Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Seminário apresenta 50 trabalhos de Gestão Ambiental hoje na UFGD

06 fevereiro 2013 - 08h03

Nesta quarta-feira, dia 06 de fevereiro, das 7h20 às 11h30, será realizado o Seminário Público com apresentação de aproximadamente 50 trabalhos de acadêmicos e professores de Gestão Ambiental, no formato de pôster, no Auditório Principal 1, da Unidade 2 da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). O evento é aberto ao público e a apresentação ocorrerá novamente em 20 de fevereiro.

Os trabalhos apresentam alguns resultados de projetos de grupo em vários municípios de Mato Grosso do Sul, discutindo os impactos socioambientais e as implicações das suas ações de extensão nas comunidades trabalhadas.

São oito áreas diferentes envolvidas, desde agroecologia, gestão de recursos hídricos, unidades de conservação, corredores ecológicos, expansão da cultura da cana-de-açúcar, relações inter-fronteiriças, Educação Ambiental e Questões Urbanas (incluindo a ampliação do perímetro urbano de Dourados).

Os trabalhos são resultado de ações de extensão da disciplina de Projetos Integrados em Gestão Ambiental. De acordo com o Prof. Dr. Mario Vito Comar, há mais de 4 anos, o corpo docente do Curso de Gestão Ambiental, da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais (FCBA) da UFGD, têm procurado imprimir no seu projeto político-pedagógico um compromisso de servir às demandas legitimas da sociedade, visando uma transformação nas políticas públicas que possa, de fato, trazer benefícios e maior qualidade de vida para todos, independentemente de posicionamentos político-partidários.

“Mudanças vêm de pressões. A sociedade organizada, por processos participativos, apoiados em conhecimentos realistas e concretos, exerce seu controle social e passa a forçar seus representantes eleitos a legislar e implementar estas leis para o bem-estar de todos. Assim, este compromisso de servir a sociedade rumo a uma cidadania consciente – e da formação profissional de um gestor ambiental, que possa desempenhar seu papel de forma competente e crítica em todos os setores -, tem levado professores e acadêmicos a atuar, juntamente aos seus pares do ensino básico, promovendo atividades de extensão para a implementação da Agenda 21 Escolar em unidades de ensino básico de vários municípios ao redor de Dourados”, afirma Mario Vito Comar.

Apoiados na capilaridade junto aos atores sociais, desenvolvida nos seus 11 anos de existência pelo IMAD, seu parceiro, o Curso de Gestão esteve atuando promovendo um processo de consulta que, a partir do diálogo e das discussões entre professores e estudantes: resgata a história dos municípios a partir de uma avaliação dos recursos hídricos e microbacias; desenvolve uma diagnostico socioambiental da situação atual dos municípios visitados; e procura identificar ações imediatas que possam levar a um futuro desejado, tanto na área urbana quanto rural.

Este processo, que leva vários meses e está integrado ao calendário escolar das unidades de ensino, convida jovens e seus professores a investigar a relação entre a cidade e seu ambiente natural, verificar como e de que forma ela se expande e quais seus impactos no meio. Ao mesmo tempo, se avalia a natureza dos impactos do meio rural nos cidadãos, tanto do ponto de vista socioeconômico, quanto ambiental: queimadas, poluição vinda de defensivos agrícolas, processos erosivos, entre outros. Desta forma, desde cedo, o jovem percebe a possibilidade de seu envolvimento na construção de uma sociedade melhor, vindo a canalizar sua energia para o serviço à sociedade.

O conjunto de ações tem sido desenvolvido nos últimos dois anos nas disciplinas de Projetos Integrados de Gestão Ambiental I, II e III e pelo programa, financiado pelo Ministério de Educação, Educação Socioambiental no Território da Grande Dourados-ESAT-GD, Fase 1 e Fase 2, ambos do curso de Gestão Ambiental.

A organização do Seminário Público convida todos os interessados a discutir e contribuir ao avanço da democracia participativa que, embasada em conhecimento e processos de consulta e definição de metas, deve alertar e pressionar os representantes eleitos a agirem de acordo pelo processo de controle social.


Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios
DEFENSORIA PÚBLICA
DPU cria canal para denúncias durante o enfrentamento ao coronavírus
MATO GROSSO DO SUL
Calendário de vacinação e plano de ação contra aftosa são mantidos
BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
COVID-19
Casos de coronavírus no Brasil em 29 de março
COXIM
Jovem de 17 anos esfaqueia tio por causa de buzina de carro

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato