sexta, 12 de julho de 2024
Dourados
10ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
SEMINÁRIO

Prevenção e erradicação do trabalho infantil pautam seminário em Dourados

15 setembro 2017 - 18h20

Nos próximos dias 25 e 26, a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil e a Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizam o "Seminário de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil", cujo objetivo é estimular a adoção de práticas cotidianas que potencializem a denúncia, o combate e a eliminação dessa irregularidade.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site da Prefeitura, [clique aqui](http://peti.dourados.ms.gov.br), até o dia 21 de setembro. Os participantes receberão certificado de 12 horas.

Atividades

A abertura será às 19h do dia 25, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced), com palestras e debates a respeito do tema. Entre os destaques, está a participação da procuradora do Trabalho Cândice Gabriela Arosio, que abordará "O papel do MPT no combate ao Trabalho Infantil". A programação ainda inclui palestra sobre "Aprendizagem Profissional como alternativa ao Trabalho Infantil", a ser ministrada pelo auditor-fiscal Carlos Alberto Sfeir.

Já no dia 26, acontecerá a "Oficina de Formação para Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil" nos períodos matutino e vespertino.

O evento é direcionado a gestores, conselheiros dos Direitos da Criança e do Adolescente, técnicos da assistência social e representantes da sociedade civil organizada, além de trabalhadores da Saúde, Educação, empresários, acadêmicos e outras pessoas envolvidas com a rede de proteção.

É considerado trabalho infantil aquele realizado por crianças ou adolescentes com idade inferior a 16 anos, salvo na condição de aprendiz a partir dos 14 anos. "É preciso cuidar das crianças e dos adolescentes, para que não sejam submetidos a nenhuma atividade que cause prejuízo à sua moral, à sua saúde e ao seu desenvolvimento físico, intelectual e psicológico. O trabalho entre 16 e 18 anos é permitido desde que seja de forma protegida, sendo proibidas atividades perigosas, insalubres e o trabalho noturno", observa a procuradora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAB lança 336 mil litros de água para combater incêndios no Pantanal
MEIO AMBIENTE

FAB lança 336 mil litros de água para combater incêndios no Pantanal

Homem perturba funcionária de loja e deixa carta em tom ameaçador
NOVA ANDRADINA

Homem perturba funcionária de loja e deixa carta em tom ameaçador

TEMPO

Sexta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados

Ladrão que furtou R$ 40 mil é chefe de "quadrilha de arrombadores"

Ladrão que furtou R$ 40 mil é chefe de "quadrilha de arrombadores"

BRASIL

Câmara aprova proposta que pode perdoar multas de partidos

Polícia prende foragido com mandado de prisão por estupro de vulnerável

EDUCAÇÃO

UFGD oferece 138 vagas para migrantes e refugiados cursar faculdade

MONTANA

Piloto brasileira morre em acidente em combate a incêndio nos EUA

CIDADES

Atleta de MS de Vôlei de Base, disputa torneio em Porto Rico

ABUSADO

Homem invade festa de aniversário com Kombi e agride convidados

Mais Lidas

DOURADOS

Ministro admite atraso e prevê projeto de novo terminal do Aeroporto concluído até fim de julho

MS

Inscrições para o Curso de Libras EAD Nível I do 2º Semestre abrem dia 15 de julho

GESTÃO

Em Brasília, Alan assina contrato e aeroporto será administrado pela Infraero 

DOURADOS

Corpo de liderança indígena será sepultado na tarde desta quinta-feira