Menu
Busca quinta, 05 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Rompendo o Circulo da Violência chega hoje em Dourados

06 dezembro 2004 - 13h07

O projeto Rompendo o Círculo da Violência, do governo do Estado em parceria com órgãos governamentais e não-governamentais, está percorrendo alguns municípios em Mato Grosso do Sul, e estará de hoje, até a próxima quinta-feira, dia 09 de dezembro em Dourados. A capacitação estará sendo ministrada na Secretaria Municipal de Educação.De 16 a 19 de novembro, a equipe do projeto esteve em Três Lagoas. De 22 a 25 de novembro esteve em Nova Andradina, de 19 de novembro a 02 de dezembro esteve em Coxim e agora em Dourados. De 13 a 16 de dezembro, a equipe do projeto estará em Amambaí.A equipe de capacitação do Projeto da Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária, Setass, reunirá os operadores sociais dos principais eixos (saúde, educação, assistência social, segurança e justiça, conselhos tutelares, conselhos municipais da criança e do adolescente e protagonismo infanto-juvenil) para estar discutindo o enfrentamento à violência contra a criança e o adolescente e o atendimento a seus familiares. Essa forma de capacitação tem como objetivo fortalecer a rede de atendimento local com ênfase nas ações integradoras. A metodologia será feita através de palestras e oficinas de trabalho, capacitando entre 60 e 100 profissionais da assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, policiais e conselheiros tutelares em cada município. Ao todo são 19 municípios em todo o Estado, alcançando um total de 1.200 profissionais capacitados.Um dos programas desse projeto é o Sentinela, da Setass, que atende crianças e adolescentes vítimas de violência. O projeto Sentinela registrou no primeiro semestre de 2004, 1.936 casos de violência contra criança e adolescente (violência física, psicológica, abuso e exploração sexual e negligência) e realizou, no mesmo período, atendimento a 3.736 familiares.São parceiros no Rompendo do Círculo da Violência as Secretarias de Estado de Saúde, de Educação, de Justiça e Segurança Pública, de Juventude e do Esporte e Lazer, Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher, Secretarias Municipais, Comitê Estadual de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes, Conselhos Estadual, Nacional e Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Instituto Brasileiro de Inovação Pró-sociedade Saudável, Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Criança e Adolescente e Secretaria Especial dos Direitos Humanos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Câmara dos Deputados aprova MP que simplifica abertura de empresas
Mulher foge para rodovia após ser agredida por marido que acaba preso
SENADO
Ex-assessor de Pazuello nega à CPI 'vantagem' e minimiza atuação informal
JUSTIÇA
Acusado de matar esposa a marteladas é condenado a 39 anos de prisão
Licenciaturas terão mais um ano para atualizar os currículos
EDUCAÇÃO
Licenciaturas terão mais um ano para atualizar os currículos
FRONTEIRA
Com medo de "justiceiros", assaltantes abandonam carro e motos roubados
SISTEMA ELEITORAL
Empresários divulgam manifesto em defesa da urna eletrônica e da democracia
Homem armado com faca invade posto de saúde e acaba preso
NÚMEROS DA PANDEMIA
Média móvel de mortes por Covid fica abaixo de 900 após mais de 200 dias
REGIÃO
Por ajuda com comida, avós deixavam menina de 13 anos ser estuprada

Mais Lidas

DOURADOS
Assessora vai à polícia e diz que foi ameaçada de morte por vereadora
DOURADOS
Flagrado com pistola, jovem é preso no Parque do Lago II
AMEAÇA
Mulher não aceita relacionamento do ex e ameaça a atual companheira dele de morte
DOURADOS
Casal é preso após transformar casa de homem que morreu por overdose em 'boca de fumo'