Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905
Agronegócio

Como o GPS pode melhorar a produtividade do agronegócio

04 maio 2020 - 06h00Por Summit Agro

O Sistema de Posicionamento Global (GPS — Global Positioning System) está mudando a maneira como o agronegócio vê a terra da qual obtém seus lucros. Essa tecnologia permite ao produtor coletar informações geoespaciais precisas e em tempo real sobre o solo, as plantas, as pragas, os animais e equipamentos. Esses dados tornam o gerenciamento da produção agrícola mais eficiente.

Quando aplicado em associação com outras tecnologias no meio rural, o GPS propicia a utilização de técnicas de agricultura de precisão para obter dados relativos a irrigação, propriedades físicas do solo, necessidade de aplicação de defensivos e localização de insumos — com isso, diminuindo custos e aumentando a produtividade.

Benefícios do GPS no agronegócio

No passado, era difícil para os agricultores utilizarem técnicas de produção baseadas em dados diversos sobre a terra e a plantação. Isso limitou a capacidade de desenvolver estratégias mais eficazes de tratamento de solo e plantas, que poderiam melhorar a produção e diminuir desperdícios.

Hoje, é possível uma aplicação mais precisa de pesticidas, herbicidas e fertilizantes, além de um melhor controle na dispersão desses produtos químicos por meio da agricultura de precisão. Utilizando o GPS, é possível produzir com um rendimento maior e criar uma fazenda mais ecológica.

O uso desse sistema de posicionamento na agricultura possibilita a medição de áreas e o mapeamento completo da produção agrícola. A precisão do GPS facilita a navegação por locais específicos da propriedade, pois permite aos produtores que criem mapas do terreno de cultivo — com medidas de cada área, a localização das estradas e as distâncias entre locais de interesse.

As informações coletadas podem também ajudar no uso correto da água e da terra. Além disso, o GPS possibilita verificar amostragem do solo, planejar o plantio e inspecionar a colheita quando associado a outras ferramentas.

O sistema de localização pode direcionar equipamentos como o trator (inclusive de forma remota) e viabilizar operações em condições de baixa visibilidade, como chuva, poeira, neblina e escuridão.

Os aparelhos de GPS podem ajudar a identificar áreas problemáticas de pragas nas lavouras para futuras decisões de manejo e recomendações de insumos. As aeronaves de pulverização, por exemplo, podem usar esses dados para aplicar produtos químicos em faixas precisas, dispensando os “sinalizadores” humanos e minimizando a quantidade de produtos químicos necessários.

Fonte: summitagro.estadao.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Jovem morre no Hospital da Vida 19 dias após acidente de moto
DOURADOS
Motorista fica ferido após colisão entre carros na Oliveira Marques
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões neste sábado
FRIO
Dourados tem 11º dia com temperatura abaixo de 10 graus em maio
DELITO
Celso de Mello envia à PGR comunicação de crime contra Eduardo Bolsonaro
ATÉ ÀS 12 HORAS
Caixa abre três agências neste sábado em Dourados para saque de auxílio
MUNDO NOVO
Homem é preso com 317 quilos de maconha que iriam para Santa Catarina
TEMPO
Sábado de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
ALCINÓPOLIS
Pai recebe vídeo de bebê sendo forçado a beber pimenta e denuncia
INFLUENZA
Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 30 de junho

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown