Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
POLITICA

Vereador Raphael Matos quer levar o oftalmologista às escolas

06 outubro 2014 - 10h47

Visando contribuir para a melhora da qualidade de vida, tanto no âmbito escolar como pessoal, de crianças com dificuldade visual que estão matriculadas nas escolas de ensino fundamental da rede municipal de Dourados, o vereador Raphael Matos (PTB) está pleiteando junto ao prefeito Murilo Zauith (PSB) e aos secretários de Saúde e de Educação do município, a presença de um oftalmologista para prestar atendimento esporádico nas escolas da Reme.

Em indicação ao prefeito e aos secretários Sebastião Nogueira e Marinisa Mizoguchi, o vereador justifica que sua proposição, se atendida, viria contribuir para diagnosticar possíveis problemas de visão, garantindo o bom desempenho escolar. “O exame de vista previne ou ameniza a falta de concentração dos alunos que estão na fase da alfabetização e que possuam algum tipo de deficiência visual”, explica o vereador.

Raphael lembra ainda que a presença do oftalmologista na escola possibilitaria aos alunos que por ventura tenham problemas visuais, utilizar óculos ou mesmo procurar uma correção por meio de cirurgia, “além da oportunidade de serem consultados por um profissional que poderá realizar um diagnóstico completo sobre a visão dos estudantes”.

###DIABETES
O vereador Raphael Matos também solicitou ao prefeito Murilo Zauith e ao secretário de Saúde Sebastião Nogueira, que estudem a viabilidade de o município distribuir, gratuitamente, adoçante para as pessoas com diabetes nas unidades básicas de saúde do município.

Ele diz que, segundo informações do Ministério da Saúde, o adoçante líquido exerce função importante na substituição do açúcar, contribuindo para que o paciente tenha uma alimentação adequada no controle da doença. “Esta indicação tem a finalidade de ajudar os diabéticos atendidos pelo SUS, mas que não têm condições financeiras de adquirir o adoçante líquido em farmácias ou em outros setores do mercado comercial”, justifica.

“Sabemos que a maioria das pessoas não tem condições de manter o produto na rotina do tratamento, e esta medida vem contribuir para com a saúde destas pessoas”, observa, concluindo que “o número de pessoas com diabetes é alarmante, por isso, precisamos agir com consciência para ajudá-los”.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
IFA
Fiocruz recebe na quarta insumos para produzir 5,2 milhões de doses
NOVA ANDRADINA
Homem é preso pela após agredir esposa durante discussão
BRASIL
Governadores dizem que alta na gasolina é 'problema nacional'
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
REGIÃO
Mais Social: beneficiários já podem utilizar créditos nesta terça-feira
Mulher finge dormir e flagra marido estuprando neta de 9 anos
ESTADOS UNIDOS
Presidente Bolsonaro se reúne com primeiro-ministro britânico nos EUA
PEDRO JUAN
Irmãos executados na fronteira foram vítimas de fugitivo de presídio
DOURADOS
Vereadores aprovam programa de regularização de edificações

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina