Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Sindicom emite nota de esclarecimento a empresários de Dourados

21 janeiro 2013 - 11h03

#####Assessoria


Tendo em vista a dificuldade de aceitação e a contrariedade em torno das guias de Contribuição Sindical que nossos empresários tem recebido o SINDICOM e em especial a pessoa de nosso Presidente Sr Valter Castro,vem através da impressa esclarecer possíveis duvidas. A Contribuição Sindical é obrigatória e deve ser recolhida anualmente, de uma só vez no mês de janeiro e paga por todos aqueles que participem de uma determinada categoria econômica ou profissional. Esta regulamentada pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Art. 579 - A contribuição sindical é devida por todos aqueles que participarem de uma determinada categoria econômica ou profissional, ou de uma profissão liberal, em favor do Sindicato representativo da mesma categoria ou profissão, ou, inexistindo este, na conformidade do disposto no art. 591.

Os empresários contribuem com a importância proporcional ao capital social da empresa, registrado nas respectivas Juntas Comerciais ou órgãos equivalentes, mediante a aplicação de alíquotas ( temos a tabela á disposição dos empresário em nossa sede ou no site da CNC ).Fica fora dessa obrigatoriedade as empresas optante pelo Simples Nacional,a não quitação dessas guias pode acarretar em cobrança judicial e são passivas de cobrança de juros e multas.Nossa instituição não envia aos empresário douradenses nenhum tipo de mala direta contendo boletos que obrigue o empresário a se tornar um sindicalizado,cabe a nossos funcionários qualificados fazerem visitas ao comercio mostrando aos empresários a importância e a vantagem de serem nossos associados,fica a cargo dos responsáveis se juntarem ou não a nós,não forçamos nenhum tipo de associação.As guias enviadas por nosso sindicato são as guias de Contribuição Confederativa Patronal , discutida na Convenção Coletiva de Trabalho 2012/2013 Clausula Quadragésima Nona (disponível em nosso escritório)e a Associativa que são mensalidades que nossos sindicalizados quitam junto a nós.Colocamos nosso escritório com sede a Rua Marcelino Pires n 2101 1andar ou telefone 3422-8475 para esclarecimentos de duvidas.

Sr Valter Castro ainda ressalta que ‘’Vale lembrar , que lançamos esse esclarecimento no intuito de sanar duvidas dos empresários do ramo atacadista e varejista de nossa cidade ao receberem as guias de cobrança enviadas pelo Sindicom...’’ ressaltamos ainda que a tabela de alíquotas foi publicada via Edital no jornal de nossa cidade nos dias 21,22 e 23 de janeiro.O Sindicom agradece aos empresários e se dispõe para esclarecimentos de duvidas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Rapaz é preso quando tentava arremessar maconha para dentro de presídio
AJUDA FINANCEIRA
Dinheiro do governo permitirá que pessoas mantenham isolamento, diz Guedes
CAMPO GRANDE
Banco deve declarar inexistente fraude no cartão de R$ 61 mil
COVID-19
Saúde prepara protocolo sobre uso de máscaras por pessoas sem sintomas
PANTANAL
Mulher e criança feridas ao cair de charrete são resgatadas em aeronave
JUDICIÁRIO
CNJ e Ministério da Saúde autorizam enterros e cremações sem atestado de óbito
TACURU
Paranaense é multado em R$ 7,5 mil por incêndio em madeira e galhadas
JUSTIÇA
Falha no conserto de veículo segurado gera indenização a consumidor
PARANAÍBA
Jovem de 20 anos é preso com R$ 190 em cédulas falsas de dinheiro
EDITORIAL
Jornal britânico 'The Guardian' diz que Bolsonaro é 'perigo para brasileiros'

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
COVID-19
MS tem oito confirmações de coronavírus em 24h e suspeitos chegam a 51