Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020
(67) 99659-5905

Reunião na capital discutirá necessidades da Uems

22 fevereiro 2013 - 15h42

Maryuska Pavão

Uma reunião em Campo Grande no próximo mês, envolvendo uma comissão de professores, deputados estaduais e integrante do TCE (Tribunal de Contas do Estado), discutirá as principais necessidades da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) neste ano.

A informação foi repassada ontem (21) pelo presidente da Aduems (Associação dos Docentes da Uems), Wilson Brum Trindade em visita ao Dourados News. Segundo ele, a iniciativa é evitar uma possível greve. “Não estamos descartando nada, tudo vai depender das reuniões e decisões do governo, se não for agradável para ambas as parte, teremos novamente que paralisar os trabalhos ou até uma greve” destacou.

Após um longo período de paralisação ocorrido no ano passado, os representantes da universidade garantem continuar as lutas.

Wilson informou que a categoria retomou as negociações com o Estado em relação ao PCC (Plano de Cargos e Carreiras) e investimentos na Universidade, que enfrenta graves problemas estruturais. “Começamos o ano com algumas lutas antigas, entre elas a autonomia acadêmica e pedagógica, melhora na qualidade de ensino e reajuste salarial” afirmou.

De acordo com Wilson, hoje são 15 unidades da UEMS no Estado, com mais de 300 profissionais e aproximadamente nove mil alunos. “No ano passado uma comissão foi montada para fiscalizar e cobrar do Governo, os repasses destinados a UEMS, pois de todo orçamento da universidade, 87% é para fazer o pagamento da folha, e o que sobra não está sendo suficiente para a manutenção dos campus, salas de aulas e laboratórios” explicou.

Wilson disse ainda que hoje a UEMS possui 56 cursos de graduação, oito mestrados e um doutorado, e precisa de mais investimentos do Estado, pois aproximadamente 86% dos alunos são de Mato Grosso do Sul. “Muitos estão deixando de estudar na UEMS, para tentarem faculdades de outras cidades do país e quem perde com tudo é o próprio Estado que não está investindo”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Embriagado, homem é arremessado de veículo após colisão e morre
RIO BRILHANTE
Embriagado, homem é arremessado de veículo após colisão e morre
SAÚDE
No Dia Mundial de Luta contra a Aids, Dourados terá ação informativa na Praça Antônio João
Após nova 'visita' do Gaeco, prefeitura diz que vai colaborar com investigações
DOURADOS
Após nova 'visita' do Gaeco, prefeitura diz que vai colaborar com investigações
Douradense será primeira mulher a comandar cidade do interior paulista
ELEIÇÕES 2020
Douradense será primeira mulher a comandar cidade do interior paulista
Com impacto, capacete voa e motociclista morre após cair e bater a cabeça no chão
RIO BRILHANTE
Com impacto, capacete voa e motociclista morre após cair e bater a cabeça no chão
TRÁFICO DE DROGAS
Veículo é apreendido com mais de 780 kg de maconha na MS-166
DOURADOS
Promotoria diz que operação é 'nova' e MPE só se manifestará por nota
BR-267
Jovem morre ao cair de moto em Nova Alvorada do Sul
ELEIÇÕES 2020
Barroso diz que abstenção de eleitores foi maior que o desejável
DOURADOS 
Após roubo, assaltante é detido por populares no Jardim Maringá

Mais Lidas

DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados