Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021
(67) 99257-3397
DOURADOS

Prefeitura dá início a programa de cooperação institucional

15 abril 2021 - 10h29Por Carlos Ferraz

A Prefeitura de Dourados inicia tratativas para aderir ao Redecoor, uma proposta de cooperação institucional interna, que prevê a transição e adequação legislativa e administrativa, de forma inclusiva. A apresentação do programa ocorreu na útima terça-feira, dia 13 de abril, e foi acompanhada pelo prefeito Alan Guedes, pelo secretário municipal de Governo Henrique Sartori.

O programa tem como princípio pensar e executar ações de políticas públicas para garantir o desenvolvimento responsável de mulheres, jovens, indígenas, imigrantes, LGBTQI+ entre outros grupos. A coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres, Mariana Gomes da Rocha e o gerente do núcleo de políticas de imigração, Jean Kenson Jolne, explicaram que a adesão ao programa permite que o município se inscreva no “Migracidades: Aprimorando a governança migratória no Brasil”.

“Nós estamos caminhando para aderir ao Migracidades, que é um importante projeto engendrado pela UFGRS [Universidade Federal do Rio Grande do Sul] e OIM [Organização Internacional para as Migrações] da ONU [Organização das Nações Unidas]. O Redecoor vem neste sentido, para dar continuidade às ações que pensem na inclusão de todos os

grupos”, destaca.

No fim da reunião o prefeito Alan Guedes assinou o termo para que Dourados possa passar pelo processo de certificação do Migracidades “Esse é um projeto importante para o município, que poderá desenvolver as ações positivas, dessa forma, atendendo também às demandas individuais”, pontua.

Entenda o programa

O “Migracidades: Aprimorando a Governança Migratória Local no Brasil” é uma plataforma que tem como objetivo contribuir para a construção e gestão de políticas migratórias de forma qualificada e planejada, ao encontro da Meta 10.7 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, que prevê uma migração ordenada, segura, regular e responsável.   

Para isso, busca impulsionar o diálogo migratório, certificar o engajamento dos governos em aprimorar a governança migratória e dar visibilidade às boas práticas identificadas nos estados e municípios brasileiros ao longo do processo de certificação.


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARANAÍBA
Jovem mata ex-namorado da mãe a facadas após presenciar agressão
SENADO
CPI vai questionar negociações do Itamaraty para garantir cloroquina
ANHANDUÍ
Pedestre morre após ser atropelado por caminhão baú na BR-163
IMUNIZANTES
Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta-feira
Homem que abusou da mulher é denunciado por estuprar a filha
FUTEBOL
Costa Rica vence Aquidaunense e retoma a liderança do Estadual
CRIME AMBIENTAL
Animais são abandonados, morrem e mulher é multada em R$ 4 mil
JUSTIÇA
Juiz determina que Carla Zambelli tire vídeo da canção 'Milla' do ar
CAPITAL
Homem morre após cair de três metros ao conferir estoque de loja
TJ/MS
Concurso Extrajudicial terá audiência pública no dia 27 de maio

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
IMUNIZAÇÃO
Estado aprova envio das primeiras doses da vacina Pfizer para Dourados
IVINHEMA
Após disparo, jovem é encontrado com ferimento na cabeça e morre no hospital
DOURADOS
Mulher é presa tentando entrar com porções de cocaína na PED