Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
SEGURANÇA PÚBLICA

Dourados terá "Big Brother" no Centro e locais movimentados

19 fevereiro 2016 - 17h50

No intuito de aumentar a segurança, a Polícia Militar (PM) tem investido e instalado várias câmeras de vídeo nos principais pontos de Dourados. Os equipamentos estão sendo colocados desde o final do ano em vários locais com prioridade inicial na região central e de grande fluxo no município.

De acordo com o tenente-coronel Carlos Silva, comandante do 3°Batalhão de Polícia Militar, a ferramenta ajudará a coibir vários tipos de crimes e ainda auxiliará no esclarecimento de delitos que ocorram nesses pontos de grande fluxo de populares.

“Nosso intuito é diminuir a criminalidade e será uma ajuda nesse sentido para que se sintam intimidados e mais ainda para esclarecimento de situações diversas que acontecerem como furtos, roubos, acidentes, entre outros”, comenta.

Ao total já foram instaladas cerca de 20 câmeras para o trabalho da Polícia Militar. Ele cita que essa atuação ocorrerá também em parceria com outros órgãos de segurança que utilizarão o material das filmagens como troca de informações e base para buscas.

“Com isso buscaremos e uniremos provas e vamos trabalhar de maneira integrada para desvendar crimes”, afirma.

Até o momento, equipamentos já foram instalados próximo a universidades, cruzamentos da região central, Hayel Bon Faker, Jardim Água Boa e entrada e saída da cidade. A Polícia Militar deve contará com mais equipamentos até o final de março e acredita que já começará a funcionar. Assim que finalizada essa estrutura, o monitoramento ocorrerá por 24 horas.


GUARDA JÁ TRABALHA

As filmagens já acontecem em pontos da cidade através de equipamentos da Guarda Municipal que também receberá mais investimentos nesse quesito. O comandante da GM, João Vicente Chencareck, explica que ação tem uma central na sede da Guarda e que além do foco de esclarecimento de acidentes, de crimes junto as polícias, tem acontecido também na questão das drogas, como prevenção e combate ao tráfico.

“Nossa atuação ocorre nessas situações e com parceria do Governo Federal no projeto ‘Crack é possível vencer’ e inclusive vamos receber mais equipamentos até o mês de junho. A busca junto ao projeto é encontrar pontos de consumo e bocas de fumo para tomar as providências necessárias”, disse.

Os equipamentos atualmente estão na região central, como Praça Antônio João e nas proximidades de bancos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Primeira etapa de pré-matrícula da Reme vai até quinta-feira
DOURADOS
Primeira etapa de pré-matrícula da Reme vai até quinta-feira
MS
Denúncia anônima pelo 181 da PM ajuda no combate de crimes
SIDROLÂNDIA
Homem leva facadas pelas costas e é socorrido em estado grave
CAPITAL
Jovem é baleado e homem preso é suspeito de ser mandante do crime
Enfermeira de São Paulo é a primeira a receber vacina contra covid no Brasil
BRASIL
Enfermeira de São Paulo é a primeira a receber vacina contra covid no Brasil
MS
Ocupação de leitos em UTI Covid continua alta nas cinco macrorregiões do Estado
PROVA
Estigma das doenças mentais no Brasil é tema da redação do Enem
CORONAVÍRUS
Por maioria, Anvisa aprova duas vacinas em uso emergencial
POLÍCIA
Foragido da Justiça é preso em São Gabriel do Oeste
CORONAVÍRUS
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford

Mais Lidas

DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
OPERAÇÃO
Polícia fecha "boca de fumo" comandada por família no Canaã IV
DOURADOS 
Prefeitura anula 75 das exonerações anunciadas no meio da semana