Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Pronatec Brasil Sem Miséria oferece 14,5 mil vagas no Mato Grosso do Sul este ano

13 março 2013 - 15h32






O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Brasil Sem Miséria), executado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) em parceria com o Ministério da Educação (MEC), oferece este ano 14.454 vagas para atender à população de 44 municípios no estado do Mato Grosso do Sul. Em todo o país, foram abertas 790 mil vagas para pessoas em situação de miséria. Com isso, a oferta passará de 1 milhão – no ano passado, o programa teve mais de 266 mil inscritos.



Para participar dos cursos oferecidos, o candidato deve procurar o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência. Segundo o diretor de Inclusão Produtiva do MDS, Luiz Müller, o trabalho dos municípios é fundamental para que as pessoas extremamente pobres tenham acesso aos cursos. “Em cada município, a assistência social tem um papel muito importante no processo de mobilização desse público para acessar as vagas.”



Além da mobilização, a assistência social é responsável pela articulação entre o Sistema S (Senai, Sesi, Senac, Sesc e Senar, entre outros), escolas técnicas e empresários para definir os postos de trabalho disponíveis no município. “Cada município tem sua particularidade. Há oportunidades especificas de emprego em cada um. Antes do Pronatec, as peculiaridades locais sequer eram identificadas por programas de governo.”



O novo olhar do governo federal, reforça Müller, garante os bons resultados do programa. Isso permite identificar as necessidades e oportunidades de trabalho em cada município. “Com o Brasil Sem Miséria, passamos a olhar localmente a demanda de mão de obra e conseguimos detectar possibilidades de inclusão produtiva das pessoas nesses mercados específicos. Para tanto, é preciso oferecer capacitação profissional para que elas estejam preparadas para preencher as vagas.”



As prefeituras podem aderir ao programa a qualquer momento. A partir de março, técnicos do MDS visitam os municípios levando orientação para a execução do Pronatec Brasil Sem Miséria. De acordo com Müller, a cada trimestre o governo fará um processo de repactuação, com objetivo de identificar novos mapas de oportunidades e especificidades locais. Isso pode resultar na abertura de mais vagas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO
Direção Viva alerta sobre importância de higienizar veículos automotores como prevenção contra o Coronavírus
STF
Ministro julga inviável ação do PDT contra suspensão de prazos do Enem 2020
CULTURA
CCBB Educativo disponibiliza acervo digital de arte-educação
BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS
MUNDO
Papa inicia Semana Santa com celebração sem presença de fiéis
COVID-19
Gerente técnico de medicamentos da Vigilância Sanitária alerta sobre riscos da automedicação
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Mais de mil servidores com salários acima de R$ 4,5 mil receberão na segunda
MS
Procuradoria-Geral do Estado mantém seção especial sobre o Covid-19 no site

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira