Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Workshop aborda cultura do algodão hoje em Dourados

14 setembro 2004 - 07h58

Foi exatamente para discutir a cultura do algodão em Mato Grosso do Sul que a Embrapa Agropecuária Oeste, a Secretaria de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur), e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect), estão realizando a partir das 7h30 de hoje, na Embrapa Dourados, um workshop enfocado na "Realidade e Desafios da Cultura do Algodoeiro em MS".Embora a cultura do algodão seja relativamente desenvolvida em Mato Grosso do Sul - tecnologicamente o Estado já está bem avançado - alguns pontos ainda precisam ser repensados. Entre eles está uma questão considerada desuma relevância para o setor: a importância da pesquisa para o desenvolvimento da cotonicultura."Precisamos potencializar cada uma das instituições parceiras no campo da pesquisa. Inicialmente estamos pensando em uma rede integrada, onde cada parceiro vai priorizar uma demanda, para disponibilizar informações aos produtores", comenta o coordenador de Agronegócios em Agricultura da Seprotur, Fernando Luiz Nascimento.PRAGASConforme Fernando Nascimento, a prioridade para o desenvolvimento da pesquisa está no fato de, impreterivelmente, se encontrar uma solução para as pragas que, em muitas vezes, acabam por causar grandes prejuízos nas lavouras do Estado. "Um exemplo está no "Bicudo". Há 10 anos eram necessárias 17 aplicações de agrotóxicos para combater essa praga. Hoje, já conseguimos uma plantação relativamente boa com 12 aplicações",acrescenta Nascimento.Ainda segundo Fernando hoje existem em Mato Grosso do Sul dois tipos de produtores: os médios e grandes e a agricultura familiar. "Mais uma vez a pesquisa é importante. Nesse caso falo de uma pesquisa específica. Porexemplo, para a agricultura familiar é necessária uma informação mais relacionada ao manejo do solo, rotação de cultura", completa.Mais informações sobre o workshop pelo telefone (067) 425-5122.PROGRAMAÇÃO7h30 - Inscrições8 horas - Abertura8h15 - Importância da Pesquisa no Desenvolvimento da Cotonicultura em Mato Grosso do SulApresentação: Chefe-Geral da Embrapa Algodão - Robério Ferreira dos Santos9h15 - A cultura do Algodoeiro em Mato Grosso do Sul: Situação Atual e DesafiosApresentação: Presidente da Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampasul)10h15 - Intervalo10h30 - Apresentação das Linhas de Pesquisas Desenvolvidas em MS 12 horas - Almoço14 horas - Elaboração de Propostas de Pesquisa17 horas - Encerramento 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASILÂNDIA
Jovem de 23 anos destrói recepção de hospital durante surto
BRASÍLIA
Secretário Mario Frias é submetido a cateterismo de emergência
TRÊS LAGOAS
Homem que matou cantor a tiros em tabacaria é condenado a 46 anos
BRASIL
Câmara aprova projeto que pode restringir atuação da oposição
Homem contrai dívida de R$ 32 mil ao fazer portabilidade de empréstimo
BENEFÍCIO
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
POLÍCIA
Condutor de lancha envolvida em acidente com morte presta depoimento
EDUCAÇÃO
Metas do Inep para o ano não incluem aplicação do Enem 2021
IVINHEMA
Três dias depois de ser envenenada pela mãe, criança recebe alta
FERIADO
Comarca de Angélica não terá expediente amanhã e sexta-feira

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados