Menu
Busca sexta, 10 de abril de 2020
(67) 9860-3221

UFGD tem 13 professores com bolsas de Produtividade do CNPq

24 janeiro 2013 - 12h08

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) divulgou neste mês a lista com os aprovados, novos e renovações, para recebimento de Bolsas de Produtividade em Pesquisa (PQ) e Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora (DT) 2012.

Dessa lista, a Fundect (Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul) destaca os pesquisadores de Mato Grosso do Sul (clique aqui para conhecer todos os bolsistas), sendo dois da Embrapa, 12 da UFGD, 13 da UFMS, dois da UEMS, um da Anhanguera Uniderp e três da UCDB.

O professor da UFGD com bolsa de Produtividade em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora é Fernando Miranda de Vargas Junior (Programa de Tecnologia e Inovação para Agropecuária) e os professores com bolsas de Produtividade em Pesquisa, por área de conhecimento, são: Arquitetura, Demografia, Geografia, Turismo e Planejamento Urbano e Regional - Lisandra Pereira Lamoso; Zootecnia - Jose Carlos da Silveira Osorio; Antrop., Arqueol., C. Política, Direito, Rel. Internacionais e Sociologia - Jorge Eremites de Oliveira; Engenharia Agrícola - André Luís Duarte Goneli e Cristiano Márcio Alves de Souza; Saúde Coletiva e Nutrição - Rosangela da Costa Lima; Zoologia - Manoel Araécio Uchôa-Fernandes; História - Losandro Antônio Tedeschi; e Agronomia - Luiz Carlos Ferreira de Souza, Antonio Carlos Tadeu Vitorino e Fabricio Fagundes Pereira. Além da lista divulgada pela Fundect, a Coordenadoria de Pesquisa da UFGD informa que o professor Julio Croda, também é bolsista Produtividade do CNPq, totalizando 13 pesquisadores da UFGD contemplados com bolsas do CNPq.

Para a Fundect, o número de bolsistas de produtividade é um indicador da qualidade da produção científica das ICTs (Instituições de Ciência e Tecnologia) e do estado de Mato Grosso do Sul no cenário nacional, pois são seguidos rígidos critérios normativos, estabelecidos pelo CNPq, e específicos, pelos Comitês de Assessoramento (CAs) do Conselho.

O Prof. Dr. Eduardo José de Arruda, diretor científico da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), explica que "a exigência do CNPq para concessão da Bolsa PQ ou DT são maiores que as exigências em termos de produtividade científica média das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs), no que se refere à quantidade e qualidade dos produtos científicos institucionais (publicações, orientações, patentes entre outros considerados)".

Arruda ressalta ainda que "para a concessão ou manutenção da Bolsa Produtividade, a depender da área de conhecimento, é necessário, normalmente, grande número de publicações anuais em periódicos com alto índice de impacto, entre outras exigências". Segundo o Diretor Científico, "a Bolsa de Produtividade para a carreira do pesquisador cumpre o papel de incentivo à geração de conteúdos científicos, patentes, orientações, publicações entre outros muito acima do mínimo exigido pelas ICTs."

"A Fundect como Fundação de Amparo a Pesquisa tem no número e tipo de bolsa produtividade concedida a pesquisadores do estado um indicador seguro do retorno do investimento que o Governo do Estado, Governo Federal e Instituições realizam em C,T&I no Mato Grosso do Sul e no impacto da produção das ICTs e/ou geração de riqueza social, tecnológica e/ou econômica", afirma Arruda. "A Diretoria Executiva (DIREX) da Fundect parabeniza todos os pesquisadores que obtiveram ou renovaram suas bolsas produtividades, e continuamos a acreditar no potencial e na qualidade da C,T&I do Mato Grosso do Sul", finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Pesquisa mostra população entre 10 e 40 anos vulnerável ao sarampo
DOURADOS
Celebrações de Páscoa serão restritas a padres e diáconos transmitidas na web
CLIMA
Dourados deve ter feriado sem chuva e com temperatura máxima de 30ºC
Saúde e Bem-estar
A importância de manter seu plano de saúde neste momento
Educação
Ensinar a socializar no período de isolamento social , é possível?
NEGÓCIOS & CIA
Certificado Digital Agiliza: a abertura e gestão de empresas
COMER BEM
Cacau Show: saiba quais são os pontos de vendas e evite filas
ARQUITETURA & DESIGN
Qual o melhor tipo de piscina?
POLÍCIA
Mulher foi atacada com facão pelo filho sem motivo após ele beber
AGLOMERAÇÃO
Bolsonaro abraça pessoas e posa para fotos em padaria de Brasília

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma mais um caso de coronavírus e Estado chega a 89
COVID-19
Dos casos de coronavírus em Dourados, três estão curados e um internado
DOURADOS
Mulher morta em acidente cursava pedagogia e terá corpo levado a Naviraí
DOURADOS
Dupla é presa acusada de tentativa de homicídio e fazer criança como escudo