Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
DOURADOS

PM usa 70 homens em ação e reintegração de posse de fazenda de Bumlai é pacífica

15 dezembro 2015 - 10h31

A reintegração de posse da fazenda de Fernando de Barros Bumlai, filho do pecuarista José Carlos Bumlai, localizada na BR- 463, próximo a o trevo de acesso a Laguna Carapã, está tranquila. As 80 pessoas que cortaram a cerca da propriedade e invadiram o local, estão saindo pacificamente, segundo o comandante da Polícia Militar, tenente-coronel Carlos Silva.

“Os policiais estão no local desde as 06h, e está bem tranquilo. Os invasores estão deixando o local como foi pedido e as equipes estão acompanhando a movimentação”, disse o comandante.

O pedido de reintegração foi expedido no dia 9 de dezembro, pela juíza da 8ª Vara Cível de Dourados, Larissa Cordeiro Amaral. Aproximadamente 70 policiais dentre eles militares com o apoio do DOF (Departamento de Operação de Fronteira), acompanham a desocupação do local.

A fazenda foi invadida no dia 4 de dezembro, segundo informações do gerente da usina São Fernando, na época os invasores cortaram a cerca da fazenda as margens da rodovia e adentraram na propriedade, o fato aconteceu dias depois que José Carlos Bumlai foi preso.

De acordo com informações do comandante da PM, as pessoas que invadiram a propriedade rural estavam as margens da fazenda. E alegaram para a polícia que invadiram o local por conta da usina estar devendo para o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) com isso a fazenda seria deles.

Segundo Carlos Silva, os invasores voltariam para o local em que estavam antes de entrarem na fazenda, e o trabalho da polícia é retomar a fazenda invadida.

Bumlai

O proprietário da fazenda é filho do também pecuarista e empresário José Carlos Bumlai, sócio da Usina são Fernando, preso pela Polícia Federal, dia 24 de novembro, em um hotel de Brasília, na 21ª fase da operação Lava Jato, [relembre aqui]( http://www.douradosnews.com.br/noticias/brasil/amigo-de-lula-pecuarista-bumlai-depoe-nesta-terca-a-cpi-do-bndes).

No mesmo dia em que Bumlai foi preso, a ‘Operação Passe Livre’, desencadeada em quatro estados dentre eles Mato Grosso do Sul, levou policiais federais até a Usina São Fernando, para cumprirem um mandado de busca e apreensão de documentos [que ligue o empresário e os outros sócios da usina em contratos irregulares]( http://www.douradosnews.com.br/dourados/na-sao-fernando-policia-federal-busca-documentos-que-liguem-bumlai-a-lava-jato).

Os documentos foram catalogados apreendidos e encaminhado para a cidade de Curitiba (PR), para integrar o processo da operação Lava Jato.


Deixe seu Comentário

Leia Também

SISTEMA DE SAÚDE
Pacientes de Manaus continuam sendo transferidos para hospitais universitários federais
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto altera requisitos exigidos para o cargo de diretor de presídio
SAÚDE
Lesão de continuidade na pele pode ser porta de entrada para bactérias
EDUCAÇÃO
Fapec seleciona profissionais para atuarem em projetos coordenados pela fundação
FUTEBOL
Com eleição adiada, Barcelona não deve ir ao mercado em janeiro
BRASIL
Ciclistas protestam contra morte de colega por motorista bêbado no Rio de Janeiro
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto concede incentivo fiscal para quem patrocinar cirurgias no SUS
ESPORTES
Australian Open: tenistas são isolados após contatos com infectados
SAÚDE
Covid-19: entidade orienta sobre vacinação em pacientes reumáticos
FRONTEIRA
Homem é preso portando arma de fogo e munições em Ponta Porã

Mais Lidas

DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
OPERAÇÃO
Polícia fecha "boca de fumo" comandada por família no Canaã IV
DOURADOS 
Prefeitura anula 75 das exonerações anunciadas no meio da semana