Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
(67) 99659-5905
FRONTEIRA

Polícia apreende 'supermaconha' que seria entregue em ‘bocas’ de Dourados

11 fevereiro 2020 - 13h35Por Da redação

Na noite desta segunda-feira (10) em Ponta Porã, na MS-164, a PMR (Polícia Militar Rodoviária) apreendeu um carregamento de skank e maconha que abasteceria ‘bocas de fumo’ em Dourados. Os pacotes de droga estavam escondidos no interior de um veículo Fiat/Tempra com placas de Campo Grande. 

Após vistoria, a equipe localizou em um compartimento oculto atrás do painel do carro, 10,9 kg de skank e 3,65 kg de maconha. Os autores informaram que pegou a droga no Paraguai e entregaria em Dourados pelo valor de mil reais.

Um casal foi preso acusado do de Tráfico de Drogas, sendo um homem de 28 anos e uma mulher de 21. 

Diante dos fatos, os autores receberam voz de prisão, sendo encaminhados juntamente com o veículo e as drogas para a Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
IFMS tem inscrições abertas para 120 vagas em cursos de especialização
ESPORTES
Semana será marcada pelo 1º Camping Virtual de Parataekwond
TRÊS LAGOAS
Mulher é sequestrado pelo ex na frente de familiares
BRASIL
Habilidades socioemocionais poderão ajudar na reabertura das escolas
MS
Traficantes fogem e polícia apreende 600 kg de maconha em Bonito
CORUMBÁ
Carro de dona de restaurante assassinada é encontrado pela polícia
REGIÃO
Assentado é autuado em R$ 7 mil por desmatamento ilegal de vegetação protegida de Mata Atlântica
CORUMBÁ
Dona de restaurante é encontrada morta no estabelecimento
MS
Jaguatirica é capturada em residência no centro da capital
CAMPO GRANDE
Homem pergunta por crianças e é morto a facadas por ter sido considerado pedófilo

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
PANDEMIA
Em dia com quase 100 novos casos, Dourados tem mais uma morte por coronavírus
PANDEMIA
Pesquisadores veem medidas sem efeito e sugerem lockdown em Dourados