Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Reunião pode definir futuro da greve na educação

14 julho 2014 - 08h47

Uma reunião agendada para as 15h desta segunda-feira (14) aliada com uma assembleia dos educadores na manhã de terça-feira definirá pela paralisação ou não dos trabalhos na Rede Municipal de Ensino em Dourados.

De acordo com o presidente do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação), João Vanderley Azevedo, o encontro foi marcado pela administração municipal na tentativa de negociação para o retorno das atividades, marcadas internamente para amanhã.

“O prefeito retorna e temos uma reunião com ele no CAM (Centro Administrativo Municipal). Nossas pautas continuam as mesmas. Aprovamos o indicativo de greve e para que ela não aconteça, precisamos de uma proposta concreta. Depois disso, teremos uma assembleia amanhã em nossa sede para definir pela continuação ou não da paralisação”, contou ao Dourados News.

Segundo nota divulgada no site da entidade, a categoria vem reivindicando junto ao governo municipal o cumprimento do acordo de negociação salarial realizada em abril deste ano do quadro administrativo e do magistério, cumprimento da lei nacional do piso para o magistério, abertura de concurso público, alteração na lei de readaptação que prejudica os vencimentos dos trabalhadores readaptados, inclusão dos servidores administrativos no Plano de Cargos e Carreiras da Educação e garantir o direito de aposentadoria especial para coordenadores das escolas.

VOLTA AS AULAS

Apesar do indicativo de greve, as escolas da Rede Municipal de Ensino e Ceims (Centros de Educação Infantil Municipal) de Dourados estão nos preparativos para a volta às aulas na próxima quinta-feira, dia 17, segundo nota divulgada pela administração municipal ontem (13).

Ainda de acordo com a nota oficial, os servidores participarão amanhã e depois, de um encontro de educação no Pavilhão de Eventos Dom Teodardo Leitz, ao lado do prédio da prefeitura, o que não é confirmado pelo sindicato.

“Estamos com o indicativo de greve aprovado e teremos assembleia nesta terça. Tudo depende da reunião da tarde”, finalizou o presidente do Simted, João Vanderley.

PROTESTOS

Na semana passada, servidores municipais da saúde realizaram uma manifestação na frente do CAM por conta, segundo eles, do não cumprimento de acordos de reajustes salariais e por cortes feitos na pasta.

Durante o ato, foi confirmada, após reunião com representantes da administração, uma reunião ainda esta semana com o prefeito Murilo Zauith (PSB).

Também na semana passada, o Sinsemd (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Dourados) aprovou indicativo de greve, alegando falta de diálogo com o atual gestor, abrindo a possibilidade de uma greve geral no município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Inscrições para 8ª Mostra Audiovisual de Dourados seguem até dia 29
PRAZO
Inscrições para 8ª Mostra Audiovisual de Dourados seguem até dia 29
Homem é preso na Vila Popular acusado de tráfico e porte ilegal
DOURADOS
Homem é preso na Vila Popular acusado de tráfico e porte ilegal
JUSTIÇA
Quatro anos depois, homem é condenado pela morte do cunhado
ECONOMIA
Caixa reduz juros do crédito habitacional na modalidade poupança
Fiscalização encontra 30 quilos de cocaína em tanque de combustíveis
SÃO PAULO
Fiscalização encontra 30 quilos de cocaína em tanque de combustíveis
BRASIL
Mesa da Câmara confirma cassação do deputado Boca Aberta
CRIME AMBIENTAL
Ambiental surpreende infratores pescando na Cachoeira do Apa 
PUBLICAÇÃO
Prazo para envio de trabalhos da Revista da PGE termina amanhã
Acusado de assassinato, homem é flagrado levando foragido ao Paraguai
Números da pandemia
Média móvel de mortes por Covid fica acima de 500 pelo 3º dia

Mais Lidas

DOURADOS
Após denúncias, casal é preso por tráfico no Jardim Guaicurus
TRAGÉDIA EM SP
Sócio de usina em MS e mais 6 pessoas morrem em acidente com aeronave
DOURADOS
Embriagado, dono de bar agride e ameaça funcionária
DOURADOS
Para desafogar 'avenida da morte', obra em trevo da BR-163 começa no próximo mês