Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ARQUITETURA & DESING

Tipos de lâmpadas: veja quais são, como escolher e outras dicas essenciais

04 agosto 2021 - 06h00Por Decorfacil

Lâmpadas são todas iguais: verdadeiro ou falso? Falso, muito falso! Existem dezenas de tipos de lâmpadas diferentes disponíveis nas prateleiras prontinhas para serem levadas para casa.

Por isso, saber escolhê-las corretamente é parte fundamental de um bom projeto decorativo, indo desde a função estética até o conforto e a funcionalidade dos ambientes.

Bora então descobrir quais os tipos de lâmpadas disponíveis no mercado e como escolher o modelo certo para sua casa.

Como escolher lâmpadas corretamente  

Potência x watts

Algo que sempre confunde o consumidor na hora de comprar uma lâmpada é conseguir determinar qual a quantidade de watts ideal.

Primeiro é importante esclarecer que a quantidade de watts não tem nada a ver com nível de luminosidade, mas com o quanto de energia elétrica a lâmpada consome.

Ou seja, uma lâmpada com maior numero de watts não significa que ela clareia mais, indica apenas que ela consome mais energia.

Nesse sentido, as lâmpadas de LED são as mais indicadas já que elas conseguem unir um baixo consumo com alta luminosidade, ao contrário de uma lâmpada incandescente que consome muito e clareia pouco.

Para exemplificar, uma lâmpada de LED de 10W ilumina a mesma coisa que uma lâmpada incandescente de 100W, mas com a diferença de que a versão incandescente consome 10 vezes mais energia elétrica.

E como saber o quanto uma lâmpada ilumina? Vamos descobrir isso a seguir.

Lumens

Os lumens ou lux são o indicativo de luminosidade de uma lâmpada. Ou seja, é isso que você precisa observar para saber qual a capacidade luminosa de uma lâmpada. De modo geral, quanto mais lumens, mais luz está sendo emitida.

As lâmpadas incandescentes e fluorescentes, por exemplo, tendem a ter uma quantidade menor de lumens e maior de Watts. Isso significa que elas iluminam menos e consomem mais energia.

Já as LED, as mais modernas atualmente, são as que possuem o melhor custo beneficio. Elas possuem uma quantidade maior de lumens com o mesmo consumo de Watts.

Tipos de lâmpadas: veja quais são, como escolher e outras dicas essenciais

por  - atualizado em: 3 de agosto de 2021

Lâmpadas são todas iguais: verdadeiro ou falso? Falso, muito falso! Existem dezenas de tipos de lâmpadas diferentes disponíveis nas prateleiras prontinhas para serem levadas para casa.

Por isso, saber escolhê-las corretamente é parte fundamental de um bom projeto decorativo, indo desde a função estética até o conforto e a funcionalidade dos ambientes.

Bora então descobrir quais os tipos de lâmpadas disponíveis no mercado e como escolher o modelo certo para sua casa.

Como escolher lâmpadas corretamente

Potência x watts

Algo que sempre confunde o consumidor na hora de comprar uma lâmpada é conseguir determinar qual a quantidade de watts ideal.

Primeiro é importante esclarecer que a quantidade de watts não tem nada a ver com nível de luminosidade, mas com o quanto de energia elétrica a lâmpada consome.

Ou seja, uma lâmpada com maior numero de watts não significa que ela clareia mais, indica apenas que ela consome mais energia.

Nesse sentido, as lâmpadas de LED são as mais indicadas já que elas conseguem unir um baixo consumo com alta luminosidade, ao contrário de uma lâmpada incandescente que consome muito e clareia pouco.

Para exemplificar, uma lâmpada de LED de 10W ilumina a mesma coisa que uma lâmpada incandescente de 100W, mas com a diferença de que a versão incandescente consome 10 vezes mais energia elétrica.

E como saber o quanto uma lâmpada ilumina? Vamos descobrir isso a seguir.

Lumens

Os lumens ou lux são o indicativo de luminosidade de uma lâmpada. Ou seja, é isso que você precisa observar para saber qual a capacidade luminosa de uma lâmpada. De modo geral, quanto mais lumens, mais luz está sendo emitida.

As lâmpadas incandescentes e fluorescentes, por exemplo, tendem a ter uma quantidade menor de lumens e maior de Watts. Isso significa que elas iluminam menos e consomem mais energia.

Já as LED, as mais modernas atualmente, são as que possuem o melhor custo beneficio. Elas possuem uma quantidade maior de lumens com o mesmo consumo de Watts.

Exemplificando: uma lâmpada incandescente de 100 lumens consome 10W, enquanto uma lâmpada LED de 1000 lumens consome a mesma quantidade de Watts, ou seja, 10W.

Por isso, na hora de comprar uma lâmpada observe a relação entre Watts e lumens.

Cor e temperatura

Outra característica importante das lâmpadas é a cor e as faixas de temperatura. Para ambientes residenciais, o ideal é optar por lâmpadas dentro de uma faixa quente de temperatura, ou, se preferir, lâmpadas amarelas ou brancas quentes.

Elas são mais aconchegantes e confortáveis, ideais para relaxar e descansar. Por isso mesmo acabam sendo muito utilizadas em ambientes como quartos e salas.

Em ambientes residenciais de realização de tarefas, como banheiros, área de serviço e cozinha, assim como espaços comerciais, a faixa de temperatura deve ser neutra, o que equivale a lâmpadas brancas amareladas ou levemente azuladas.

As lâmpadas frias, conhecidas também como branca azuladas, devem ser usadas preferencialmente em locais de realização de tarefas que exigem muita atenção. O uso desse tipo de lâmpada é quase sempre restrito a indústrias.

Lâmpadas x ambientes 

Sala de estar

A sala de estar é um ambiente de repouso e relaxamento, mas também de convívio social e até mesmo de execução de atividades, já que hoje em dia é natural que esse espaço da casa seja utilizado como home office também.

Por isso, a iluminação da sala deve ser diversificada capaz de atender aos mais variados momentos e necessidades.

A luz amarelada e quente é ideal para recepcionar visitas, relaxar e assistir TV. Elas podem vir de spots embutidos no teto ou de trilhos de luz.

Já a luz branca amarelada favorece a concentração e pode ser utilizada de modo direto sobre os locais que se deseja iluminar, como a mesa de trabalho ou uma poltrona de leitura.

Inclusive, vale citar que as lâmpadas para sala de estar devem somar uma quantidade mínima de lumens, de acordo com o tamanho do ambiente.

Via de regra, a média recomendada de lúmens para salas de estar e jantar é de 100 a 200 por metro quadrado. Uma sala de 20 metros quadrados, por exemplo, vai precisar de, no mínimo, 2000 lumens para uma iluminação eficiente.

Quartos

Os quartos, assim como a sala, também são ambientes de relaxamento, mas com um diferencial significativo: eles foram feitos para dormir.

Portanto, a iluminação precisa ser suave e sutil para garantir uma boa noite de sono.

Novamente, a luz amarela quente é a melhor opção. A luz branca amarelada funciona apenas para lâmpadas de apoio que servem para uma iluminação direta sobre mesas de cabeceira ou escrivaninhas, por exemplo.

A quantidade ideal de lumens para o quarto também varia entre 100 a 200.

Cozinha

A cozinha é um ambiente funcional, mas também receptivo, especialmente em casas com integração.

Por isso, o ideal é que as lâmpadas da cozinha possam atender espaços específicos e pontuais. Um exemplo é instalar luminárias com lâmpadas branco amareladas diretamente sobre o balcão de preparo das refeições, já que nessa área é preciso concentração para a execução das tarefas.

Já a bancada que faz a integração com a sala pode se beneficiar de uma luz amarelada suave para promover um clima acolhedor e convidativo.

Para a cozinha a quantidade recomendada de lumens por metro quadrado varia entre 200 a 500.

Banheiros

O banheiro é um ambiente da casa que precisa de uma ótima iluminação, especialmente para a realização de atividades de cuidados pessoais, como arrumar o cabelo, fazer a barba ou a maquiagem.

Para isso, a dica é utilizar lâmpadas de LED com faixa de temperatura neutra, entre o branco e o branco azulado.

Essa luz favorece a execução de tarefas, não altera a cor da pele e não gera sombras.

O melhor lugar para colocar essas lâmpadas é ao lado do espelho a partir de pendentes ou luminárias de teto.

Mas é claro que você também pode deixar esse ambiente da casa mais acolhedor para aquele momento relax no banho. Para isso, invista também em spots de luz amarelada nas laterais do banheiro, especialmente na área do box.

Para uma boa iluminação no banheiro, o recomendo é utilizar entre 200 a 300 lúmens.

Corredor

O corredor da casa precisa de uma lâmpada de luz suave apenas para indicar e guiar o caminho durante a noite.

Para isso, uma lâmpada amarelada já é mais do que suficiente. Ela pode ser instalada em trilhos no teto ou em arandelas na parede, o que também é muito charmoso.

A quantidade de lúmens indicada para o corredor é entre 75 e 100.

Tipos de lâmpadas

Veja a seguir quais são os tipos de lâmpadas mais utilizadas hoje em dia e veja qual delas melhor atende ao seu projeto e a sua casa:

Lâmpada incandescente 

As lâmpadas incandescentes, as mais antigas da história, estão proibidas no Brasil desde 2016.

O modelo foi proibido por seu alto consumo energético e pela baixa luminosidade. Ou seja, muito pra pouco. Outra grande desvantagem das lâmpadas incandescentes era o mercúrio utilizado na sua fabricação, o que a tornava um sério problema quando descartada no lixo comum. 

As lâmpadas incandescentes eram utilizadas para tudo, desde iluminação geral no teto até para o uso interno em fogões e geladeiras.

Lâmpada fluorescente 

Com a proibição das lâmpadas incandescentes quem se popularizou foram as lâmpadas fluorescentes. Mais eficientes do ponto de vista energético, elas também são mais duráveis.

As lâmpadas fluorescentes podem ser encontradas em dois tipos: tubular e compacta (reta ou espiral).

Existem lâmpadas fluorescentes em diferentes faixas de cores, indo desde as amarelas, semelhantes às incandescentes até as brancas azuladas.

Isso sem contar que as lâmpadas fluorescentes também podem ser encontradas em modelos coloridos, em cores que vão do vermelho, ao verde, passando pelo azul.

Esse tipo de lâmpada é amplamente utilizada na iluminação doméstica, atendendo muito bem os mais variados ambientes.

As lâmpadas fluorescentes possuem uma vida útil de até 5 mil horas, bem diferente das incandescentes que duravam, no máximo, 700 horas.

Lâmpada LED 

As queridinhas do momento são as lâmpadas de LED. E é fácil entender o porquê. Essas lâmpadas possuem o melhor custo beneficio do mercado, com alta capacidade de iluminação ao mesmo tempo em que possui o menor índice de consumo energético.

Ou seja, elas são super eficientes, consomem muito menos energia e ainda possuem uma longa vida útil, podendo durar por até 50 mil horas.

As lâmpadas de LED podem ser usadas em qualquer tipo de projeto, comercial ou residencial, isso graças os vários modelos, cores e formatos com que elas são encontradas no mercado.

Os modelos em LED mais comuns são aqueles com faixas de temperatura entre o amarelo quente e o branco frio. Mas ainda é possível encontrar lâmpadas de LED em cores variadas e em diversos formatos, como fitas, spots, dicroicas, plaffons, tubular, filamento e no clássico formato de bulbo.

As lâmpadas de LED ainda possuem a vantagem de não aquecerem, sendo, por isso, ainda mais segura.

Lâmpada Neon 

Outra lâmpada que você pode escolher é a do tipo Neon. Com apelo mais decorativo do que funcional, as lâmpadas de Neon possuem cores chamativas e brilhantes que valorizam decoração modernas e divertidas.

O lado não tão legal das lâmpadas de neon é o ruído emitido no tubo do reator e o fato delas possuírem uma vida útil bem curta.

Pronto para escolher o tipo de lâmpada certo para sua casa?

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia investiga se candidato foi morto por ouvir polca de Partido
PARAGUAI
Polícia investiga se candidato foi morto por ouvir polca de Partido
IMUNIZAÇÃO
Cabe a estados decidir vacinação de adolescentes, diz Lewandowski
Motorista fica em estado grave após colidir carro em árvore na MS-162
Motorista fica em estado grave após colidir carro em árvore na MS-162
ONLINE
Sebrae e Fundect abrem inscrições para acesso a mercados de inovação
VIOLÊNCIA
Preso em tiroteio que matou sequestrador tem mais de 45 passagens
BRASIL
Senado aprova PEC que flexibiliza gastos na educação em 2020 e 2021
COMITIVA
Queiroga é diagnosticado com Covid-19 e ficará em quarentena em NY
JUDICIÁRIO
Moraes mantém ordem de prisão contra o caminhoneiro Zé Trovão
TRÁFICO
Polícia encontra 7 crianças, ao 'estourar' centro de distribuição de drogas
EMPREGO
Funai é autorizada a abrir concurso com 776 vagas temporárias

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
DOURADOS
Vizinhos sentem mau cheiro e idoso é encontrado morto no Novo Horizonte
SITIOCA CAMPINA VERDE
Caseiro é assassinado com golpe de faca em Dourados