Menu
Busca sexta, 14 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Plano Nacional de Assistência Social será discutido em Dourados

26 agosto 2004 - 07h34

O curso de Serviço Social da UNIGRAN realiza na segunda-feira que vem, dia 30, a última reunião com profissionais de Dourados e de cidades vizinhas para definir as sugestões que os assistentes sociais da região gostariam de ver implementadas no Plano Nacional de Assistência Social (PNAS), que regulará a aplicação da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), Lei 8.742, de dezembro de 1993. Uma versão preliminar do PNAS foi divulgada pelo Ministério Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), com o objetivo de fomentar a criação de fóruns temáticos, em todos os Estados, com vistas a aprimorar o PNAS com recomendações que poderão ser acolhidas pelo Conselho Nacional de Assistência Social, na reunião plenária de setembro.Em Dourados, o curso de Serviço Social da UNIGRAN e o Conselho Regional de Serviço Social de Mato Grosso do Sul (CRESS-MS), estão mobilizando nessa discussão cerca de cinqüenta representantes de organismos de atendimento social governamentais e não-governamentais, e os acadêmicos e professores da Instituição. Entretanto, e talvez em razão da maior publicidade em torno de temas como as eleições municipais e as Olimpíadas, o desconhecimento acerca do PNAS fora do âmbito acadêmico tem impedido um debate mais amplo na sociedade. Por esse motivo, o coordenador do curso de Serviço Social, professor João Makuédia, está disponibilizando pelo e-mail (makuedia@unigran.br) cópias da proposta preliminar do Plano Nacional de Assistência Social, elaborada pelo MDS. “É uma alteração muito importante para todos os municípios porque vai definir a aplicação dos recursos de modo parecido ao do SUS (Sistema Único de Saúde)”, avalia o professor.Para a assistente social judiciária Liege Dias, coordenadora do Pólo-Dourados do CRESS/MS-21ª Região e professora da UNIGRAN no curso de Serviço Social, o atual período eleitoral não é o adequado para se colocar em discussão um assunto tão importante. Contudo, ela disse que a categoria espera esse momento há dez anos e deve-se aproveitá-lo para se caminhar efetivamente em direção ao ideal de justiça social que apregoa a Constituição Federal desde 1988.

Deixe seu Comentário

Leia Também

De MS, Fernando Rufino conquista o ouro na Copa do Mundo de Paracanoagem
PARADESPORTO
De MS, Fernando Rufino conquista o ouro na Copa do Mundo de Paracanoagem
Farofa crocante de tortilha com linguiça
COMER BEM
Farofa crocante de tortilha com linguiça
Paciente de 26 anos sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
PANDEMIA
Paciente de 26 anos sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
Tite convoca seleção com dupla do Flamengo para jogos das eliminatórias
FUTEBOL
Tite convoca seleção com dupla do Flamengo para jogos das eliminatórias
NEGÓCIOS & CIA
Google Pay oferecerá suporte a transações financeiras internacionais
REGIÃO
Homem morre após disparo efetuado por funcionário
IMUNIZAÇÃO
Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
EDUCAÇÃO
FNDE prorroga prazos de prestação de contas de programas e ações educacionais
CORUMBÁ
Homem é preso com cocaína e apresenta documentos falsos

Mais Lidas

DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
PESQUISA
Estudo confirma presença de dinossauros em Mato Grosso do Sul
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP