Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Promotor quer esclarecer falta de assistência em neurocirurgia pediátrica

26 novembro 2019 - 09h53Por André Bento

O promotor de Justiça Luiz Gustavo Camacho Terçariol quer informações sobre o andamento da licitação para contratação de empresa para a prestação do serviço de neurocirurgia pediátrica e das tratativas para habilitar o HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) junto ao Ministério da Saúde para a prestação definitiva desse serviço em Dourados.

No dia 20 de novembro, o titular da 17ª Promotoria de Justiça da comarca converteu em Inquérito Civil o Procedimento Preparatório número 06.2019.00000762-3, instaurado originalmente em 17 de maio deste ano para “apurar a eventual desassistência de neurocirurgia pediátrica no Município”.

Além de mais tempo para concluir as investigações, essa medida também serviu para reiteração de ofícios com pedido de informações já enviados às autoridades municipais e que não resultaram em respostas nos prazos previstos.

Para a secretária municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado Souza, e para a Funsaud (Fundação dos Serviços de Saúde de Dourados), o promotor de Justiça solicitou em 15 dias úteis que informe “o andamento da licitação para contratação de empresa para prestação do serviço de neurocirurgia pediátrica, bem com para que informem o andamento das tratativas junto ao HU-UFGD no que concerne à habilitação do nosocômio supra junto ao Ministério da Saúde para a prestação definitiva do serviço em questão”.

No decorrer do procedimento, o MPF (Ministério Público Federal) informou ao MPE-MS (Ministério Público Estadual) que “o Hospital habilitado para o atendimento da neurocirurgia é o Hospital da Vida, administrado atualmente pela FUNSAUD”, acrescentando que “a Unidade Hospitalar não absorve a demanda de neurocirurgia pediátrica alegando que a Unidade é referência em urgência e Emergência e não possui UTI Pediátrica”.

Em 31 de julho, houve reunião entre o promotor de Justiça, a secretária Municipal de Saúde, diretor técnico da Secretaria o superintendente do HU-UFGD, o chefe da Unidade de Regulação Assistencial do HU-UFGD e a Advogada da EBSERH.

“Na oportunidade restou pactuado que o serviço de neurocirurgia pediátrica continuará sendo prestado nos moldes acima, ou seja, os médicos contratados pelo Município de Dourados prestarão os seus serviços na estrutura do HU-UFGD, sendo que a municipalidade fornecerá os insumos necessários para os procedimentos. Findado o prazo dos contratos firmados entre os médicos, a FUNSAUD realizará novel licitação para a contratação de empresa para a prestação do serviço em questão”, detalha o MPE.

No dia 18 de novembro o diretor administrativo da Funsaud, Mateus Tavares Fernandes, enviou ofício à 17ª Promotoria de Justiça para informar que o procedimento “se encontra na fase interna dos procedimentos licitatórios, tendo sido definido o objeto, estabelecido os parâmetros do serviço que se deseja contratar”.

Segundo ele, “foram solicitadas cotações dos preços para estimar o valor da licitação para que se tenham parâmetros quanto à compatibilidade dos preços dentro da Administração e o efetivo orçamento para arcar com esse ônus”. O gestor pontuou ainda ser aguardada a autorização da direção executiva e interventora para dar seguimento na fase externa da licitação, com a publicação de edital, sessão de julgamento, homologação, etc.

Quanto às tratativas junto ao HU-UFGD para habilitação junto ao Ministério da Saúde, o diretor da Funsaud recomentou que “este esclarecimento deve ser solicitado a secretaria de saúde do município, uma vez que a pergunta se destina aquela secretaria sobre informações a respeito do credenciamento e descredenciamento de prestadores junto ao Ministério da Saúde, não dispondo a Funsaud de tais informações uma vez que é responsável por gerir apenas o Hospital da Vida e a Unidade Pronto Atendimento 24h.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Preço do gás de cozinha praticado em Dourados varia entre R$ 75 e R$ 83
PROPRIETÁRIOS RURAIS
Projeto prevê contratação de seguro de responsabilidade por queimadas
CRIME AMBIENTAL
Arrendatário leva multa de R$ 6,5 mil por retirada de cascalho de área protegida
FRONTEIRA
Caminhonete com 1,5 tonelada de maconha é recuperada em Ponta Porã
'FALSO FRETE'
Douradense é atingido por tiros após levar golpe e reagir a assalto
SEGURANÇA
INSS oferece serviço expresso para entrega de documentação
CRIME AMBIENTAL
Mulher é autuada por capturar pescado acima da cota permitida
PANDEMIA
Internações e óbitos por coronavírus voltam a subir em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Intenção de consumo das famílias volta a crescer após cinco quedas
MATO GROSSO DO SUL
Força-tarefa conta com mais de 50 homens no combate aos focos de calor no Amolar

Mais Lidas

PANDEMIA
Novo decreto diminui toque de recolher e libera venda de bebidas em bares até as 23h
ACIDENTE
Mulher envolvida em acidente no Centro ficou presa às ferragens de veículo
PROSSEGUIR
Governo atualiza mapa da Covid e Dourados volta para "bandeira vermelha"
POLÍCIA
Homem morre ao tentar invadir delegacia de Glória de Dourados