Menu
Busca domingo, 17 de janeiro de 2021
(67) 99659-5905
DOURADOS

Prefeitura gastou R$ 2,8 milhões com leitos hospitalares privados na pandemia

Taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva do SUS para Covid-19 chegou a 94% nesta semana

01 dezembro 2020 - 10h37Por André Bento

A Prefeitura de Dourados já pagou R$ 2.883.034,60 por leitos hospitalares da rede privada, destinados a pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. Nesta terça-feira (1), das 52 pessoas internadas após diagnóstico positivo da doença no município, 28 ocupam vagas particulares - 19 em enfermarias e nove de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). 

Já na tarde de segunda-feira (30), informativo divulgado nas redes sociais atribuídas à administração municipal detalhou que a taxa de ocupação das UTI’s do SUS (Sistema Único de Saúde) para Covid-19 estava em 94% na cidade. 

A contratação de leitos hospitalares da rede privada foi feita através de dispensas de licitação, autorizadas pelo Decreto nº 2.477 de 20 de março de 2020, expedido pela prefeita Délia Razuk (sem partido) para declarar situação de emergência no Município de Dourados decorrente da pandemia. 

No caso Associação Beneficente Douradense, mantenedora do Hospital Evangélico, foi contratada a disponibilização de 10 leitos de UTI adulto Tipo II, e 10 leitos clínicos de retaguarda, para uso sempre que houver necessidade de ocupação por estarem demais leitos credenciados ao SUS ocupados. 

Esse vínculo foi aditivado para prorrogação da vigência contratual por mais 60 dias, de 5 de novembro deste ano a 4 de janeiro de 2021, bem como do prazo de execução dos serviços por mais 30 dias, de 6 de setembro a 6 de outubro do corrente ano. 

Com isso, o valor contratado originalmente, de R$ 2.282.400,00, teve reajuste de R$ 760.800,00 e passou a totalizar R$ 3.043.200,00. Conforme o portal da transparência do município, desse montante, já foram pagos R$ 2.320.034,60. 

A outra contratação foi com o Hospital Santa Rita, para a execução de serviços médicos hospitalares visando a disponibilização de cinco leitos de UTI adulto Tipo II, e cinco leitos clínicos de retaguarda, sempre que houver necessidade de ocupação por estarem demais leitos credenciados ao SUS ocupados em virtude da pandemia. 

Houve aditivo para prorrogação da vigência contratual por mais 60 dias, com início em 23 de outubro e previsão de vencimento em 22 de dezembro deste ano, bem como prorrogar o prazo de execução dos serviços por mais 30 dias, de 24 de agosto a 23 de setembro. 

Por isso houve acréscimo de R$ 381.000,00 ao valor originalmente contratado, que passou de R$ 1.143.000,00 para R$ 1.524.000,00. O portal da transparência do município detalha o pagamento de R$ 563.000,00 desse total, até agora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
CORONAVÍRUS
Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford
LUTO NA MÚSICA
Phil Spector, ex-produtor do Beatles, morre aos 81 anos
Adolescente e jovem furtam bicicleta motorizada de pátio do Detran
RIO VERDE
Adolescente e jovem furtam bicicleta motorizada de pátio do Detran
Dourados tem mais duas mortes e 148 casos confirmados de coronavírus em 24 horas
PANDEMIA
Dourados tem mais duas mortes e 148 casos confirmados de coronavírus em 24 horas
Brasília recebe 15 pacientes com covid-19 procedentes de Manaus
PANDEMIA
Brasília recebe 15 pacientes com covid-19 procedentes de Manaus
CAMPO GRANDE
Homem é atingido por tiro no tórax e socorrido por desconhecido
LEI
Governo do Rio cria carnaval fora de época
PANDEMIA
MS ultrapassa 150 mil casos de coronavírus e soma 2.674 óbitos
EDUCAÇÃO
Enem: confira hoje a correção das provas ao vivo
PANDEMIA
Dez pessoas foram para delegacia após polícia encerrar festa clandestina em fazenda do MS

Mais Lidas

DOURADOS 
Jovem cai de moto e pede ajuda após levar facada
PANDEMIA 
Dourados tem oito mortes por Covid em 24 horas  
OPERAÇÃO
Polícia fecha "boca de fumo" comandada por família no Canaã IV
DOURADOS 
Prefeitura anula 75 das exonerações anunciadas no meio da semana