sexta, 01 de julho de 2022
Dourados
30°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

Contraste: preços dos combustíveis faz quem trabalha com transporte ver movimento cair

22 junho 2022 - 16h55Por Jhonatan Xavier

Na semana em que a Petrobrás realizou novo reajuste no valor da gasolina e do diesel, o Procon de Dourados divulgou uma pesquisa dos preços dos combustíveis no município. Na comparação com o levantamento anterior, realizado em março deste ano, a gasolina comum registra aumento de 2,08%, enquanto o diesel variou entre 14,51% e 15,31% no comum e S10, respectivamente.

Conforme os dados divulgados na manhã desta quarta-feira (22), o menor preço encontrado na gasolina comum foi de R$ 6,94; diesel R$ 6,84; Diesel S10 R$ 6,94 e no Etanol o R$ 4,79. 

Já a diferença entre o menor preço encontrado na gasolina comum e o maior, R$ 7,43, é de 7,07%. No etanol a variação entre o menor e maior preço é de 18,08, enquanto no Diesel comum é de 11,56% e no Diesel S 10 é de 13,41%.

Taxista passou a abastecer com àlcool depois dos aumentos no preço da gasolinaFábio da Costa, 29, trabalha há quatro anos como taxista e conta que tem que se adaptar aos desafios acarretados pelos constates aumentos nos preços. Tanto que se associou a uma empresa de transporte por aplicativo, para complementar o trabalho como taxista e trocou a gasolina por álcool.

“Já tem cinco anos que não mudamos a tabela de preço do taxi e se a gente aumentar o valor não conseguimos trabalhar. Antes eu não abastecia com álcool, mas agora precisei mudar e essa diferença no litro do combustível é o que está salvando, a gente consegue rodar um pouco mais”, afirma o motorista. 

Ainda conforme o Procon, no comparativo entre o levantamento atual e o anterior, realizado em março, a gasolina comum registrou 2,08% de aumento no preço, sendo que em março o preço médio do combustível era de R$ 7,00 e agora custa R$ 7,14.

O etanol apresentou diferença de 2,13% no preço médio; diesel teve aumento de 14,51% e o diesel S10 15,31%.

Mototaxista afirma que o movimento diminuiu desde o aumento nos preços“Mesmo com todos esses aumentos a gente manteve o mesmo preço na corrida desde o ano passado, mesmo assim o movimento caiu”, afirma o mototaxista José Givaldo, 61 anos.

Até a próxima semana o consumidor deve sentir ainda mais a diferença no valor do combustível, efeito do reajuste da Petrobrás que elevou o valor da gasolina em 5,2% e do diesel em 14,2% nas refinarias.

Confira a pesquisa do Procon

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

'Boca de fumo' é fechada em Coxim e homem de 45 anos é preso
MATO GROSSO DO SUL

'Boca de fumo' é fechada em Coxim e homem de 45 anos é preso

POLÍTICA

Dinheiro de leilões de bens do tráfico é usado para combate às drogas

Ministério da Justiça deflagra nona fase da Operação Luz na Infância
BRASIL

Ministério da Justiça deflagra nona fase da Operação Luz na Infância

CAMPO GRANDE

Hemosul lança o Selo Conexão para as empresas parceiras

ECONOMIA

Aneel leiloa 13 lotes de transmissão de energia

CAPITAL

Homem é preso por uso de documento falso e furto qualificado

FUTEBOL

América-MG derrota Botafogo e fica perto das quartas da Copa do Brasil

CORUMBÁ

Com o apoio de policial aposentado, foragido da justiça é capturado

ECONOMIA

BC admite oficialmente estouro da meta de inflação em 2022

TRÁFICO DE DROGAS

Tabletes de maconha abandonados em ônibus de linha são apreendidos

Mais Lidas

UM MORTO E OUTRO FERIDO

Alvos de disparos, jovens foram perseguidos por três homens quando saíam de uma conveniência 

DOURADOS

Jovem é baleado por homem de moto enquanto caminhava na Cohab II

TRAGÉDIA

Douradense morre e pai de vereador fica ferido em acidente no Mato Grosso

TRÁFICO

Ônibus com placas de Dourados é apreendido em SP com quase 100 quilos de cocaína