Menu
Busca segunda, 30 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
SEMINÁRIO

Prevenção e erradicação do trabalho infantil pautam seminário em Dourados

15 setembro 2017 - 18h20

Nos próximos dias 25 e 26, a Comissão Municipal de Erradicação do Trabalho Infantil e a Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, realizam o "Seminário de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil", cujo objetivo é estimular a adoção de práticas cotidianas que potencializem a denúncia, o combate e a eliminação dessa irregularidade.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site da Prefeitura, [clique aqui](http://peti.dourados.ms.gov.br), até o dia 21 de setembro. Os participantes receberão certificado de 12 horas.

Atividades

A abertura será às 19h do dia 25, no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Dourados (Aced), com palestras e debates a respeito do tema. Entre os destaques, está a participação da procuradora do Trabalho Cândice Gabriela Arosio, que abordará "O papel do MPT no combate ao Trabalho Infantil". A programação ainda inclui palestra sobre "Aprendizagem Profissional como alternativa ao Trabalho Infantil", a ser ministrada pelo auditor-fiscal Carlos Alberto Sfeir.

Já no dia 26, acontecerá a "Oficina de Formação para Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil" nos períodos matutino e vespertino.

O evento é direcionado a gestores, conselheiros dos Direitos da Criança e do Adolescente, técnicos da assistência social e representantes da sociedade civil organizada, além de trabalhadores da Saúde, Educação, empresários, acadêmicos e outras pessoas envolvidas com a rede de proteção.

É considerado trabalho infantil aquele realizado por crianças ou adolescentes com idade inferior a 16 anos, salvo na condição de aprendiz a partir dos 14 anos. "É preciso cuidar das crianças e dos adolescentes, para que não sejam submetidos a nenhuma atividade que cause prejuízo à sua moral, à sua saúde e ao seu desenvolvimento físico, intelectual e psicológico. O trabalho entre 16 e 18 anos é permitido desde que seja de forma protegida, sendo proibidas atividades perigosas, insalubres e o trabalho noturno", observa a procuradora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Candidatos a prefeito apoiados por Bolsonaro saem derrotados no 2º turno
MUNDO
Olimpíadas de Tóquio vão custar quase R$ 10 bilhões a mais por causa da pandemia
João Campos derrota a prima e aos 27 anos é eleito prefeito de Recife
ELEIÇÕES 2020
João Campos derrota a prima e aos 27 anos é eleito prefeito de Recife
Sarto derrota candidato de Bolsonaro é eleito prefeito de Fortaleza
ELEIÇÕES 2020
Sarto derrota candidato de Bolsonaro é eleito prefeito de Fortaleza
Emanuel Pinheiro, do MDB, é reeleito prefeito de Cuiabá
ELEIÇÕES 2020
Emanuel Pinheiro, do MDB, é reeleito prefeito de Cuiabá
BRASIL
Caixa paga auxílio emergencial para nascidos em maio
ELEIÇÕES 2020
Bruno Covas, do PSDB, é reeleito prefeito de São Paulo
ELEIÇÕES 2020
Sebastião Melo, do MDB, é eleito prefeito de Porto Alegre
ELEIÇÕES 2020
Eduardo Paes, do DEM, é eleito prefeito do Rio de Janeiro
ELEIÇÕES 2020
Internado com Covid-19, Maguito Vilela, é eleito prefeito de Goiânia

Mais Lidas

DOURADOS
Com leitos de UTI's lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça