naturais e artificiais

Tanto as pedras quanto as superfícies sólidas têm qualidades e defeitos. É preciso levar em conta as características do local antes de definir qual modelo se encaixa melhor em seu projeto. “Para quem quer uma bancada branca, por exemplo, nada se compara ao Nanoglass em termos de beleza e acabamento estético. Mas é um material difícil de ser trabalhado, porque não aceita acabamento. O Corian® também é uma ótima opção, pois permite esculpir qualquer formato e não apresenta emendas”, afirma o arquiteto Flávio Inserra, do escritório Cenaset. Além da composição e das características de cada material, vale atentar para o fato de que, às vezes, um simples corte diferente pode dar uma nova cara ao revestimento. Por isso, incluímos na nossa lista de sugestões as pedras mineiras, os seixos telados, as pedras vulcânicas e a ardósia.

CAESARSTONE
O que é | Superfície sólida composta de pó de quartzo, polímeros e pigmentos.
Indicação | Preferencialmente para ambientes internos, em pisos, revestimentos de parede, soleiras, bancadas, frontões, mesas, prateleiras, painéis verticais, móveis e balcões.
Vantagens | Disponível em 48 cores com diferentes opções de acabamento. O fabricante oferece dez anos de garantia. Tem baixíssima absorção de líquidos e alta resistência a desgastes, riscos e impactos.
Desvantagens | Por ter resina em sua composição, deve-se evitar seu uso em áreas externas, pois a exposição a raios UV pode alterar a cor do material. Evite também o contato de panelas ou recipientes quentes com sua superfície.
Valor* | A partir de R$ 800 o m².

CORIAN®
O que é | Superfície sólida composta por minerais naturais derivados da bauxita, resina acrílica para unir as partículas e pigmentos especiais.
Indicação | Pode ser aplicado em áreas internas e externas, revestindo pisos, bancadas, paredes, tampos, frontões, fachadas e na criação de móveis.
Vantagens | Tem baixíssima absorção de líquidos e alta resistência a desgastes, riscos e impactos. É encontrado em 27 cores, e as emendas das placas são praticamente imperceptíveis.
Desvantagens | Por ter resina em sua composição, apresenta problemas com o calor em excesso. “Apoiar panelas quentes com frequência pode afetar o brilho ou amarelar. Mas, se isso acontecer, é possível recuperá-lo com facilidade”, afirma Leandro Rosa, gerente de negócios na América Latina da DuPont Building Innovations, marca que criou o material.
Valor | De R$ 2.100 a R$ 2.800 o m².

LIMESTONE
O que é | Rocha natural formada por grãos de calcário.
Indicação | Preferencialmente para ambientes internos, como em pisos, revestimentos de parede, soleiras, bancadas, frontões, mesas e balcões.
Vantagens | É um material nobre, que não absorve calor, tem elevada durabilidade e aspecto homogêneo.
Desvantagens | Tem baixa resistência a impactos e alto grau de absorção de líquidos. Por isso, não é recomendado para áreas úmidas de cozinhas e banheiros. Para melhor aproveitamento, é indicado selar a pedra com a aplicação de produtos hidrofugantes.
Valor | De R$ 1.600 a R$ 2.800 o m².

GRANITO
O que é | Rocha natural composta essencialmente de quartzo, mica e feldspato.
Indicação | Pode ser aplicado em ambientes internos e externos, revestindo pisos, paredes, tampos, frontões e bancadas.
Vantagens| Tem baixo índice de porosidade e demonstra alta resistência a desgastes, riscos e impactos. É uma ótima opção, considerando qualidade e custo-benefício.
Desvantagens | As cores mais claras tendem a ser mais porosas. Assim, se a limpeza não for diária, a pedra vai manchar mais facilmente. Não tem tonalidade homogênea, já que apresenta aparência granulada, com pontos pretos em sua composição.
Valor | De R$ 430 a R$ 1.100 o m².

MÁRMORE
O que é | Rocha natural originada de calcário exposto a altas temperaturas e pressão.
Indicação | Preferencialmente em áreas internas, como bancadas de banheiro, revestimento de paredes, frontões e pisos.
Vantagens | Tem aparência mais homogênea que o granito, com veios expostos, e pode ser encontrado em muitas variações de cores e texturas.
Desvantagens | Quando usado em áreas externas, pode apresentar alterações de cor, porque o material sofre com a ação do tempo, dos raios solares e da poluição. Também não é indicado em áreas de tráfego intenso, pois desgasta-se mais facilmente, nem em bancadas de cozinha, por ter índice de porosidade elevado.
Valor | De R$ 480 a R$ 1.200 o m².

DEKTON®
O que é | Mistura das matérias-primas utilizadas para fabricar vidro, porcelana e superfícies de quartzo.
Indicação | Pode ser aplicado em áreas internas ou externas, em pisos, paredes, bancadas, móveis, fachadas, calçadas, garagens, móveis e até como revestimento de piscinas.
Vantagens | Diferentemente das outras superfícies sólidas, não utiliza resina em sua composição. Por isso, pode ser empregado em áreas externas e é bastante resistente a temperaturas altas. Tem baixíssima absorção de líquidos e alta resistência a desgastes, riscos, impactos e temperaturas altas. Disponível em 15 cores e diferentes acabamentos. O fabricante oferece dez anos de garantia.
Desvantagens | Por ser um produto novo, o preço é um pouco mais elevado que o dos demais.
Valor | A partir de R$ 2.500 o m².

NANOGLASS
O que é | Superfície sólida fabricada a partir de um composto de cristais de vidro
e pó de mármore.
Indicado | Pode ser aplicado em ambientes internos e externos, revestindo pisos, paredes, tampos e bancadas.
Vantagens | Tem baixa absorção de líquidos, aparência homogênea e alta resistência a desgastes, riscos e impactos. É a evolução de outro composto: graças à nanotecnologia, foi possível eliminar as bolhas de ar que se formam na fabricação do Marmoglass.
Desvantagens | Não suporta temperaturas altas, ou seja, nada de colocar a panela em cima da bancada, por exemplo, pois ele pode manchar ou até rachar. Por ser uma superfície muito rígida, pode trincar quando não polido. Disponível somente na cor branca.
Valor | De R$ 900 a R$ 1.500 o m².

SEIXOS TELADOS
O que é | Rocha natural sedimentar.
Indicado | Pode ser aplicado em áreas internas e externas, principalmente em paredes, pisos, fachadas e áreas molhadas.
Vantagens | É comercializado em placas no tamanho de 30 x 30 cm, o que facilita a aplicação. Sua textura é valorizada quando colocado em banheiros. Disponível em quatro cores.
Desvantagens | As placas podem conter exemplares com tamanhos e cores diferentes. Para
conservá-los, é preciso aplicar resina fosca ou brilhante de tempos em tempos.
Valor | De R$ 220 a R$ 270 m².

SILESTONE®
O que é | Superfície sólida composta por quartzo natural (mais de 90%), resina de poliéster para conectar as partículas e pigmentos especiais.
Indicado | Sempre em ambientes internos, revestindo pisos, paredes, tampos, móveis, frontões e bancadas.
Vantagens| Apresenta baixíssima absorção de líquidos e alta resistência a desgastes, riscos e impactos. “O Silestone® tem propriedade antibacteriana à base de íons de prata que inibe a reprodução de bactérias. É super-higiênico”, afirma Marcos Pereira.
Desvantagens | Por ter resina em sua composição, deve-se evitar o uso em áreas externas, pois a exposição a raios UV pode alterar a cor do material. Evite também o contato de panelas ou recipientes quentes sobre a superfície.
Valor | De R$ 1.500 a R$ 2.800 o m².

A piscina projetada pelo paisagista Gilberto Elkis tem interior revestido de pedra Hijau, da Palimanan. Na parte externa, pedras Hitam (Foto: Célia Weiss/Editora Globo)

PEDRAS VULCÂNICAS
O que é | Rocha natural de origem vulcânica. Os modelos Hijau e Hitam são extraídos de forma artesanal, uma a uma. A primeira é composta por mais de 80% de quartzo. Já a segunda é feita de lava recente.
Indicado | Podem ser aplicadas em áreas internas ou externas, em pisos, paredes, fachadas, calçadas, garagens e como revestimento de piscinas.
Vantagens | Quando usadas em piscinas e espelhos d’água, dão um colorido intenso e bonito.
Desvantagens | O modelo Hitam, por ser menos resistente, não é uma boa opção para piso em locais com alto tráfego. Ele também é mais poroso.
Valor | De R$ 190 a R$ 250 m².

*Os preços desta reportagem foram pesquisados em junho de 2015 e sujeitos a variação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil tem quase 30 mil novos casos de hanseníase por ano
SAÚDE
Brasil tem quase 30 mil novos casos de hanseníase por ano
Suspeito de tráfico de drogas e corrupção de menores é preso
REGIÃO
Suspeito de tráfico de drogas e corrupção de menores é preso
Prefeitura doa terreno para construção de unidade do Lar Ebenezer
DOURADOS 
Prefeitura doa terreno para construção de unidade do Lar Ebenezer
CORONAVÍRUS
Governo do Estado pede que população mantenha cuidados para evitar contágio
Após consenso, Felipão antecipa saída do Cruzeiro
FUTEBOL
Após consenso, Felipão antecipa saída do Cruzeiro
CASSILÂNDIA
Homem nota furto de moto quando polícia já havia recuperado veículo
55 ÓBITOS
Marcado pelo início da imunização, janeiro é mês mais letal da Covid em Dourados
DOURADOS
Legislativo articula frente parlamentar para apoiar prefeitura sobre salário atrasados
ALTA DE 5,8%
Exportação industrial de MS fecha 2020 com receita de US$ 3,79 bilhões
REGIÃO
Homem leva multa de quase R$ 20 mil por transportar produtos contrabandeados

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Vídeo mostra momento exato de acidente com vítima fatal em Dourados
DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
TRAGÉDIA
Segundo acidente de trânsito com vítima fatal é registrado em Dourados
DOURADOS
Motociclista que morreu após colisão em cruzamento invadiu via preferencial