Menu
Busca quinta, 02 de abril de 2020
(67) 9860-3221
DOURADOS

Procon fiscaliza venda irregular de azeite e milho em conserva em supermercados

27 fevereiro 2020 - 14h05Por Da redação

O Procon de Dourados está fiscalizando supermercados e estabelecimentos comerciais de atacado e varejo na venda irregular de azeite de oliva impróprio para o consumo.

Na manhã desta quinta-feira (27), a equipe de fiscalização está percorrendo estabelecimentos com o intuito de supervisionar a presença de produtos irregulares, especificamente o azeite de oliva com o nome “Quinta D´ouro”.

A proibição é resultante de uma decisão liminar proferida que obriga a empresa Rhaiza do Brasil Eireli a providenciar a retirada do mercado de todas as unidades do produto do lote HFP 140472GH3 de azeite “Quinta D´Ouro”.

O Procon de Dourados recebeu notificação em 21 de fevereiro, solicitando a fiscalização permanente e a retirada desses produtos do mercado. Caso a retirada não tenha sido feita, sanções serão emitidas.

“É muito importante, é uma segurança para o consumidor o Procon estar fiscalizando, pois trata-se da saúde pública, na medida em que o produto impróprio ao consumo está no mercado, sendo adquiridos pelos consumidores que desconhecem o fato”, destacou o diretor do Procon Antonio Marcos Marques.

O Procon alerta ainda que o consumidor deve ficar alerta aos preços dos produtos e desconfiar se estiver muito barato.

MILHO

O Procon também está orientando os consumidores no que diz respeito ao recall dos produtos milho verde Tetra Recart 200g, da marca Quero, fabricados em 8/1/2020, entre 6h30 e 23h, com validade até 31/7/2021, integrantes do lote L08, Val 07/2021.

A Heinz Brasil deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

No comunicado a empresa informa o recolhimento de 244 caixas do referido produto por potencial risco de presença de bactérias que podem causar náuseas, vômitos e/ou infecção intestinal, sobretudo em pessoas com baixa imunidade.

 A Heinz recomenda que os produtos envolvidos nesta campanha não sejam consumidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Mulher de 22 anos com bebê no colo é morta com tiro na cabeça
OUTRA DATA
Judiciário suspende concurso para juízes leigos na comarca de Jardim
TRÁFICO DE DROGAS
“Negão da Borracharia” é preso com 13 kg de maconha na Capital
AVANÇO DA PANDEMIA
Ministério confirma 58 novas mortes por coronavírus, e total chega a 299
DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
OPERAÇÃO
Polícia identifica criminoso que pretendia praticar roubo milionário em MS
ECONOMIA
Dólar sobe pouco, mas tem novo recorde de fechamento
MATO GROSSO DO SUL
Paulista é flagrado com pescado, barco, motor e petrechos
FRONTEIRA
Ação conjunta fecha 48 comércios e prende uma pessoa em Ponta Porã
SAÚDE
Governo de MS diz ter três desafios diante da pandemia do coronavírus

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações