Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
MUDANÇA

Sindicato Rural de Dourados empossa nova diretoria para gestão 2021-2023

02 dezembro 2020 - 13h57Por Da redação

Tomou posse na noite da última segunda-feira (30/11) a nova Diretoria do Sindicato Rural de Dourados, que vai comandar a entidade pelos próximos três anos.

Devido último Decreto da Covid-19, publicado pela Prefeitura de Dourados, a solenidade foi restrita aos diretores e cumpriu todas as normas de biossegurança.

Após duas gestões, Lucio Damália deixou a presidência do Sindicato e assumiu o presidente eleito no dia 18 de outubro, Ângelo Cesar Ajala Ximenes.

Lucio agradeceu todos os diretores que compuseram suas diretorias pela atuação comprometida e lembrou de algumas dificuldades que foram superadas nos últimos anos.

“Deixo o cargo muito feliz por todas as conquistas que alcançamos ao longo desses seis anos de muito trabalho. Agradeço imensamente a todos os meus diretores que sempre estiveram ao meu lado, não medindo esforços para o crescimento do Sindicato Rural, que hoje mais do que nunca, exerce um papel fundamental na garantia dos direitos dos produtores rurais de Dourados e região. Recentemente, tivemos grandes dificuldades, como a escassez de recursos, devido ao fim da contribuição sindical e principalmente a pandemia que nos impossibilitou de realizar a maior feira agropecuária do interior de Mato Grosso do Sul, além de nos obrigar a suspender os cursos presenciais em parceria com o Senar [Serviço Nacional de Aprendizagem Rural], mas felizmente conseguimos superamos com êxito graças a união e ao esforço de todos”, disse.

Após ser empossado, Ângelo Ximenes apresentou algumas prioridades da nova gestão. “Assumo a presidência do Sindicato Rural de Dourados com o compromisso de defender os interesses de toda a categoria, o que é imprescindível neste momento que estamos passando, tanto pela pandemia quanto pelos conflitos agrários que aumentam a cada dia em nossa cidade. Estamos cientes que vamos enfrentar grandes desafios, como a falta de recursos, devido a não realização da Expoagro este ano, que é nossa principal fonte de recursos e a diminuição dos repasses da CNA [Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil], e as próprias questões políticas que devemos sempre nos posicionar e enfrentar”, apontou.

Além de Ângelo, a nova diretoria é formada por Gino José Ferreira, (vice-presidente), Gilberto Kiyoharo Nishioka (primeiro tesoureiro), Paulo Cesar Barbosa Vieira (segundo tesoureiro), Michael Araújo de Oliveira (primeiro secretário) e Pedro Luiz da Costa (segundo secretário).

Os suplentes da diretoria são José Tarso Moro da Rosa, Cesar Roberto Dierings, Rodrigo Adolfo Velloso Pavel, Leopoldo Pozzi, Douglas Franco e Aristeu Alceu Carbonaro.

O Conselho Fiscal é formado pelos titulares Gilberto Darci Bernardi, Denis Augusto da Silva e Marise Ayumi Iguma. Os suplentes são Arno Antônio Guerra, Ricardo Goulart Carvalho Filho e Ruderson Azambuja Carneiro. O delegado representante da entidade junto à Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) é Ângelo Cesar Ajala Ximenes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em preparação para Taça Brasil, clube douradense testa jogadores para Covid-19
FUTSAL
Em preparação para Taça Brasil, clube douradense testa jogadores para Covid-19
MARACAJU
Mecânico encontra tabletes de maconha em veículo comprado em leilão
MEIO AMBIENTE
MS está entre os seis estados que aderiram a desestatização de visitações de parques
Fique de olho na saúde ocular de sua família
SAÚDE & BEM - ESTAR
Fique de olho na saúde ocular de sua família
INVESTIGAÇÃO
Ossada humana é encontrada enterrada às margens da BR-267
BRASIL
Nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
DOURADOS
Polícia Militar flagra e prende traficantes no Jardim Novo Horizonte
STF
Ministro concede prisão domiciliar a blogueiro investigado por atos antidemocráticos
VILA ESPERANÇA
Dupla é presa após praticar assaltos em Dourados
TRAGÉDIA
Incêndio na boate Kiss completa oito anos sem julgamento dos réus

Mais Lidas

ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
TEIXEIRA
Ex-primeira-dama morre cinco dias após o marido em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados
DOURADOS
Empresária leva prejuízo de R$ 7 mil ao ter loja arrombada por ladrões em bairro