Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905
BR-163

Tripla colisão deixa morto e 2 feridos

15 setembro 2017 - 16h35

Um acidente envolvendo três veículos de passeio deixou duas pessoas feridas e uma morta no início da tarde desta sexta-feira (15), no km 374 da BR-163, em Nova Alvorada do Sul. A colisão, segundo o Nova Alvorada News, envolveu Toyota Corolla, Renault Clio e um Jeep Renegade.

Informações apontam que oCorolla conduzido por Miguel Davi de 43 anos, seguia sentido Dourados e teria tentado ultrapassagem, mas acabou batendo na lateral do Renault, que trafegava no sentido contrário.

Homem identificado como Renato Pereira seguia no veículo que perdeu o controle do veículo e acabou sendo atingido em cheio pelo Jeep, conduzido por idoso de 62 anos.

O rapaz morreu no local do acidente. Os condutores do Corolla e do Jeep sofreram ferimentos leves e foram atendidos e encaminhados ao Hospital Municipal Francisca Ortega em Nova Alvorada do Sul.

A PRF e CCR MSVia atenderam a ocorrência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Empresária paulista perde R$ 50 mil ao negociar compra de sucata
ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher