Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Reeleição será discutida com grupo político, mas vontade é cuidar da família, diz Délia

10 janeiro 2020 - 11h21Por André Bento

Com 356 dias de mandato pela frente e a promessa de muito trabalho, a prefeita Délia Razuk (PTB) afirma que sua candidatura à reeleição no pleito municipal deste ano ainda deve ser discutida com o grupo político do qual faz parte, mas a vontade é cuidar da própria família.

Essa afirmação foi feita ao Dourados News na manhã desta sexta-feira (10), em evento que formalizou a devolução de R$ 7,8 milhões da Câmara à prefeitura.

“Eu num primeiro momento quero cuidar do meu marido, cuidar da minha família. Mas quando está na política você deixa de ser dono das suas vontades, tem toda uma estrutura política dos seus companheiros e a gente tem que conversar e tomar as decisões em conjunto”, disse a mandatária ao ser questionada sobre reeleição.

No dia 14 de dezembro, quando assinou a ficha de filiação ao PTB e foi lançada para reeleição pelo ex-senador Delcídio do Amaral, presidente do partido em Mato Grosso do Sul, Délia também preferiu não apontar definições sobre seu futuro político.

“Dourados tem toda possibilidade de ser protagonista nas eleições de 2020, mas não necessariamente com o meu nome. Temos pessoas com qualidade, estamos abertos para o bem da cidade e para conversar com outros partidos”, pontuou.

Na manhã de hoje, questionada sobre o que pode ser esperado do último ano desse mandato, a prefeita foi taxativa. “Muito trabalho, faço o melhor possível”, garantiu.

Délia citou a posse dos novos conselheiros tutelares e adiantou que pretende deixar encaminhada para 2021 a implementação do terceiro Conselho Tutelar do município. “Dourados cresce, temos muitas demandas de atendimento para crianças, as famílias que precisam ser assistidas, nossa luta também vai ser essa pelo terceiro Conselho”, destacou.

A prefeita também assumiu o compromisso de atender as emendas impositivas propostas por vereadores ao orçamento municipal, cujo valor aprovado pelo Legislativo ano de R$ 1.110.000.000,00. “No primeiro ano tivemos que fazer algumas adequações que hoje já estão normatizadas”, justificou.

Por fim, a chefe do Executivo manifestou otimismo para esse ano. “Estamos buscando muito recurso para infraestrutura, temos uma parceria muito boa com o Governo do Estado, acredito que será um ano muito bom para nossa cidade”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Mais uma prefeitura de MS pede estado de calamidade pública à Assembleia
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda, mas segue acima de R$ 5,40
CAMPO GRANDE
Homem fica preso às ferragens após colisão entre carro e caminhão
ELEIÇÕES 2020
Pré-candidatos apresentadores de rádio e TV devem se afastar dos seus programas a partir de hoje
MATO GROSSO DO SUL
Governo divulga resultado preliminar de processo seletivo para área da saúde
BRASIL
Anvisa quer reforçar medidas contra covid-19 em aeroportos e aeronaves
DOURADOS
Mulher vai à polícia e acusa ex-marido de não devolver filha após período de férias
TEMPO SECO
Sem previsão de chuva, umidade do ar volta a bater perto de 20% em Dourados
DISK ENTREGA
Mulheres entregavam crack de mototáxi em cidades de MS
DESCAMINHO
Após furar barreira sanitária, homem abandona carro com produtos irregulares

Mais Lidas

REGIÃO
Professora morre ao ter moto atingida por carro
DOURADOS
Suspeito de atropelar motociclista durante racha na BR-163 se apresenta à polícia
DOURADOS
Acidente entre carro e moto deixa homem em estado gravíssimo
FRONTEIRA
Ex-lutador de MMA é executado a tiros em confraternização