domingo, 05 de dezembro de 2021
Dourados
36°max
23°min
Campo Grande
33°max
23°min
Três Lagoas
38°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

Prefeitura gastou R$ 2,8 milhões com leitos hospitalares privados na pandemia

Taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva do SUS para Covid-19 chegou a 94% nesta semana

01 dezembro 2020 - 10h37Por André Bento

A Prefeitura de Dourados já pagou R$ 2.883.034,60 por leitos hospitalares da rede privada, destinados a pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. Nesta terça-feira (1), das 52 pessoas internadas após diagnóstico positivo da doença no município, 28 ocupam vagas particulares - 19 em enfermarias e nove de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). 

Já na tarde de segunda-feira (30), informativo divulgado nas redes sociais atribuídas à administração municipal detalhou que a taxa de ocupação das UTI’s do SUS (Sistema Único de Saúde) para Covid-19 estava em 94% na cidade. 

A contratação de leitos hospitalares da rede privada foi feita através de dispensas de licitação, autorizadas pelo Decreto nº 2.477 de 20 de março de 2020, expedido pela prefeita Délia Razuk (sem partido) para declarar situação de emergência no Município de Dourados decorrente da pandemia. 

No caso Associação Beneficente Douradense, mantenedora do Hospital Evangélico, foi contratada a disponibilização de 10 leitos de UTI adulto Tipo II, e 10 leitos clínicos de retaguarda, para uso sempre que houver necessidade de ocupação por estarem demais leitos credenciados ao SUS ocupados. 

Esse vínculo foi aditivado para prorrogação da vigência contratual por mais 60 dias, de 5 de novembro deste ano a 4 de janeiro de 2021, bem como do prazo de execução dos serviços por mais 30 dias, de 6 de setembro a 6 de outubro do corrente ano. 

Com isso, o valor contratado originalmente, de R$ 2.282.400,00, teve reajuste de R$ 760.800,00 e passou a totalizar R$ 3.043.200,00. Conforme o portal da transparência do município, desse montante, já foram pagos R$ 2.320.034,60. 

A outra contratação foi com o Hospital Santa Rita, para a execução de serviços médicos hospitalares visando a disponibilização de cinco leitos de UTI adulto Tipo II, e cinco leitos clínicos de retaguarda, sempre que houver necessidade de ocupação por estarem demais leitos credenciados ao SUS ocupados em virtude da pandemia. 

Houve aditivo para prorrogação da vigência contratual por mais 60 dias, com início em 23 de outubro e previsão de vencimento em 22 de dezembro deste ano, bem como prorrogar o prazo de execução dos serviços por mais 30 dias, de 24 de agosto a 23 de setembro. 

Por isso houve acréscimo de R$ 381.000,00 ao valor originalmente contratado, que passou de R$ 1.143.000,00 para R$ 1.524.000,00. O portal da transparência do município detalha o pagamento de R$ 563.000,00 desse total, até agora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS acumula 37,2 mil empregos criados com carteira assinada em 2021
EMPREGO

MS acumula 37,2 mil empregos criados com carteira assinada em 2021

Ramon, do Flamengo, nega ter bebido antes de acidente que matou ciclista
TRÂNSITO

Ramon, do Flamengo, nega ter bebido antes de acidente que matou ciclista

OMT lança concurso mundial para startups de turismo gastronômico
COMPETIÇÃO

OMT lança concurso mundial para startups de turismo gastronômico

JUDICIÁRIO

Provas do processo seletivo de juízes leigos serão neste domingo

Gestante é presa em residência que funcionava como "boca de fumo"
REGIÃO

Gestante é presa em residência que funcionava como "boca de fumo"

TAXA

CAE deve votar na terça-feira projeto com alternativas para conter alta dos combustíveis

REGIÃO

Mulher é flagrada carregando drogas enquanto viajava com filho de 4 anos

HONRARIA

Mulheres de Sucesso: diretora do Dourados News é homenageada na Capital

REGIÃO

Homem abandona caminhonete carregada com quase 4 toneladas de maconha na MS-164

LOTERIA

Mega-Sena acumula e prêmio acumula em R$ 37 milhões

Mais Lidas

DOURADOS

Vídeo mostra jovem deitando em rua antes de acidente

DOURADOS

Homem morre atropelado no Jardim Piratininga e motorista foge do local

DOURADOS

Jovem estava deitado na rua e motorista de caminhão disse que não percebeu atropelamento

TRAGÉDIA

Trabalhador morre após queda de laje em Dourados