Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
(67) 99659-5905
LABORATÓRIOS

Com Lacen sobrecarregado, governo estuda realizar exames de coronavírus em Dourados

03 abril 2020 - 13h35Por Wender Carbonari

O Governo do Estado tem estudado a possibilidade de estender para a cidade de Dourados a realização dos testes de coronavírus (Covid-19).

O objetivo seria ampliar as análises laboratoriais atualmente realizadas apenas no Lacen (Laboratório Central) para laboratórios da Faculdade de Ciências da Saúde da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). 

A informação foi anunciada pelo médico membro do COE (Comitê Operativo de Emergência do Estado de Mato Grosso do Sul), Ricardo do Carmo, durante coletiva de imprensa realizada por meio das redes sociais da prefeitura de Dourados durante a manhã desta sexta-feira (3/4). 

Atualmente, os núcleos locais de vigilância em saúde fazem as notificações de possíveis casos de coronavírus. São colhidas as amostras, encaminhadas para SES (Secretaria de Estado de Saúde) e entregues “dentro do menor tempo possível” ao Lacen, segundo Ricardo. 

Porém o médico comentou durante a entrevista que a demanda pelos testes de Covid-19 tem crescido nas últimas semanas, fazendo com que o único laboratório disponível para realizar o procedimento em Mato Grosso do Sul fique cada vez mais sobrecarregado.  

Esta situação que tem exigido das autoridades estudos com o intuito de descentralizar a realização destas análises no Estado.  

“A gente está sinalizando uma parceria com a UFGD para passar a fazer estes testes no laboratório da Faculdade de Ciências da Saúde. Esta é uma medida entre outras que estão sendo estudadas. No setor privado existem outros laboratórios de apoio que também podem ser utilizados”, disse o representante da SES.  

A fala do representante da COE aconteceu durante a sabatina a respeito da estrutura do sistema de saúde de Dourados. Nesta oportunidade, o médico Ricardo ressaltou a necessidade de, acima de tudo, garantir acesso a assistência médica de qualidade à população. 

“A gente tem que pensar em cuidar do paciente para que ele tenha acesso aos leitos, pois isso é o que vai salvar vidas. Percebo que todos estão muito preocupados com os testes, mas o importante é garantir que o paciente tenha acesso à saúde”, finalizou Ricardo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Depois de fugir do cativeiro, professor passou noite escondido em mata
INQUÉRITO
Presidente da Fundação Palmares será investigado por suspeita de racismo
TRÊS LAGOAS
Traficante tenta se esconder embaixo da cama após batida da Polícia
TECNOLOGIA
Detran/MS explica passo a passo como obter licenciamento através de aplicativo
TRÊS LAGOAS
Homem condenado a 10 anos de prisão por estuprar criança é preso
EDUCAÇÃO
IFMS abre inscrições para cursos técnicos presenciais na terça-feira
EDUCAÇÃO
Enem 2021 pode ser suspenso por falta de recursos, alerta MEC em ofício
CAMPO GRANDE
Motorista pede para completar tanque e foge sem pagar R$ 187
LAVA JATO
PGR denuncia Arthur Lira, um dos líderes do 'Centrão', por corrupção passiva
POLÍCIA
Tenente estava a 125 km/h quando matou professora em acidente, diz perícia

Mais Lidas

PANDEMIA
Em disparada, casos de Covid-19 tem novo recorde diário e passam de 400 em Dourados
DOURADOS
Suspeito de apontar arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Empresário que vendeu gasolina sem imposto vê tributo mal usado no país
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante