Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
CONTENÇÃO DE DESPESAS

Prefeitura de Dourados otimiza gestão dos prédios públicos

Prefeitura de Dourados otimiza gestão dos prédios públicos

28 setembro 2017 - 06h48Por Da Redação

A Prefeitura de Dourados tem mantido ações de contenção de despesas e melhor aproveitamento dos prédios públicos, patrimônio do município. Dentro desta gestão, a instalação da área administrativa da Secretaria de Desenvolvimento no piso superior do Centro de Convenções tem recebido destaque e elogios, já que proporciona economia de aluguel e aproveitamento do prédio novo, sem prejuízo da função do Centro, que é a realização de eventos no saguão.
 
A observação é da secretária Rose Ane Vieira, que destaca o fato de o espaço atender muito bem a demanda da Secretaria, gerando economia ao utilizar prédio próprio e contribuindo para a manutenção e segurança do local. Além disso, a presença da Semdes otimiza a realização de eventos no espaço do saguão.
 
“Destaca-se principalmente que a presença da Secretaria naquele local otimiza o espaço e gera segurança, cuidado com o patrimônio dos douradenses”, disse. Ainda segundo a secretária o espaço é ótimo, tem uma boa internet e estrutura nova que proporciona à Semdes, mantenedora do local, uma gestão austera dos recursos públicos.
 
A prefeita Délia Razuk menciona este como um dos exemplos de readequação dos espaços públicos da Prefeitura de Dourados. “Não só o Centro de Convenções, como a segunda sede do Conselho Tutelar, a construção de uma nova sede para a Educação e as tratativas para desafetar área destinada à Saúde são gestões internas que mostram nosso compromisso com a organização do que é nosso, do que é do douradense”, disse a prefeita, que destaca o intuito da administração de diminuir ao máximo o pagamento de aluguel para abrigar serviços públicos.
 
As obras por que passa o Centro de Convenções não terminaram ainda e as intervenções devem ser contempladas com verbas para a segunda etapa e mais duas etapas, estas para a área externa, somam outros R$ 13 milhões que aguardam repasse da União.
 
“Nós temos o valor de R$ 1.089.000 pendentes para o término da área interna, com elevador, vigilância. Em 15 de maio foi liberado o valor de R$ 258 mil para pagar serviços já executados para a empreiteira. Como o valor foi revisto, outros R$ 40 mil foram depositados pela União em setembro. E os R$ 738 mil que faltam serão licitados novamente porque a empreiteira que ganhou a licitação desistiu”, explicou a secretária, lembrando que a área externa, contemplada com outras duas etapas, depende de repasse de R$ 13 milhões da União.
 
Ainda sobre a gestão do Centro de Convenções, a secretária Rose Ane informou que o regimento interno do local será publico nos próximos dias, tão logo as licenças do Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária estejam prontas. Com isto, o Centro não sedia eventos ainda.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Homem é preso com carro roubado e diz trocaria por cavalo e alfafa
TELEVISÃO
Falta de segurança faz jornalistas do Grupo Globo deixarem plantão no Alvorada
CAPITAL
Mulher é presa em flagrante após furtar maquiagens e fones de ouvido
MAGISTRATURA
Concurso: Comissão divulga julgamento de recursos da prova objetiva
IVINHEMA
Mulher é presa transportando para São Paulo 200 quilos de maconha
ENTRADA PROIBIDA
Estados Unidos antecipam para amanhã início do bloqueio a brasileiros
SIDROLÂNDIA
PMs são acusados de aceitar propina de traficantes que “queimavam dinheiro”
JUDICIÁRIO
Flávio Bolsonaro pede para acompanhar depoimento de Paulo Marinho
MARACAJU
Homem encontrado morto em rio foi estrangulado e polícia identifica suspeitos
SAÚDE
Ações nas barreiras sanitárias são intensificadas no combate à Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h