Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS NEWS PERGUNTA

Como será tratada a questão da mobilidade urbana caso seja eleito?

24 outubro 2020 - 07h15

Racib Harb (Republicanos) - Hoje temos na nossa chapa a vice Dilvânia Todescato, instrutora de trânsito há 25 anos. Ela será a chefe da Agetran, que junto do setor de Planejamento e Obras Públicas fará estudos técnicos e bem elaborados para tornar a nossa cidade mais segura. O primeiro passo é contar com apoio de engenheiros de tráfego e trânsito. Profissionais com habilitação para avaliar e estruturar medidas importantes para a mobilidade. Depois, faremos também campanhas e ações desde as crianças até o condutores sobre práticas seguras. Não basta mexer na rua, é preciso mudar a mentalidade do douradense. Queremos ter perto categorias que sofrem com a violência no trânsito, a exemplo dos moto entregadores. Faremos convênio com Governo do Estado e União para viabilidade de recursos e terminar nossa gestão tendo Dourados como um modelo em mobilidade e segurança nas ruas.

 

 

 



Wilson Matos (PTB) - A primeira medida entendo que deve ser uma reestruturação do sistema de transporte público, dando sequência e aprimorando o “Plano Marccchioro”, elaborado com recursos públicos por uma empresa. Seia jogar dinheiro público fora, ferindo o princípio da economicidade, ignorar esse Plano. O que precisamos é fazer eventuais adaptações, como mais transbordos regionais, mais linhas expressas. O transporte público precisa ser confortável e não um tormento para o trabalhador. O sistema de semáforos precisa ser reorganizado, Por fim, não teremos como não adotar “mãos únicas” em determinadas vias para que haja fluidez no tráfego.

 

 

 

 

 



Alan Guedes (PP) - Cidades modernas priorizam o transporte coletivo, que deve ser eficiente e de qualidade. Aqui em Dourados há um projeto de reestruturação do transporte coletivo que eu acompanhei a formatação na gestão anterior e que foi parcialmente implementado. É um projeto interessante com a criação de novos terminais, novas rotas, saindo do sistema troncal para o sistema radial de transporte coletivo. Aliado à isso é importante também oferecer alternativas para ciclistas e outros meios de transportes individuais limpos, como patinetes elétricos. Além disso precisamos de novas alternativas de vias, nós temos um número alto de veículos com praticamente as mesmas ruas da década de 80 e investir em educação no trânsito e melhor sinalização urbana.

 

 



Barbosinha (DEM) - Entre outras ações, vamos investir em primeiro lugar na educação do trânsito, com campanhas em escolas e em outros núcleos da comunidade. Na sequência, reorganizar a sinalização nas vias, implantação e readequação de semáforos, implantar mais câmeras de segurança, ciclovias e ciclofaixas. Vamos criar também, corredores exclusivos para o transporte urbano e, colocar em ação um plano estratégico para universalizar e recuperar a qualidade da pavimentação asfáltica. Com isso o usuário, de forma geral, terá mais segurança ao utilizar as ruas e avenidas.

 

 

 


Jeferson Bezerra (PMN) - Da mesma forma que em outros setores quero o envolvimento das pessoas, nessa área espero no bom senso dos empresários do setor a solução do problema. Essa concessão do serviço público é uma coisa que exigirei que seja atendida com qualidade. Como político humilde eu sei das dificuldades que é andar de ônibus apertado, usar o SUS para atendimento dos seus familiares e tudo mais. Chega de mamata. O empresário do setor terá que mostrar a que veio senão encontraremos quem queira tratar com seriedade e respeito esse serviço.

 

 

 

 

 

 



João Carlos (PT) - As cidades do porte de Dourados enfrentam, já faz algum tempo, problemas relacionados à mobilidade urbana. É visível que Dourados intensificou as taxas de
motorização no trânsito, sem um ordenamento urbano adequado e planejamento estratégico das vias públicas. Em nossa gestão, desenvolveremos o conceito de mobilidade humana, onde as pessoas serão o sujeito principal, e não os automóveis. Defendemos resgatar o caráter público do sistema de transporte, como um direito humano fundamental, garantindo serviço de qualidade por um preço justo. Aperfeiçoaremos a educação para o trânsito. Favoreceremos modos alternativos e não motorizados de transportes, além de valorizar a segurança de deslocamento por parte dos pedestres.

 

 

 

 



Mauro Thronicke (PSL) - Vamos trabalhar um programa de mobilidade urbana completo, com a perspectiva de engenharia de tráfego para a construção de ciclovias por toda Dourados. Também vamos trabalhar na melhoria do transporte público, pensando na qualidade de vida da população.  

 

 

 

 

 

 

 


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REAJUSTE
Petrobras anuncia aumenta em 5% valor de gás de cozinha
PROVAS
Edital convoca para divulgação das notas do Concurso da Magistratura
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
BRASIL
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
Homem morre e duas pessoas ficam feridas em colisão de veículos
MS-156
Homem morre e duas pessoas ficam feridas em colisão de veículos
Happy Hour Feito à Mão: "A inauguração foi um sucesso", diz Daniele Lemos
COMER BEM
Happy Hour Feito à Mão: "A inauguração foi um sucesso", diz Daniele Lemos
TEMPO
Sexta-feira nublada, ainda com possibilidade de chuva em Dourados
JUSTIÇA
Suspeito de matar ex-cunhado tem prisão convertida em preventiva
CONGRESSO
Disputa pela presidência da Câmara paralisou reforma tributária, diz Guedes
FUTEBOL
Escalação irregular de atleta deve eliminar o Operário do Estadual 2020
BRASIL
Câmara aprova programa que substitui Minha Casa Minha Vida

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
DOURADOS
Corpo encontrado na pedreira é de homem desaparecido há quatro dias