Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Produtos natalinos variam até 1.400%, aponta Procon de Dourados

20 dezembro 2012 - 09h59

A terceira pesquisa do Procon de Dourados sobre os produtos da ceia de Natal, feita nesta quarta-feira em dez estabelecimentos comerciais da cidade, voltou a constatar grande diferença entre o menor e o maior preço.

As maiores variações são da castanha do Pará com casca, que custa de R$ 2,99 a R$ 45,90 o quilo, uma diferença de 1.435%, e da castanha de caju, que varia 1.500% – o quilo custa de R$ 5,50 a R$ 88 nos supermercados onde a pesquisa foi feita.

Conforme o Procon, o levantamento de preços inclui panetones, carnes (aves, suína, bovina e peixe), frutas, enlatados e bebidas, num total de 68 itens. Foram encontrados 15 produtos com diferença superior a 100% do estabelecimento com menor preço para o de maior preço.

Um dos produtos mais consumidos nesta época do ano, o panetone também tem grande variação entre o mais barato e o mais caro. A caixa de 500 gramas custa de R$ 4,95 a R$ 17,99 , diferença de 263%

Conforme o Procon, que é ligado à Prefeitura de Dourados, esta é a última pesquisa de produtos natalinos deste ano. O órgão alerta o consumidor a efetuar uma cuidadosa pesquisa de preço, avaliando sempre a relação preço x qualidade, e ficar atento às informações contidas nos rótulos, como peso, data de fabricação, prazo de validade e condições de conservação.

Também deve ser sempre considerar o custo beneficio do deslocamento no caso de estabelecimentos com produtos mais baratos, mas que ficam mais distantes. Por fim, o consumidor deve sempre exigir a nota fiscal no ato da compra.

Mais informações podem ser obtidas através dos telefones 151 e 3411-7754, que também são os números para reclamação em caso de desrespeito ao direito do consumidor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DETRAN
Proprietário que pagar licenciamento por app vai receber documento em casa
Educação
Tecnologia funcional e o futuro do seu filho
LOTERIAS
Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.247 da Mega-Sena
CLIMA
Dourados registra quarta chuva de mês e se aproxima da média de março
LIVE
Lacen esclarece dúvidas sobre os exames de diagnóstico do Covid-19
DOURADOS
Prefeitura pretende manter estratégias após primeiras confirmações de coronavírus
SAÚDE
Ministério alerta para risco do uso de cloroquina sem indicação médica
AMAMBAI
Motociclista morre após colisão contra Hilux na região de fronteira
DOIS ANOS
TJ/MS prorroga a validade do VIII Concurso Público de Servidores
PREVENÇÃO
Paraguai estende isolamento total contra o coronavírus até 12 de abril

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato