quarta, 25 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COVID-19

Segunda remessa prevê 1,3 mil doses de vacinas para crianças em Dourados

19 janeiro 2022 - 08h48Por André Bento

A segunda remessa de vacina pediátrica Comirnaty (Pfizer/Wyeth) enviada a Dourados para imunização de crianças entre 5 e 11 anos contra a Covid-19 deve totalizar 1.300 doses. Isso é o que prevê a Resolução Ad Referendum nº 09/CIB/SES, expedida pela Secretaria de Estado de Saúde na edição desta quarta-feira (19) do Diário Oficial. 

Ao todo, Mato Grosso do Sul vai distribuir 18.300 doses do imunizante aos municípios para vacinar prioritariamente crianças de 5 a 11 anos com deficiência permanente ou com comorbidades, crianças indígenas e Quilombolas, crianças que vivam em lar com pessoas com alto risco para evolução grave de COVID-19, e crianças sem comorbidades em ordem decrescente de idade, de 11 a 5 anos. 

A resolução prevê que pais ou responsáveis devem estar presentes manifestando sua concordância com a imunização. Caso não estejam, a vacinação deverá ser autorizada por um termo de assentimento por escrito.

Com base em dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), as autoridades de saúde pública estimam que Dourados tenha população de 23.466 crianças na faixa etária em questão. 

Para imunizar esse público-alvo, já havia recebido na semana passada 1.880 doses da vacina pediátrica Comirnaty (Pfizer/Wyeth), das quais 750 doses destinadas a crianças indígenas e 1.130 para crianças não indígenas. 

Na terça-feira (18), quando Dourados vacinou as primeiras crianças, na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Santo André, o secretário municipal de Saúde, Waldno Pereira de Lucena Junior, explicou que esse processo de imunização será feito por agendamento.

“A população pode buscar qualquer unidade de saúde mais perto de casa pessoalmente ou por telefone para fazer o agendamento. A equipe vai agendar nas unidades vacinadoras, que são 10 das 32 que temos no município por causa do treinamento da equipe e disponibilidade de doses”, detalhou.

Segundo a Prefeitura de Dourados, a vacinação infantil contra a Covid-19 vai ocorrer nos postos do Altos do Indaiá, Parque do Lago II, Santo André, Parque das Nações I, Jóquei Clube, Itahum, Vila Vargas, Indápolis, Vila Formosa e Ildefonso Pedroso. 

O secretário municipal de Saúde explicou ainda que não será feita divisão por idade. “Qualquer criança nessa faixa etária [de 5 a 11 anos] pode buscar o agendamento”, assegurou. 
Waldo afirmou que esse sistema de agendamento é necessário porque cada ampola tem 10 doses, e uma vez aberto o frasco, é necessário aplicar todas para evitar perda. 

“Temos que ter a garantia de cada 10 agendamentos a gente libera uma ampola. Isso também garante que a criança não fique em fila de espera em uma unidade de saúde. Garantia de que não terá tempo de espera muito grande e o serviço vai dispor da dose”, pontuou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Grávida morta com tiro na cabeça foi assassinada pelo próprio irmão
CAARAPÓ

Grávida morta com tiro na cabeça foi assassinada pelo próprio irmão

Colisão entre caminhões em estrada vicinal matou motorista de 63 anos
FÁTIMA DO SUL

Colisão entre caminhões em estrada vicinal matou motorista de 63 anos

Lincoln Portela é eleito vice-presidente da Câmara dos Deputados
CONGRESSO

Lincoln Portela é eleito vice-presidente da Câmara dos Deputados

CAPITAL

Justiça mantém prisão de vendedor de pães acusado de estuprar criança

NOVOS EDITAIS

TJ/MS vai leiloar mais de mil itens depositados judicialmente

DOURADOS

Corpo em decomposição é encontrado em rodovia

REGIÃO

Carga de cigarros contrabandeados é apreendida durante bloqueio policial

REGIÃO

Colisão entre duas carretas deixa ao menos um morto em Fátima do Sul

REGIÃO

Capivara ferida com cabo e aço é capturada para tratamento

LEGISLATIVO DE MS

Barbosinha questiona aumento de 13,53% em pedágio da BR-163 e diz que valor é abusivo

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Homem morre e outro fica ferido em estado grave após acidente na Marcelino

DOURADOS

Vídeo mostra momento da colisão que terminou com morte de motociclista

MARCELINO PIRES

Vítima de acidente tinha 33 anos e era sargento na Venezuela antes de se mudar para Dourados

DOURADOS

Segunda vítima de acidente na Marcelino Pires morre no Hospital da Vida