Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
DIA DAS CRIANÇAS

Valor médio do presente sobe, mas expectativa de vendas cai

02 outubro 2017 - 11h09Por Guilherme Pires

O Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados (Sindicom), divulgou na manhã desta segunda-feira (02), a pesquisa da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), que mostra a intenção de compra para o dia das crianças, no próximo dia 12 de outubro.

No ano passado, o valor estipulado de movimentação no comércio foi de R$ 6.910.65 tendo como o valor médio do presente, R$ 108,59. Neste ano, a quantia caiu para R$ 6.884.048 tendo o valor médio do presente mais alto, em torno de R$ 115,30.

Segundo os dados, os brinquedos continuam liderando as vendas, com 48,70% das compras, em segundo vem roupa com 31,61% e calçados em terceiro lugar com 9,84%. Itens como livro ficam com 2,59% da preferência de compra.

De acordo com o 2º tesoureiro do Sindicom de Dourados, Valter Mario Silva Castro, as expectativas de compra devem ser superadas apesar da crise. “O mercado sempre reage em datas como essas, então os dados da pesquisa devem ser superados, como aconteceu no dia das mães e dia dos pais deste ano”, afirma Valter. 

Ele destaca ainda que em Dourados os camelôs lideram as vendas pelo preço e que o consumidor, na era do cartão de crédito, não tem parcelado as compras em muitas vezes.

“Aqui em Dourados, as vendas maiores são nos camelôs, primeiro pelo preço que é mais em conta e depois, porque os pais sabem que a criança se interessa pelo brinquedo só nos primeiros dias”, diz.

A pesquisa aponta também os locais de compra, que deixa as lojas do Centro em primeiro lugar com 85,19% e o Paraguai em segundo com 3,70% de preferência. Em relação ao ano passado, o mercado está mais tímido, já que o valor estimado de compra deste ano é de R$ 26.917 a menos.

Por outro lado, nem todo mundo comemorará o dia das crianças fora de casa, isto é, pelo menos 61,64% dos entrevistados, deve investir pouco mais de R$ 100 com alimentação em casa, seguindo passeios ou atividades ao ar livre.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária
LADÁRIO
Liminar derruba decreto que previa orações e jejum na pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h