Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
EDUCAÇÃO

Simted marca nova assembleia para segunda e greve continuará

19 julho 2014 - 11h50

O Simted (Sindicado dos Trabalhadores em Educação) fará assembleia às 07h30 de segunda-feira (21) para avaliar e decidir os rumos da greve dos professores da rede municipal de educação durante a semana.

Conforme o presidente do sindicato, João Vanderley Azevedo, os professores continuarão com a greve no começo da semana. “A passeata realizada na sexta-feira (18) não teve nenhum resultado junto a administração municipal e esta avaliação é necessária para prosseguirmos com as negociações”, falou.

O Dourados News, falou com o presidente na manhã deste sábado (19) e segundo ele, o prefeito Murilo Zauith (PSB) não efetuou nenhum contato com a categoria. “A Semed através da secretária de educação tem usado de ameaças para proibir os professores contratados a aderirem à manifestação que é direito adquirido da categoria e, além disso, denunciou ao Ministério Público Estadual como sendo ilegal a greve, mas nada disso é verdade”, argumentou João dizendo que a paralisação será mantida por tempo indeterminado.

Ainda conforme o presidente “o direito de greve está amparado pela Lei nº 7.783/1989, que no artigo 13, dispõe que na greve, em serviços essenciais ou atividades, ficam as entidades sindicais ou os trabalhadores, obrigados a comunicar a seus empregadores e aos usuários com antecedência mínima de 72 horas da paralisação e isto têm sido feito, a pressão é feita com intuito de coibir as negociações", disse.

O sindicalista disse ainda que as escolas estão abertas e recebendo os alunos, mas a maioria delas atende parcialmente, quando há alunos, não há professores e quando há professores os alunos não comparecem.

De acordo com o presidente, “a escola Caic (Neil Fioravanti), e a única do município com calendário diferenciado só retorna as aulas na segunda-feira (21), mas 100% dos professores efetivos já aderiram a greve”, disse João Vanderlei.

Entenda a greve

A greve acontece porque o Simted de Dourados reivindica junto ao governo municipal o cumprimento do acordo de negociação salarial realizada em abril deste ano do quadro administrativo e do magistério, cumprimento da lei nacional do piso de 20 horas para o magistério, abertura de concurso público, alteração na lei de readaptação que prejudica os vencimentos dos trabalhadores readaptados, inclusão dos servidores administrativos no Plano de Cargos e Carreiras da Educação e garantir o direito de aposentadoria especial para coordenadores das escolas.

Já a Semed propôs aos professores que o que é possível neste momento, devido à crise financeira que atinge o município, conceder o reajuste de 8,32% para professores e de 6,15% para os administrativos a partir de julho, retroativo a abril, como determina lei.

O reajuste do período seria concedido em três parcelas, junto com o salário já corrigido em julho. Já com relação ao piso, a Semed alega que a reivindicação representa dobrar o valor pago em folha atualmente e isso demanda um grande volume de recursos. Ainda conforme a secretaria, a proposta neste aspecto é que até outubro deste ano seja apresentado ao Simted um estudo de como conceder o piso da forma como o sindicato reivindica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
IFA
Fiocruz recebe na quarta insumos para produzir 5,2 milhões de doses
NOVA ANDRADINA
Homem é preso pela após agredir esposa durante discussão
BRASIL
Governadores dizem que alta na gasolina é 'problema nacional'
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
Idoso morre após 1 mês internado e família procura ciclista suspeito
REGIÃO
Mais Social: beneficiários já podem utilizar créditos nesta terça-feira
Mulher finge dormir e flagra marido estuprando neta de 9 anos
ESTADOS UNIDOS
Presidente Bolsonaro se reúne com primeiro-ministro britânico nos EUA
PEDRO JUAN
Irmãos executados na fronteira foram vítimas de fugitivo de presídio
DOURADOS
Vereadores aprovam programa de regularização de edificações

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina