Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Tarifa do transporte sobe no domingo e douradenses lamentam ‘peso’ dos R$ 0,20

03 janeiro 2020 - 11h23Por Vinicios Araújo

Pode até parecer pouco, mas para muitos usuários do transporte coletivo de Dourados o reajuste de R$ 0,20 programado para entrar em vigor no próximo domingo (5) vai exigir uma melhor organização financeira. 

Nesta manhã o Dourados News foi às ruas para ouvir a população sobre o aumento da tarifa. Alguns sequer sabiam da mudança, mas a reação foi unânime: lamentação. 

Para a jovem Joyce Vitória Nunes Ferreira, 20, moradora no Jardim Canaã I, conta que não estava ‘por dentro’ dessa alteração na taxa de uso do transporte coletivo e garantiu que será impactada. 

“Eu utilizo o ônibus para trabalhar e ainda estudo à noite. Então pelo menos 6 passagens por dia. Vai ser complicado né, porque querendo ou não, a gente não vê melhorias, só aumentos”, disse.

David Pereira Dutra, 35, trabalha com eventos e utiliza o transporte coletivo diariamente. Ele conta que esse aumento na tarifa preocupou, já que não possui nenhum tipo de benefício compensatório. “Quando for contabilizar no final do mês, é aí que vamos ver a diferença. Eu uso quatro vezes por dia o transporte, já vão ser R$ 14 por dia”, lamentou.

A idosa Noeli de Almeida, 67, moradora na Vila Roma III, já tem a isenção da passagem do ônibus, no entanto ficou bastante insatisfeita quando soube do reajuste. Para ela, o serviço oferecido é incompatível com o preço pago e irá afetar o contribuinte. 

“Eu acho um absurdo. Tudo sobe, tudo sobe e o salário não. Eu já comentei com a minha vizinhança como é difícil pra gente que é pobre. O gasto no final do mês vai fazer a diferença pra quem já tenta fazer o impossível com o pouco que ganha. E o pior é que o serviço não está ‘tudo isso’ pra gente comemorar esse aumento. Muito complicado mesmo”, afirmou.

Atualmente o custo da passagem é de R$ 3,30. Com o reajuste de 6% a tarifa passa para R$ 3,50.

Essa mudança foi discutida em audiência pública na Câmara de Vereadores e teve proposta aprovada pelo parlamento. No dia 17 de dezembro, a prefeita Délia Razuk (PTB) sancionou a medida. 

A Viação Dourados, concessionária que administra o transporte público de Dourados, solicitou inicialmente um reajuste de R$ 0,70 centavos, ou seja, passagens a R$ 4.

No entanto o valor foi negado pelos representantes da prefeitura. Na ocasião a empresa justificou a necessidade do aumento apresentando, durante a audiência pública, planilhas detalhando custos dos insumos, custos fixos como combustíveis, rodagem, peças e acessórios, além de despesas dos setores administrativos e tributos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Suspeito de latrocínio cometido em Goiás é preso em cidade de MS
ECONOMIA
Setor industrial de MS acumula mais de 5,4 mil vagas de empregos abertas no ano
ECONOMIA
MS tem quatro municípios entre os maiores produtores de soja e cana de açúcar do país
ELEIÇÕES 2020
Ministério Público pede impugnação de candidata a vice em cidade de MS
NEGÓCIOS & CIA
Trabalho em Equipe: veja boas formas de garantir o coleguismo dentro de franquias
CENSO ESCOLAR
Redes públicas de ensino registram 36,1 milhões matrículas
LEGISLATIVO DE MS
Combate aos golpes financeiros contra idosos é aprovado em 1ª
MATO GROSSO DO SUL
Publicado decreto que regulamenta Lei Aldir Blanc no Estado
ECONOMIA
Produção agrícola de MS atingiu recorde de R$ 19,2 bi em 2019
APÓS 10 ANOS
Conselho da Uems se reúne para definir volta de vestibular

Mais Lidas

DECIBÉIS
Operação do Gaeco mira fraudes em licitações e cumpre cinco mandados em Dourados
INVESTIGAÇÃO
Policiais do Gaeco fazem nova operação em Dourados
CAPITAL
Mulher com mandado de prisão em aberto é executada com oito tiros
DOURADOS
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos após mais de 5h